O "site" oficial do futebol europeu

Bis de Lavezzi confirma apuramento do PSG

Publicado: Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012, 22.40CET
Dynamo Kyiv 0-2 PSG
Dois golos de Ezequiel Lavezzi, um em cada parte, selaram a passagem da formação parisiense aos oitavos-de-final.
Bis de Lavezzi confirma apuramento do PSG
Ezequiel Lavezzi festeja com Zlatan Ibrhaimović um dos dois golos com que garantiu o triunfo do PSG ©AFP/Getty Images

Estatísticas dos jogos

Dynamo KyivParis

Golos marcados0
2
à baliza9
 
3
para fora8
 
2
Cantos6
 
1
Foras-de-jogo2
 
3
Faltas cometidas15
 
15
Cartões amarelos4
 
4
Cartões Vermelhos0
 
0
Posse de bola(%)52
 
48

Classificação

Última actualização: 19/06/2013 22:12 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012, 22.40CET

Bis de Lavezzi confirma apuramento do PSG

Dynamo Kyiv 0-2 PSG
Dois golos de Ezequiel Lavezzi, um em cada parte, selaram a passagem da formação parisiense aos oitavos-de-final.

O Paris Saint-Germain FC vai discutir, na recepção ao FC Porto, na sexta jornada, o primeiro lugar do Grupo A da UEFA Champions League com os "dragões", depois de ter confirmado em definitivo a passagem aos oitavos-de-final com um triunfo por 2-0 no terreno do FC Dynamo Kyiv.

A precisar de um ponto para se juntar ao já apurado FC Porto na fase seguinte da prova, a formação orientada por Carlo Ancelotti acabou por somar mesmo os três pontos na capital ucraniana, graças aos dois primeiros golos Ezequiel Lavezzi com a camisola do clube parisiense, o primeiro a fechar a primeira parte e o segundo a abrir a etapa complementar. Derrotado, o Dínamo fica, pelo menos, com a consolação de saber que tem já garantido um lugar nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League, na sequência da vitória por 3-0 do Porto sobre o GNK Dinamo Zagreb, no outro encontro da quinta jornada do grupo.

Nada satisfeito com a actuação da sua equipa no passado fim-de-semana, em que se viu derrotada pelo FC Metalurh Donetsk, Oleh Blokhin prometeu aos adeptos um "Dínamo muito motivado". Os sinais iniciais foram promissores, com os seus pupilos a pressionarem bem o adversário e a procurarem assumir o comando do jogo. Foi, contudo, o PSG a criar a primeira situação de perigo, com Alex, solto de marcação, a cabecear para fora após cruzamento de Nenê, no flanco esquerdo. O defesa brasileiro esteve, de seguida, em evidência também na sua área, ao efectuar um corte providencial quando Ideye Brown se preparava para visar o alvo.

Com o Dínamo a jogar a grande velocidade, Oleh Gusev testou a atenção de Salvatore Sirigu, que voltou a ter de se aplicar pouco depois, para travar um livre cobrado por Miguel Veloso. Na recarga, e com a baliza à sua mercê, Denys Garmash não conseguiu aproveitar, e o seu desperdício acabaria por custar caro aos ucranianos. Instantes antes do intervalo, o até então desaparecido Zlatan Ibrhaimović isolou Lavezzi, que se estreou a marcar pelo PSG, finalizando com classe, à saída do guarda-redes Maxym Koval. Foi a quinta assistência do avançado internacional sueco nesta fase de grupos. Lavezzi, por seu lado, não tardou a voltar a marcar, uma vez mais sem ter de fazer muito para criar o lance.

Yevhen Khacheridi mediu mal um atraso para o seu guarda-redes e a bola acabou por sobrar para os pés de Blaise Matuidi. Este assistiu Lavezzi e o argentino só teve de encostar a bola para o fundo das redes. O Dínamo ainda foi atrás de uma pouco provável reviravolta no marcador, mas Sirigu evitou que Dudu assinalasse a sua estreia na UEFA Champions League com um golo e defendeu depois bem um remate rasteiro de Lukman Haruna, à entrada da área parisiense.

Perto do final, Sirigu voltou a negar o golo a Dudu e Artem Milevskiy cabeceou para fora na sequência de um cruzamento do recém-entrado Andriy Yarmolenko, provando definitivamente que esta não era a noite do Dínamo.

Última actualização: 23-11-12 0.09CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009553/postmatch/report/index.html#lavezzi+carimba+passagem+psg

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.