O "site" oficial do futebol europeu

Özil salva Real da derrota perto do fim

Publicado: Terça-feira, 6 de Novembro de 2012, 23.00CET
Real Madrid CF 2-2 Borussia Dortmund
O campeão alemão falhou uma vitória notável, por culpa do golo tardio de Mesut Özil, mais ainda assim continua a liderar o Grupo D.
por Paul Bryan
de Santiago Bernabéu
Özil salva Real da derrota perto do fim
Mario Götze vê a bola passar por cima de Iker Casillas, no segundo golo do Dortmund ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

Real MadridDortmund

Golos marcados2
 
2
à baliza11
 
5
para fora9
 
2
Cantos4
 
2
Foras-de-jogo5
 
1
Faltas cometidas13
 
17
Cartões amarelos0
2
Cartões Vermelhos0
 
0
Posse de bola(%)60
 
40

Classificação

Última actualização: 19/06/2013 22:16 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Terça-feira, 6 de Novembro de 2012, 23.00CET

Özil salva Real da derrota perto do fim

Real Madrid CF 2-2 Borussia Dortmund
O campeão alemão falhou uma vitória notável, por culpa do golo tardio de Mesut Özil, mais ainda assim continua a liderar o Grupo D.

Mesut Özil marcou de livre, aos 89 minutos, resgatando um ponto para o Real Madrid CF, salvando-o da segunda derrota consecutiva frente ao Borussia Dortmund, um resultado que deixa tudo em aberto no Grupo D da UEFA Champions League.

O campeão alemão parecia destinado a alcançar uma vitória notável no Santiago Bernabéu, depois de uma exibição destemida que valeu a vantagem por 2-1 ao intervalo – graças a um golo de Marco Reus e um autogolo de Álvaro Arbeloa, com o cabeceamento de Pepe a fazer o empate pelo meio. No entanto, com o tempo a escassear, o livre de Özil enganou o guarda-redes Roman Weidenfeller e levou a bola a raspar no poste esquerdo. O empate mantém o líder Dortmund com um ponto de vantagem sobre o Real no Grupo D.

Autor do golo da vitória da sua equipa na jornada anterior, no BVB Stadion Dortmund, Marcel Schmelzer voltou a criar perigo na defesa do Real durante a primeira parte, surgindo na área contrária, descaído sobre a esquerda, antes de o seu remate rasteiro ser defendido por Iker Casillas com a perna direita. Robert Lewandowski aproveitou a recarga, mas atirou por cima da barra. Kevin Grosskreutz foi o seguinte a testar os reflexos do guarda-redes do Real, que respondeu a soco ao remate de longe.

Em segundo lugar do grupo, fruto da derrota por 2-1 na Alemanha, o Real queria a desforra em casa, sob a forma da sua oitava vitória consecutiva na UEFA Champions League na capital espanhola. Cristiano Ronaldo podia ter inaugurado o marcador, mas, em boa posição, cabeceou ao lado o cruzamento de Gonzalo Higuaín. O argentino tinha causado um susto madrugador ao Dortmund, mas os pupilos de Jürgen Klopp não se importaram de ceder o domínio aos anfitriões.

A formação da Bundesliga foi recompensada aos 28 minutos. O passe longo de Neven Subotić foi desviado por Lewandowski para Reus, e este, depois de deixar a bola bater no solo, desferiu um forte remate que Casillas não conseguiu deter. A equipa de José Mourinho reagrupou-se e, seis minutos depois, chegou ao empate, com Pepe a entrar de forma fulminante para concluir de cabeça o cruzamento de Özil.

Mas isso pouco incomodou o Dortmund, cujo treinador, Klopp, rapidamente voltaria a expressar a sua alegria, depois de a sua equipa fazer o 2-1. Vislumbrando os seus colegas no ataque, Weidenfeller colocou o esférico no meio-campo adversário, com Lewandowski a desviar de cabeça para Kevin Grosskreutz. Este, com espaço na esquerda, serviu Mario Götze que, pressionado por Arbeloa, forçou o defesa a fazer autogolo.

Mourinho desejava mudar o ritmo do meio-campo e, para isso, fez entrar Michael Essien para o lugar de Luka Modrić. O mesmo acontecendo com Kaká, aposta para os últimos minutos, à medida que os "merengues" tentavam evitar a segunda derrota consecutiva, e o brasileiro participou no lance que terminou com um remate de Ronaldo à queima-roupa, que Weidenfeller defendeu. Depois, Ángel Di María, à boca da baliza, rematou ao lado, antes de a persistência do Real finalmente dar resultado, com o livre tardio de Özil.

Última actualização: 08-11-12 0.36CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009551/postmatch/report/index.html#ozil+nega+vitoria+dortmund

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.