O "site" oficial do futebol europeu

Mancini entre a desilusão e a ambição

Publicado: Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012, 0.17CET
Apesar de o empate com o Ajax ter deixado o Manchester City numa posição complicada, o treinador Roberto Mancini ainda acredita na passagem, enquanto Frank de Boer ficou "orgulhoso" da equipa holandesa.
Mancini entre a desilusão e a ambição
Roberto Mancini acredita que o City ainda pode conseguir a qualificação ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

Man. CityAjax

Golos marcados2
 
2
à baliza6
 
5
para fora7
 
8
Cantos7
 
6
Foras-de-jogo8
 
1
Faltas cometidas11
 
11
Cartões amarelos0
2
Cartões Vermelhos0
 
0
Posse de bola(%)52
 
48

Classificação

Última actualização: 19/06/2013 22:16 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
 
Publicado: Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012, 0.17CET

Mancini entre a desilusão e a ambição

Apesar de o empate com o Ajax ter deixado o Manchester City numa posição complicada, o treinador Roberto Mancini ainda acredita na passagem, enquanto Frank de Boer ficou "orgulhoso" da equipa holandesa.

Roberto Mancini, treinador do Manchester City
Julgo que jogámos bem. Sofremos dois golos a partir de pontapés de canto, o que mudou as características do jogo, mas depois disso jogámos muito bem e criámos inúmeras oportunidades. Acredito sempre na minha equipa, mas agora está tudo mais difícil. Temos mais dois jogos pela frente, que temos de tentar ganhar. Se o conseguirmos, somarmos oito pontos e seguirmos em frente, e podemos ganhar a Champions League. É simples: se conseguirmos o apuramento, podemos ganhar a competição.

Tivemos a oportunidade de ganhar no [Santiago] Bernabéu, mas cometemos alguns erros e o mesmo aconteceu no jogo fora de casa com o Ajax. Não jogámos bem, mas estivemos em vantagem e algumas oportunidades para marcar o segundo golo, mas não as aproveitámos. Esta noite aconteceu a mesma coisa. Mas já acabou.

Frank de Boer, treinador do Ajax
Antes do início do jogo aceitaríamos o empate a 2-2 aqui. Mas, agora, acho que todos os jogadores estão desiludidos com o resultado. Podíamos ter deixado o City fora da competição.

É um bom sinal os jogadores estarem desiludidos com este resultado. Poderíamos ter dado um passo de gigante esta noite e o facto de eles terem marcado o segundo tento a partir do nada é uma grande desilusão. Mas jogar aqui é sempre difícil. Sentimos alguns problemas nos primeiros dez minutos da segunda parte, mas depois tudo voltou a correr bem.

O City tem muita qualidade e, por isso, tenho de estar orgulhoso dos meus jogadores. Se tivéssemos sido mais eficazes com as nossas oportunidades, como por exemplo o Eriksen perto do fim, podíamos ter ganho o jogo.

Agora, temos de esperar para ver o que vai acontecer, mas é óbvio que estamos numa posição melhor. Mas, na minha opinião, o Dortmund é uma das equipas europeias mais fortes e, por isso, vai ser extremamente difícil. Se os vencermos, em casa, garantimos, pelo menos, o terceiro lugar, mas claro que queremos continuar na UEFA Champions League. O Dortmund é forte, mas no jogo fora de casa provámos que podemos jogar bom futebol. E em casa temos um apoio ainda maior dos nossos adeptos, que esta noite também foram fantásticos.

Última actualização: 08-11-12 0.28CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009550/postmatch/quotes/index.html#mancini+ainda+podemos+vencer

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.