O "site" oficial do futebol europeu

Benfica na hora das decisões

Publicado: Terça-feira, 6 de Novembro de 2012, 21.00CET
O treinador benfiquista, Jorge Jesus, conta com o poder atacante da equipa para superar o Spartak, enquanto o técnico dos moscovitas, Unai Emery, reconhece a tarefa complicada que vai ter pela frente.
por Carlos Machado
de Lisboa

O conteúdo é transmitido de forma a que seja protegido e apenas disponível no formato flash. O seu aparelho não parece ser compatível com o leitor vídeo de flash.

Estatísticas da prova

BenficaSpartak Moskva

Golos marcados5
 
7
à baliza55
 
27
para fora56
 
26
Cantos53
 
23
Foras-de-jogo8
 
19
Faltas cometidas95
 
109
Cartões amarelos16
 
19
Cartões Vermelhos0
3
 
Publicado: Terça-feira, 6 de Novembro de 2012, 21.00CET

Benfica na hora das decisões

O treinador benfiquista, Jorge Jesus, conta com o poder atacante da equipa para superar o Spartak, enquanto o técnico dos moscovitas, Unai Emery, reconhece a tarefa complicada que vai ter pela frente.

Jorge Jesus e Unai Emery estão de acordo. Ambos reconhecem que o resultado do jogo desta quarta-feira entre o SL Benfica e o FC Spartak Moskva vai ter enorme importância nas contas finais do Grupo G da UEFA Champions League. A equipa portuguesa vai procurar ter a iniciativa do jogo, depois da derrota em Moscovo há duas semanas, enquanto Emery sabe que a equipa russa vai ter de lidar com o perigo que o adversário representa para poder ganhar em Lisboa.

Benfica
Jorge Jesus, treinador 
O Spartak é uma equipa de qualidade, mas vamos tentar jogar o nosso futebol e usar a nossa velocidade no ataque para marcarmos golos e vencermos a partida. É um jogo decisivo para nós: temos de ganhar! Se o conseguirmos, ainda teremos hipóteses de nos qualificarmos, porque o segundo lugar estará em aberto para nós, para o Celtic e para o Spartak. A grande diferença em relação ao campeonato, o qual estamos no comando, é que temos o Barcelona como adversário na UEFA Champions League. O Barça é muito forte e, por isso, só podemos lutar por um lugar.

Felizmente temos três grandes avançados - Lima, Óscar Cardozo e Rodrigo - que se entendem muito bem. A dupla escolhida não é sempre a mesma, já que depende do adversário e do tempo de recuperação entre jogos.

Podemos perceber os pontos fortes do Spartak nos jogos fora vendo a exibição que fizeram em Camp Nou, onde jogou muito bem e esteve a vencer por 2-1. Estudámos bem o que podem fazer para evitarmos que nos causem problemas no contra-ataque.

Resultado do fim-de-semana
Sábado
: Benfica 3-0 Vitória SC (Óscar Cardozo 37 48pen, Lima 67)
Artur; Pereira, Garay, Jardel, Luisinho; Matić, Martins (Gomes 45+2), John (César 74), Salvio (Gaitán 69); Lima, Cardozo.

• Lima marcou o seu primeiro golo no Estádio da Luz, depois de já ter marcado seis tentos pelas águias em todas as competições. André Gomes foi expulso perto do final do jogo, naquela que foi a segunda expulsão sofrida pelo Benfica em dois jogos.

Notícias da equipa
Pablo Aimar (coxa) está fora da equipa desde a segunda jornada, enquanto Carlos Martins (coxa) também não vai jogar depois de se ter lesionado frente ao Guimarães. Nemanja Matić, por castigo, também fica de fora, enquanto Melgarejo recuperou do problema num joelho que o afastou do duelo do passado fim-de-semana.

Spartak
Unai Emery, treinador
Marcámos cinco golos no nosso último jogo, no qual fizemos a melhor exibição da época em termos ofensivos. Temos jogos importantes da Liga e da UEFA Champions League pela frente e os jogadores que não têm actuado têm muito trabalho pela frente para voltarem a ser escolhas. No entanto, com tantos jogos pela frente, precisamos de todos.

Vai ser muito diferente do jogo de Moscovo. Respeitamos muito o Benfica, que vai jogar de forma muito agressiva. A situação no grupo está muito complicada, já que tanto nós como o Benfica não podemos perder pontos. O Celtic é agora favorito ao segundo lugar e cabe ao Spartak e ao Benfica contrariar esse favoritismo.

Sabemos tudo do poderio do Benfica e o que esperar do jogo. Temos de ter atenção a toda a equipa e estar muito atentos à vocação ofensiva dos laterais, Melgarejo e Maxi Pereira, bem como à acção do Enzo Pérez. Além disso, devemos preocupar-nos com a eficácia dos seus avançados e com a qualidade técnica dos extremos [Eduardo] Salvio e [Nicolás] Gaitán.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: PFC Krylya Sovetov Samara 0-5 Spartak (Jurado 13, Pareja 38, D Kombarov 69, Dzyuba 76, Ananidze 82)
Rebrov; Insaurralde, Pareja, Makeev, D Kombarov; Carioca, Källström, Bilyaletdinov (K Kombarov 69), Jurado; Ari (Dzyuba 73), Emenike (Ananidze 46).

• A última vez em que o Spartak marcou cinco ou mais golos num jogo da Liga fora de casa foi em 2001, último ano em que a equipa se sagrou campeã russa. Os moscovitas bateram, também por 5-0, o FC Fakel Voronezh.

Notícias da equipa
Artem Dzyuba regressou à equipa no último fim-de-semana, depois de perder dois jogos devido a uma gripe.

Estatística
O registo do Spartak em Portugal apresenta duas vitórias e duas derrotas. Os sucessos aconteceram sempre na UEFA Champions League e na casa do vizinho do Benfica, o Sporting Clube de Portugal. Os russos venceram, por 3-0 na primeira fase de grupos de 2000/01 e por 3-1 na fase de grupos de 2006/07.

Última actualização: 27-11-12 17.50CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2013/matches/round=2000347/match=2009540/prematch/preview/index.html#jorge+jesus+aponta+vitoria

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.