O "site" oficial do futebol europeu

Bayern recebe Chelsea na final de Munique

Publicado: Segunda-feira, 7 de Maio de 2012, 8.45CET
O Bayern espera que o factor-casa o ajude a sagrar-se campeão europeu pela quinta vez no seu historial, mas uma equipa do Chelsea à procura do seu primeiro título na competição terá outras ideias.

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...

Estatísticas da prova

BayernChelsea

Golos marcados26
 
25
Remates à baliza98
 
82
Remates para fora83
 
86
Cantos83
 
52
Foras-de-jogo17
 
34
Faltas cometidas209
 
183
Cartões amarelos29
 
31
Cartões vermelhos1
 
1

Dossiers de Imprensa

  • Dossier de Imprensa (português)
 
Publicado: Segunda-feira, 7 de Maio de 2012, 8.45CET

Bayern recebe Chelsea na final de Munique

O Bayern espera que o factor-casa o ajude a sagrar-se campeão europeu pela quinta vez no seu historial, mas uma equipa do Chelsea à procura do seu primeiro título na competição terá outras ideias.

O FC Bayern München recebe o Chelsea FC na Baviera para a primeira final da UEFA Champions League na qual um dos finalistas alinha no seu próprio estádio, e o clube alemão espera aproveitar esse facto para se sagrar campeão europeu pela quinta vez no seu historial.

• O Bayern ganhou sete jogos consecutivos em casa rumo a esta final, incluindo uma vitória frente ao Real Madrid CF, nas meias-finais, mas a demanda do Chelsea pelo seu primeiro título na competição recebeu um impulso enorme com a eliminação do campeão FC Barcelona nas meias-finais.

Encontros anteriores
• Bayern e Chelsea defrontaram-se nos quartos-de-final da edição 2004/05 da UEFA Champions League, com os "blues" a prevalecerem com um resultado total de 6-5 sobre o Bayern de Felix Magath.

• O Chelsea de José Mourinho venceu a primeira mão em Stamford Bridge, por 4-2. Depois do golo inaugural de Joe Cole (4'), o Bayern respondeu por intermédio de Bastian Schweinsteiger (52'), apesar de golos de Frank Lampard (60', 70') e Didier Drogba (80') terem devolvido a vantagem aos londrinos. Michael Ballack (90'), do Bayern, fixou o resultado final.

• As equipas desse jogo, a 6 de Abril de 2005, foram as seguintes:
Chelsea: Čech, Johnson (Huth 65), Carvalho, Terry, Gallas, Cole (Tiago 82), Lampard, Makelele, Duff, Gudjohnsen, Drogba (Forssell 89).
Bayern: Kahn, Sagnol, Lúcio, Kovač, Lizarazu, Salihamidžić (Schweinsteiger 46), Frings, Ballack, Hargreaves, Zé Roberto (Scholl 73), Guerrero.

• Lampard (30') e Drogba (80') voltaram a facturar na segunda mão, com um golo de Claudio Pizarro (65') pelo meio. Nessa noite, o Bayern ganhou por 3-2, graças a golos tardios de Paolo Guerrero (90') e Mehmet Scholl (90+5'), mas acabou por ser eliminado.

• As equipas desse jogo, a 12 de Abril, no Olympiastadion, foram as seguintes:
Bayern: Kahn, Sagnol, Lúcio, Kovač, Lizarazu (Salihamidžić 78), Schweinsteiger, Demichelis (Scholl 52), Ballack, Zé Roberto, Pizarro, Makaay (Guerrero 73).
Chelsea: Čech, Carvalho, Huth, Terry, Gallas, Cole (Nuno Morais 90), Makelele, Lampard, Duff (Tiago 71), Drogba, Gudjohnsen (Geremi 88).

Retrospectiva
• O Bayern tenta juntar-se ao Liverpool FC, com cinco Taças dos Clubes Campeões Europeus no palmarés, e tornar-se no terceiro clube mais bem-sucedido na história da competição, atrás de Real e AC Milan.

• O registo do Bayern em finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus é de quatro vitórias e quatro derrotas:
1974: 4-0 - Club Atlético de Madrid, Bruxelas (jogo de repetição, após empate 1-1)
1975: 2-0 - Leeds United AFC, Paris
1976: 1-0 - AS Saint-Étienne, Glasgow
1982: 0-1 - Aston Villa FC, Roterdão
1987: 1-2 - FC Porto, Viena
1999: 1-2 - Manchester United FC, Barcelona
2001: 1-1 - Valencia CF (5-4 nos penalties), Milão
2010: 0-2 - FC Internazionale Milano, Madrid

• O Bayern ganhou uma e perdeu duas das três finais anteriores da Taça dos Clubes Campeões Europeus frente a clubes ingleses. Também perdeu a SuperTaça Europeia, frente ao Liverpool, por 3-2.

• A única participação do Chelsea na final da UEFA Champions League aconteceu em 2008, em Moscovo, quando perdeu por 6-5 frente ao Manchester United FC, no desempate por penalties, depois de um empate a um golo.

• O clube da Premier League ganhou a Taça dos vencedores das Taças em 1998, frente ao VFB Stuttgart, uma final na qual o seu treinador-interino, Roberto Di Matteo, e o seu adjunto, Eddie Newton, jogaram, o último deles como suplente utilizado.

• Um triunfo do Bayern fará de Jupp Heynckes o 17º treinador a conquistar a Taça dos Clubes Campeões Europeus duas vezes, depois do sucesso em 1998, ao serviço do Real. Também será apenas o quarto treinador a vencê-la ao serviço de dois clubes diferentes, depois de Ernst Happel (Feyenoord, em 1970, e Hamburger SV, em 1983), Ottmar Hitzfeld (Borussia Dortmund, em 1997, e Bayern, em 2001) e José Mourinho (Porto, em 2004, e FC Internazionale Milano, em 2010).

• O Bayern já defrontou uma equipa inglesa esta época, ganhando em casa e perdendo fora frente ao Manchester City FC, por 2-0, na fase de grupos – a derrota em Manchester aconteceu com o apuramento já garantido.

• O Bayern ganhou 14 dos últimos 15 jogos das competições europeias realizados em casa, e o triunfo frente ao City permitiu-lhe um registo de dez vitórias, cinco empates e uma derrota frente a clubes ingleses. A única equipa inglesa a vencer o Bayern em Munique foi o Norwich City FC, por 2-1, na segunda eliminatória da Taça UEFA, em 1993.

• O Chelsea venceu fora apenas uma vez na competição desta época, e já perdeu na Alemanha, frente ao Bayer 04 Leverkusen, por 2-1, na quinta jornada. Foi a sua quarta derrota nas últimas seis deslocações, com o único triunfo a ser frente ao Estugarda, por 1-0, nos oitavos-de-final da edição 2003/04.

• O Chelsea ganhou por 2-0 em casa frente ao Leverkusen, na fase de grupos. O seu registo global frente a adversários da Bundesliga é de sete vitórias, dois empates e quatro derrotas.

• O registo global do Bayern frente a equipas inglesas é de 13 vitórias, 12 empates e dez derrotas.

• Esta é a sexta final da Taça dos Clubes Campeões Europeus entre equipas alemãs e inglesas – e em apenas uma a formação da Bundesliga prevaleceu:
1975: FC Bayern München 2-0 Leeds United AFC
1977: Liverpool FC 3-1 VfL Borussia Mönchengladbach
1980: Nottingham Forest FC 1-0 Hamburger SV
1982: Aston Villa FC 1-0 FC Bayern München
1999: Manchester United FC 2-1 FC Bayern München

• No total das competições da UEFA, registaram-se dez finais anglo-alemãs, e apenas dois vencedores alemães. As restantes finais foram:
1965: West Ham United 2-0 TSV 1860 München, Taça dos Vencedores das Taças
1966: Borussia Dortmund 2-1 Liverpool FC, Taça dos Vencedores das Taças
1973: Liverpool FC 3-2 VfL Borussia Mönchengladbach (total), Taça UEFA
1998: Chelsea FC 1-0 VfB Stuttgart, Taça dos Vencedores das Taças

• Munique já acolheu três finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus, todas no Olympiastadion, antigo recinto do Bayern:
1979: Nottingham Forest FC 1-0 Malmö FF
1993: Olympique de Marseille 1-0 AC Milan
1997: Borussia Dortmund 3-1 Juventus

• Houve três finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus realizadas em casa de um dos finalistas:
1957: Real Madrid CF 2-0 ACF Fiorentina, Santiago Bernabéu
1965: FC Internazionale Milano 1-0 Benfica, San Siro
1984: Liverpool FC 1-1 AS Roma (4-2 nos penalties), Stadio Olimpico

• Manchester United (1968, em Londres), AFC Ajax (1972, em Roterdão), Liverpool FC (1978, em Londres), Juventus (1996, em Roma) e Dortmund (1997, em Munique) venceram finais da Taça dos Clubes Campeões no seu próprio país, enquanto Stade de Reims (1956, em Paris), Barcelona (1986, em Sevilha) e United (2011, em Londres) perderam finais realizadas em solo nacional.  

• O registo do Bayern em desempates por penalties nas competições da UEFA é:
3-1 - Real Madrid CF, meias-finais da edição 2011/12 da UEFA Champions League
5-4 - Valencia CF, final da edição 2000/01 da UEFA Champions League
9-8 - PAOK FC, segunda eliminatória da edição 1983/84 da Taça UEFA
4-3 - Åtvidaberg FF, primeira eliminatória da edição 1973/74 da Taça dos Clubes Campeões Europeus

• O registo do Chelsea é:
5-6 - Manchester United FC, final da edição 2007/08 da UEFA Champions League
1-4 - Liverpool FC, meias-finais da edição 2006/07 da UEFA Champions League

Ligações entre as equipas
• Enquanto jogador do VfL Borussia Mönchengladbach, Heynckes perdeu frente ao Liverpool a final da Taça UEFA, em 1972/73 – apesar de dois golos na segunda mão, numa derrota com um resultado total de 3-2 –, e a final da Taça dos Clubes Campeões Europeus, em 1976/77. No ano seguinte, voltou a perder frente ao clube de Anfield, nas meias-finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus.

• Heynckes participou no primeiro desempate por penalties da Taça dos Clubes Campeões Europeus, frente ao Everton FC, na segunda eliminatória da edição de 1970/71. Converteu o seu remate, mas o Mönchengladbach perdeu.

• Tirando o triunfo na Taça dos Vencedores das Taças, frente ao Estugarda, Di Matteo fez parte da equipa da S.S. Lazio derrotada pelo Dortmund na edição 1994/95 da Taça UEFA – perdendo por 2-0 na Alemanha, depois de uma vitória caseira por 1-0 – e da selecção italiana eliminada no EURO '96, após um empate a zero com a Alemanha, no derradeiro jogo da fase de grupos.

• Manuel Neuer, Philipp Lahm, Jérôme Boateng, Schweinsteiger, Thomas Müller e o suplente Mario Gomez fizeram parte da selecção alemã que bateu por 4-1 a Inglaterra, que incluía John Terry, Ashley Cole e Lampard, nos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo de 2010.

• Cole alinhou na famosa vitória da Inglaterra por 5-1 sobre a Alemanha, no Olympiastadion, em jogo de qualificação para o Mundial, em 2001.

• Arjen Robben representou o Chelsea entre 2004 e 2007, vencendo dois campeonatos e uma Taça de Inglaterra. Marcou 15 golos em 67 jogos pelo clube londrino.

• Florent Malouda e Paulo Ferreira disputaram as meias-finais do Mundial de 2006, na Fußball Arena München, com Malouda a ser titular pela França na vitória por 1-0 sobre uma selecção portuguesa na qual Ferreira foi suplente utilizado. Franck Ribéry, do Bayern, também foi titular pela França.

• Torres marcou o golo vitorioso da Espanha na final do UEFA EURO 2008, frente a uma selecção alemã que contava com Lahm, Schweinsteiger e Gomez.

• Torres entrou em campo pela Espanha - Mata ficou no banco - na vitória por 1-0 frente à Alemanha nas meias-finais do Campeonato do Mundo de 2010. Neuer, Boateng, Lahm, Schweinsteiger e os substitutos Gomez e Kroos alinharam pela Alemanha.

• Ivica Olić marcou na vitória da Croácia em Wembley, por 3-2, resultado que ditou o afastamento da Inglaterra na fase de qualificação para o UEFA EURO 2008. Lampard marcou para a formação da casa.

• Anatoliy Tymoschuk jogou pela selecção da Ucrânia na fase de qualificação para o Mundial da África do Sul, tendo medido forças com a Inglaterra de Terry, Cole e Lampard.

• Neuer foi batido por golos de Drogba e Malouda quando ele e Rafinha perderam por 2-0 no terreno do Chelsea, ao serviço do FC Schalke 04, na fase de grupos da edição 2007/08.

• Na sua única época ao serviço do Manchester City, Boateng estreou-se como suplente utilizado nos minutos finais da vitória caseira frente ao Chelsea, por 1-0, em Setembro de 2010.

• Um dos seis jogos de Daniel van Buyten pelo City, ao qual esteve emprestado na segunda metade dá época 2003/04, foi uma vitória caseira por 1-0 frente ao Chelsea.

Última actualização: 05-12-13 5.30CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2012/matches/round=2000267/match=2007693/prematch/background/index.html#dia+decisoes+munique

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.