O "site" oficial do futebol europeu

1982/83: Magath faz a diferença

Publicado: Quarta-feira, 25 de Maio de 1983, 15.09CET
1982/83: Magath faz a diferença
Celebration (Hamburger SV) ©Getty Images
Publicado: Quarta-feira, 25 de Maio de 1983, 15.09CET

1982/83: Magath faz a diferença

Hamburger SV 1-0 Juventus

O período de ouro do futebol inglês, traduzido em seis épocas de domínio na Taça dos Clubes Campeões Europeus, tinha necessariamente de chegar ao fim um dia. E esse encontro com o destino aconteceu nos quartos-de-final da edição de 1982/83 da principal prova de clubes da UEFA. A derrota do detentor do troféu, o Anton Villa FC, não causou surpresa, até porque os britânicos despediram-se da prova no duelo com uma equipa da Juventus que contava nas suas fileiras com seis jogadores da selecção italiana que venceu o Campeonato do Mundo. Mas a prova também ficou marcada pela eliminação do Liverpool FC no confronto com o Widzew Lódz, equipa que causou admiração no seio do futebol polaco.

Golos de Rossi
Juventus e Widzew encontraram-se, posteriormente, nas meias-finais, numa eliminatória que ficou marcada pelo primeiro desafio de Zbigniew Boniek frente à sua antiga equipa e por mais um golo de Paolo Rossi. A formação italiana levou a melhor, vencendo por 4-2 no cômputo dos dois jogos, mas a veia goleadora de Rossi haveria de eclipsar-se na pior altura. O avançado internacional italiano tinha marcado em todas as eliminatórias, mas, à semelhança dos seus restantes companheiros, foi anulado na final de Atenas pelo mestre da táctica do Hamburger SV, o técnico Ernst Happel.

Magath em destaque
Com Michel Platini completamente manietado pelo seu marcador directo, Felix Magath foi o grande protagonista do jogo a meio-campo. O internacional germânico, que também marcara na vitória do Hamburgo na final da edição de 1976/77 da Taça das Taças, voltou a assinar mais um tento decisivo, desferindo um espantoso remate que bateu Dino Zoff. Obrigada a assumir o jogo, a Juventus não mais conseguiu recuperar e o Hamburgo conquistou uma vitória que poucos achavam ser possível. De qualquer forma, Magath e companhia não tiveram um percurso propriamente favorável, já que começaram por defrontar o Dynamo Berlin na primeira eliminatória. A formação germânica eliminou de seguida o Olympiakos Piraeus e o FC Dynamo Kyiv, antes de afastar a Real Sociedad nas meias-finais. Para a felicidade ser completa, o Hamburgo também arrecadou o título alemão.

Última actualização: 30-04-10 19.25CET

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=1982/overview/index.html#198283+magath+diferenca

Resultado da final

A final - 25-05-1983
Hamburg1-0Juventus
República Federal da AlemanhaRepública Federal da Alemanha
 
ItáliaItália
  • Estádio: OAKA Spiros Louis
  • Local: Atenas (GRE)
Semifinalistas
Real SociedadEspanhaEspanha
WidzewPolóniaPolónia