Real Madrid - Liverpool: confronto detalhado

Confrontos anteriores, experiências passadas em Kiev, visitas ao Estádio NSK Olimpiyskyi: o UEFA.com olha para todos os ângulos.

Karim Benzema marcou três golos nos dois últimos jogos entre as duas equipas
Karim Benzema marcou três golos nos dois últimos jogos entre as duas equipas ©AFP/Getty Images

Confrontos anteriores

Jogos: 5
Vitórias do Real Madrid: 2 (4 golos marcados)
Vitórias do Liverpool: 3 (6 golos marcados)

Real Madrid - Liverpool: Confrontos anteriores
Real Madrid - Liverpool: Confrontos anteriores

Liverpool 0-3 Real Madrid (Ronaldo 23, Benzema 30 41)
Real Madrid 1-0 Liverpool (Benzema 27)
UEFA Champions League 2014/15, fase de grupos

Karim Benzema foi a figura maior e o Real de Carlo Ancelotti eclipsou o Liverpool de Brendan Rodgers nas terceira e quarta jornadas. "Ganhar num estádio tão lendário como é Anfield é um prazer para qualquer jogador," disse Iker Casillas, então guarda-redes dos "merengues", após o segundo jogo.

Real Madrid 0-1 Liverpool (Benayoun 82)
Liverpool 4-0 Real Madrid (Torres 16, Gerrard 28 47, Dossena 88)
UEFA Champions League 2008/09, oitavos-de-final

A turma madrilena sofreu a sua maior derrota de sempre na #UCL na segunda mão desta eliminatória às mãos de um Liverpool treinado por Rafael Benítez, que viria depois a treinar  o Real. "Não há desculpas," disse Raúl González, na altura capitão dos "merengues". "Nos primeiros 20 minutos eles entraram com muita força e não fomos capazes de os parar."

Liverpool 1-0 Real Madrid (Kennedy 81)
Taça dos Campeões Europeus 1980/81, final

Resumo: o terceiro título de Paisley
Resumo: o terceiro título de Paisley

O defesa-lateral Alan Kennedy assinou o único golo do jogo em Paris, à passagem do minuto 81, tornando Bob Paisley no primeiro treinador a conquistar três títulos de campeão europeu pelo mesmo clube. "A recepção no nosso regresso a casa foi inacreditável," recordou Kennedy. "Só se via vermelho e azul em todo o lado, porque os adeptos do Everton também fizeram questão de nos virem saudar."

Jogos disputados em Kiev

Real Madrid 4J 1V 2E 1D 6GM 7GS
Os dois últimos jogos disputados pelo Real Madrid em Kiev (ambos para a #UCL) terminaram em empates 2-2 – contra o Dínamo em 2004 (num jogo em que jogou Zinédine Zidane) e em 2006. Perdeu 2-0 na sua primeira visita à capital ucraniana, em 1998/99, nos quartos-de-final da #UCL, com um então jovem Andriy Shevchenko a marcar os dois golos, mas redimiu-se de certa forma com um triunfo por 2-1 na segunda fase de grupos na temporada seguinte, graças a golos de Fernando Morientes e Raúl.

Liverpool 2J 1V 1E 0D 3GM 2GS
Danny Murphy e Steven Gerrard marcaram os golos quando os "reds", orientados por Gérard Houllier, triunfaram por 2-1 no terreno do Dínamo Kiev, na fase de grupos da UEFA Champions League 2001/02. Mais tarde, orientados por Rafael Benítez, os "reds" empataram 1-1 com o Maccabi Haifa no mesmo recinto – então rebaptizado de Estádio Valeriy Lobanovskiy – na edição de 2006/07; Peter Crouch marcou o golo da turma inglesa.

Que jogadores já actuaram no Estádio NSC Olimpiyskyi?

Dejan Lovren do Liverpool, e Luka Modrić, do Real Madrid, alinharam lá pela Croácia num triunfo por 2-0 sobre a Ucrânia em Outubro de 2017, em jogo da Qualificação Europeia para o Campeonato do Mundo da FIFA.

Sergio Ramos feliz na sua última visita a Kiev
Sergio Ramos feliz na sua última visita a Kiev©Getty Images

Sergio Ramos já lá conquistou um grande troféu, quando aí alinhou pela Espanha na vitória sobre a Itália na final do UEFA EURO 2012.

Karim Benzema jogou lá pela França numa derrota por 2-0 diante da Suécia na fase de grupos desse mesmo UEFA EURO 2012 e já lá tinha jogado também pela França num empate 2-2 com a Ucrânia na fase de apuramento para o UEFA EURO 2008.

Toni Kroos marcou lá o seu segundo golo pela selecção principal da Alemanha, num empate 3-3 com a Ucrânia, em jogo amigável disputado em Novembro de 2011.

Nacho e Isco foram lá titulares numa vitória por 1-0 da Espanha sobre a Ucrânia, em Outubro de 2015, em jogo de qualificação para o UEFA EURO 2016.

Jordan Henderson em Kiev em 2012
Jordan Henderson em Kiev em 2012©Sportsfile

Jordan Henderson, do Liverpool, foi lá suplente utilizado num empate 0-0 da Inglaterra com a Itália, nos quartos-de-final do UEFA EURO 2012, perdendo depois 4-2 nos penalties. Lesionado, Alex Oxlade-Chamberlain não saiu do banco.

James Milner e Oxlade-Chamberlain alinharam lá numa vitória por 3-2 sobre a Suécia na fase de grupos do mesmo torneio; Henderson não saiu do banco nesse jogo.

Milner voltou ao recinto para jogar pela Inglaterra num empate 0-0 com a Ucrânia na fase de qualificação para o Campeonato do Mundo da FIFA de 2013.

Mohamed Salah jogou no Estádio NSK Olimpiyskyi pela Fiorentina num empate 1-1 com o Dínamo Kiev nos quartos-de-final da UEFA Europa League 2014/15.

Klopp contra o Real Madrid

Klopp bateu o Real ao leme do Dortmund
Klopp bateu o Real ao leme do Dortmund©Getty Images

6J 3V 1E 2D 10GM 9GS
Zidane nunca defrontou Klopp nem o Liverpool, mas técnico dos "reds" defrontou o Real Madrid seis vezes no espaço de duas temporadas enquanto treinador do Dortmund. Levou a melhor nos encontros de 2012/13 – vitória por 2-1 em casa e empate 2-2 fora na fase de grupos; vitória por 4-3 no conjunto das duas mãos das meias-finais, com um jogo memorável de Robert Lewandowski na primeira mão). O Real Madrid desforrou-se em 2013/14, afastando a turma germânica nos quartos-de-final com 3-2 na soma das duas mãos. Ronaldo marcou três golos em 440 minutos em campo contra a equipa de Klopp nesses jogos.

Topo