Craques do futuro: 50 jogadores a seguir em 2018

A nossa equipa de correspondentes escolheu 50 jovens jogadores que podem ser destaque quando chegarmos ao fim de 2018, entre os quais o português Pedro Neto e Mile Svilar, do Benfica.

Quantos jogadores conhece? E quantos poderão ser nomes de peso daqui a um ano?
Quantos jogadores conhece? E quantos poderão ser nomes de peso daqui a um ano? ©Getty Images

Pedimos aos repórteres do UEFA.com espalhados pelo continente para enumerarem algumas estrelas em ascensão da presente época. Desta lista de 50 jogadores, quantos terão o estatuto consolidado daqui a um ano?

ESCOLHA A SUA EQUIPA DO ANO

Resumo Sub-17: Veja o rápido
Resumo Sub-17: Veja o rápido

Jan-Fiete Arp (Hamburgo)
Bastante goleador pela selecção alemã de Sub-17, já disputou nove jogos da Bundesliga e marcou dois golos. É visto como um dos mais promissores talentos germânicos.

Kepa Arrizabalaga (Athletic)
Vencedor do EURO Sub-19 em 2012, o espanhol Kepa é o titular indicutível do Athletic na Liga espanhola. Estreou-se pela selecção principal num amigável em Novembro.

Leon Bailey (Leverkusen)
Quase tão rápido quanto o compatriota e amigo Usain Bolt, o antigo médio-ofensivo do Genk tem marcado com frequência na Bundesliga.

Federico Chiesa: uma estrela na Fiorentina
Federico Chiesa: uma estrela na Fiorentina©Getty Images

Federico Chiesa (Fiorentina)
Extremo-esquerdo dotado de um forte remate, o filho de Enrico Chiesa, antigo avançado da selecção italiana, é peça fundamental dos "viola" e a mais brilhante jovem estrela da Serie A.

Justin Kluivert (Ajax)
Cada vez mais influente e goleador no emblema de Amesterdão, o extremo-esquerdo eclipsou o seu pai Patrick ao apontar um "hat-trick" na Eredivisie em Novembro.

Malcom, mais um brasileiro a dar nas vistas na Europa
Malcom, mais um brasileiro a dar nas vistas na Europa©AFP/Getty Images

Malcom (Bordéus)
O extremo tornou-se um dos jogadores preferidos dos adeptos após ser contratado ao Corinthians em 2016, e apesar da elevada cláusula que tem diz-se que há clubes ingleses de olho nele.

Sergej Milinković-Savić (Lázio)
Um dos jogadores mais valorizados em Itália, falando-se em negócios de 100 milhões de euros, o médio sérvio nascido em Espanha chegou à Lázio após passar por Vojvodina e Genk, perspectivando-se voos mais altos num futuro próximo.

David Neres (Ajax)
Contratado após se revelar no São Paulo, David Neres já contabiliza 16 jogos e oito golos esta época na Eredivisie.

Pedro Neto (Lázio)
A Lázio tem opção de compra do extremo e também de Bruno Jordão, ambos emprestados pelo Braga, por 26 milhões de euros. Será que isso se poderá revelar uma pechincha no decorrer dos próximos anos?

Rodri, do Villarreal: estará de regresso a Madrid?
Rodri, do Villarreal: estará de regresso a Madrid?©Getty Images

Rodri (Villarreal)
Visto como o sucessor de Sergio Busquets, o esguio Rodri deve regressar ao Atlético, clube onde iniciou a carreira, este Verão, a troco de uma verba elevada.

Milan Škriniar: um defesa que brilha no Inter
Milan Škriniar: um defesa que brilha no Inter©Getty Images

Milan Škriniar (Inter)
A ausência do Inter das competições europeias retira alguma projecção ao eslovaco, mas ainda assim o antigo jogador da Sampdória é um dos melhores defesas-centrais da Serie A.

Mile Svilar (Benfica)
Três jogos muito trabalhosos na UEFA Champions League serviram para mostrar o talento por lapidar do guarda-redes das "águias". Estima-se que dê mais nas vistas em 2018.

Kieran Tierney (Celtic)
O lateral-esquerdo é o capitão da Escócia e do Celtic, e aumentou ainda mais a sua cotação com jogos na edição 2017/18 da UEFA Champions League.

Lucas Torreira (Sampdória)
O criativo de 1,68 metros tem quase tudo. O seu treinador, Marco Giampaolo, resume as coisas assim: "Se tivesse 1.80 metros custaria 180 milhões".

Dayot Upamecano (Leipzig)
Formado no Valenciennes, o jovem transformou-se num defesa-central imponente, primeiro no Salzburg e agora no Leipzig.

Outros jogadores a seguir:
Ethan Ampadu (Chelsea)
Houssem Aouar (Lyon)
Nicolò Barella (Cagliari)
Sander Berge (Genk)
Fedor Chalov (CSKA Moscovo)
Ante Ćorić (Dinamo Zagreb)
Matthijs de Ligt (Ajax)
Emmanuel Bonaventure Dennis (Club Brugge)
Mikkel Duelund (Midtjylland)
Phil Foden (Manchester City)
Martin Graiciar (Slovan Liberec)
Amine Gouiri (Lyon)
Dávid Hancko (Žilina)
Amine Harit, (Schalke)
Ivan Ignatyev (Krasnodar)
Luka Jović (Eintracht)
Kirill Kirilenko (Dinamo Brest)
Hirving Lozano (PSV Eindhoven)
Dennis Man (FCSB)
Benjamin Pavard (Estugarda)
Abel Ruiz (Barcelona)
Roland Sallai (APOEL)
Jadon Sancho (Dortmund)
Malang Sarr (Nice)
Ryan Sessegnon (Fulham)
Volodymyr Shepelev (Dínamo Keiv)
Manor Solomon (Maccabi Petach-Tikva)
Renato Tapia (Feyenoord)
Martin Terrier (Estrasburgo)
Ferrán Torres (Valência)
Viktor Tsyhankov (Dínamo Kiev)
Felix Uduokhai (Wolfsburgo)
Hannes Wolf (Salzburgo)
Yusuf Yazıcı (Trabzonspor)
Szymon Żurkowski (Górnik Zabrze)

Topo