Anderlecht regressa ao topo na Bélgica

O Anderlecht, afastado nos quartos-de-final da UEFA Europa League, sagrou-se campeão belga pela 34ª vez, após ganhar a corrida ao Club Brugge na época de estreia do treinador René Weiler

©Getty Images

Como ganhou
Afastado da liderança ao fim de 11 jornadas, o Anderlecht recuperou a liderança na 30ª e última ronda da fase regular e conseguiu manter o Club Brugge à distância no "play-off" de campeão. O Club Brugge empatou com o Anderlecht no domingo e adiou a consagração, mas só até esta quinta-feira, quando o emblema da capital venceu por 3-1 no reduto do Charleroi, que antes o tinha batido em Bruxelas, selando a conquista do título a uma jornada do fim.

O técnico suíço René Weiler, na sua primeira temporada na Bélgica, montou uma equipa de sucesso que combinou jogadores naturais da cidade, como Youri Tielemans e Leander Dendoncker, com contratações acertadas, como o capitão Sofiane Hanni e o melhor marcador Łukasz Teodorczyk, para além de ter chegado aos quartos-de-final da UEFA Europa League – a sua melhor campanha europeia desde 1996/97. Agora, colocou fim a um jejum de duas épocas na fase de grupos da UEFA Champions League.

Número-chave: 34
O Anderlecht festeja o seu 34º campeonato belga, todos ganhos desde a Segunda Guerra Mundial. Antes disso, outros clubes da capital, como Racing Club, Daring Club e Union St-Gilloise foram os clubes dominantes em Bruxelas.

A oposição
O Anderlecht sofreu seis derrotas e somou dez empates, mas nem o campeão Club Brugge ou o Gent, vencedor em 2014/15, foram capazes de aproveitar.

Segunda taça para Dury e o Zulte Waregem
O Anderlecht foi eliminado pelo Charleroi nos oitavos-de-final da Taça da Bélgica, permitindo a Oostende e Zulte Waregem disputarem a final. O Oostende, na sua primeira final, fez o Zulte Waregem passar um mau bocado num jogo emocionante que terminou empatado a três golos após prolongamento. Mas no desempate por grandes penalidades, o Zulte Waregem manteve a calma e ergueu o troféu pela segunda vez no seu historial, sendo que o primeiro tinha sido ganho igualmente com Francky Dury como treinador, em 2006.

Łukasz Teodorczyk after scoring against Charleroi
Łukasz Teodorczyk after scoring against Charleroi©AFP

Espaço para melhorar
Consistência. Apesar de ter havido bons períodos do Anderlecht, estes chegaram ao fim com derrotas-supresa. Também falhou em alguns momentos decisivos, como quando Tielemans falhou uma grande penalidade no jogo do título frente ao Club Brugge. No entanto, se conseguirem manter o núcleo-duro da equipa, podem melhorar isso tudo na próxima época.

Maior vitória: 7-0 frente ao Excelsior Mouscron
Maior derrota:
1-0frente ao Charleroi, 2-1 frente ao Westerlo, 2-1 frente ao Club Brugge, 2-1 frente ao Waasland Beveren, 3-2 frente ao Zulte Waregem, 3-2 frente ao Mechelen. 
Melhor marcador: Łukasz Teodorczyk (22)

Topo