Basileia garante título e presença na Champions League

Uma série de nove vitórias seguidas no início da época lançou o Basileia rumo ao hexacampeonato, que ainda pode ser confirmado com uma diferença recorde.

O Basileia vai voltar a participar na UEFA Champions League na próxima época
O Basileia vai voltar a participar na UEFA Champions League na próxima época ©AFP/Getty Images

Como ganhou
O Basileia terminou a jornada inaugural no primeiro lugar e nunca mais o perdeu, ganhando os nove primeiros jogos na Super Liga. Chegados à pausa de Inverno, a equipa de Urs Fischer tinha 12 pontos de vantagem, fulgor que entretanto não esmoreceu. Invicto em todas as competições em 2017, o Basileia aumentou essa vantagem para 21 pontos e pode quebrar o recorde de maior vantagem na conquista do campeonato, estabelecido por si em 2011/12, com 20 pontos.

Número-chave: 90
Esta época o Basileia marcou oito golos no campeonato aos 90 minutos ou depois, incluindo dois frente ao Lausanne, em Novembro, transformando uma derrota por 1-0 num triunfo por 2-1.

A oposição
O Sion pode terminar nos três primeiros lugares pela primeira vez desde que se sagrou campeão, há duas décadas, mas tem sido o Young Boys o perseguidor directo do Basileia, ainda que longe de constituir perigo. A formação de Berna infligiu a única derrota interna da campanha ao recém-campeão, com Guillaume Hoarau, melhor marcador da prova, a facturar numa vitória por 3-1 em Dezembro.

Mohamed Elyounoussi has shone in his first season at Basel
Mohamed Elyounoussi has shone in his first season at Basel©AFP/Getty Images

Dobradinha em vista?
Apesar de todo o domínio na Super Liga, o Basileia tem sido incapaz de fazer o mesmo na Taça da Suíça nas últimas quatro épocas, sendo finalista vencido em três delas. Mesmo assim, a caminhada até à final de 25 de Maio foi sereno,tendo agora pela frente o Sion, que já venceu três vezes esta temporada.

Capacidade para melhorar
Dominador a nível interno, o Basileia desiludiu num grupo complicado da UEFA Champions League, perdendo os dois jogos com Paris e Arsenal e somando apenas dois pontos frente ao Ludogorets. Pela primeira vez numa década, a campanha europeia do Basileia não se prolongou para além do Natal.

Vitória mais folgada: 6-0, Vaduz
Derrota mais pesada: 3-1, Young Boys
Melhor marcador: Seydou Doumbia (14)