Barcelona vitorioso, Bayern reforça liderança

O Barcelona encerrou um fim-de-semana perfeito para as equipas dos quartos-de-final da UEFA Champions League, já que todas venceram. O Bayern foi o mais beneficiado, liderando agora com 13 pontos de vantagem.

Thomas Müller (Bayern)
©AFP/Getty Images

DOMINGO

Sampdória 0-1 Juventus (Cuadrado 7)
Os homens de Massimiliano Allegri não cedem pontos no topo da Serie A, tendo alcançado a nona vitória nas últimas dez jornadas, com Juan Cuadrado, de cabeça, a marcar o único golo da partida. Os "bianconeri" estão na expectativa sobre a condição física de Paulo Dybala, forçado a abandonar o campo aos 28 minutos devido a uma aparente lesão na coxa.    

[PHOTO src="2451214" size="mediumLandscape" align="Right" caption=" Kylian Mbappé bisou pelo Mónaco" ] Caen 0-3 Mónaco (Mbappé 13 81, Fabinho 49gp)
O goleador Mónaco voltou a marcar três golos para ficar com uma vantagem de seis pontos na liderança da Ligue 1 – antes do Paris Saint-Germain defrontar o Lyon, esta noite. O jovem avançado Kylian Mbappé voltou a impressionar, apontado o seu 11º e 12º golos nas últimas 12 partidas, ganhando ainda a grande penalidade que Fabinho transformou no segundo tento da equipa de Leonardo Jardim. João Moutinho foi titular e Bernardo Silva suplente-utilizado.

Atlético Madrid 3-1 Sevilha (Godín 37, Griezmann 61, Koke 77; Correa 85)
O Atlético concluiu uma semana positiva com mais um triunfo, reduzindo para dois pontos a distância que o separa do Sevilha, terceiro classificado. Na sequência de um livre cobrado por Antoine Griezmann, Diego Godín, de cabeça, abriu o marcador, com o internacional francês a ampliar também de bola parada. Mais tarde, Koke selou o resultado final frente à formação andaluza, que deixou Daniel Carriço no banco de suplentes.

Borussia Mönchengladbach 0-1 Bayern Munique (Müller 63)
Thomas Müller apontou o seu segundo golo nesta edição do campeonato e o Bayern aproveitou a derrota do Leipzig, perseguidor mais directo, para passar a ter 13 pontos de vantagem na liderança. O internacional alemão assinalou o seu 250º jogo na Bundesliga com um tento que interrompeu nove jogos sem marcar na competição. Renato Sanches entrou aos 85 minutos.

Barcelona - Valência (Luis Suárez 35, Messi 45gp 52, André Gomes 89; Mangala 29, El Haddadi 45+1)
Lionel Messi elevou para 25 o número de golos apontados na Liga espanhola, graças ao bis na reviravolta do Barcelona num jogo muito animado. Uma semana decorrida sobre a derrota com o Deportivo, os "blaugrana" beneficiaram da expulsão de Eliaquim Mangala, aos 44 minutos, após o defesa francês ter derrubado Luis Suárez na área, acabando Messi, de grande penalidade, por fazer o seu primeiro tento da noite. André Gomes fechou a contagem para os catalães, num jogo em que João Cancelo foi titular nos visitantes.

SÁBADO

Athletic Club 1-2 Real Madrid (Aduriz 65; Benzema 25, Casemiro 68)
Com dois pontos de vantagem no início da partida, o Real Madrid assegurou que chega à próxima ronda no topo da Liga espanhola, depois de Casemiro apontar o seu terceiro golo em 51 jogos de campeonato para derrotar o Athletic. Um cabeceamento de Aritz Aduriz tinha cancelado a vantagem nascida do tento de Karim Benzema a meio da primeira parte, o seu oitavo esta época na primeira divisão espanhola. Desta vez, Cristiano Ronaldo não marcou mas fez a assistência para os dois golos.

Riyad Mahrez (Leicester)
Leicester celebra golo inaugural de Riyad Mahrez na visita West Ham©Getty Images

West Ham United 2-3 Leicester City (Lanzini 20, Ayew 63; Mahrez 5, Huth 7, Vardy 38)
Os "foxes" somaram a quarta vitória consecutiva sob o comando do treinador Craig Shakespeare. Um livre directo de Riyad Mahrez e um cabeceamento de Robert Huth – o seu primeiro golo esta época – abriram o caminho para o sucesso. Jamie Vardy fez o terceiro dos visitantes numa finalização à boca da baliza após um pontapé de canto.

SEXTA-FEIRA

Borussia Dortmund 1-0 Ingolstadt (Aubameyang 14)
Pierre-Emerick Aubameyang ajudou o Dortmund a manter o terceiro lugar ao apontar o seu nono golo em cinco jogos, todas as competições incluídas. O aflito Ingolstadt criou várias oportunidades, mas coube a Aubameyang acertar na baliza com sucesso, naquele que foi o seu 23º golo nesta edição da Bundesliga, após o triunfo a meio da semana sobre o Sportfreunde Lotte, na Taça da Alemanha.