O "site" oficial do futebol europeu

Piqué em família no Barcelona

Publicado: Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2013, 11.00CET
Gerard Piqué fala à Champions Matchday da importância do ambiente no balneário do Barcelona e conta como nasceu o gosto por guardar objectos estranhos de recordação.

O conteúdo é transmitido de forma a que seja protegido e apenas disponível no formato flash. O seu aparelho não parece ser compatível com o leitor vídeo de flash.

 
 
 
Publicado: Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2013, 11.00CET

Piqué em família no Barcelona

Gerard Piqué fala à Champions Matchday da importância do ambiente no balneário do Barcelona e conta como nasceu o gosto por guardar objectos estranhos de recordação.

Para o defesa Gerard Piqué, 2013 será certamente um ano inesquecível, independentemente do que aconteça ao FC Barcelona no resto da época. É que a sua companheira, a cantora colombiana Shakira, está prestes a dar à luz o primeiro filho do casal.

O internacional espanhol, de 25 anos, é um verdadeiro homem de família e atribui aos seus pais a razão de todo o sucesso, confirme afirmou à Champions: "Eles deram-me tudo. Apoiaram-me sempre desde o início. Fizeram com que eu mantivesse sempre os pés bem assentes no chão quando comecei a singrar. Sinto sempre que eles estão comigo, nos bons e nos maus momentos. São os melhores pais do mundo. É algo que todos os filhos dizem, mas no meu caso eles sempre me deram tudo o que eu precisei e não lhes poderia ter exigido mais."

A atmosfera familiar semelhante que se vive no balneário da equipa também ajudou a cimentar a carreira de Piqué. "O ambiente do balneário do Barcelona é o melhor que alguma vez vi", garante o central, que já envergou também as camisolas de Manchester United FC e do Real Zaragoza. "Tal deve-se ao facto de haver muita qualidade humana e muitos jogadores formados no clube, que se conhecem há muitos, muitos anos. Confiamos uns nos outros e sabemos que podemos dizer as coisas cara-a-cara quando algo não está a correr bem."

De momento, tudo corre de forma fantástica e Piqué tem todas as razões para acreditar que no final da presente temporada poderá vir a juntar mais uns quantos objectos à estranha colecção que possui no seu extenso "museu" pessoal. Ficou célebre a imagem de Piqué a cortar um pedaço da rede das balizas após a conclusão das finais do Campeonato do Mundo de 2010 e da UEFA Champions League de 2011.

"Quando terminar a minha carreira quero poder lembrar-me de todos os grandes momentos e, naturalmente, a final do Campeonato do Mundo foi uma das melhores experiências que já vivi na minha carreira", explicou. "Por isso quis guardar algo de especial dessa noite, como uma camisola, ou uma bola, mas queria ter algo que ninguém realmente tivesse, porque deu muito trabalho a conseguir."

Leia mais sobre a conversa com Piqué na mais recente edição da Champions, a revista oficial da UEFA Champions League

Última actualização: 17-01-13 14.40CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1910891.html#pique+familia+barcelona

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.