O "site" oficial do futebol europeu

História até ao momento: FC Barcelona

Publicado: Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012, 10.00CET
Com novo treinador e ferido pela eliminação nas meias-finais da época passada, Lionel Messi inspirou o Barcelona a garantir sem dificuldades o apuramento no Grupo G.
História até ao momento: FC Barcelona
Lionel Messi tem sido fundamental no Barcelona ©AFP/Getty Images
 
 
 
Publicado: Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012, 10.00CET

História até ao momento: FC Barcelona

Com novo treinador e ferido pela eliminação nas meias-finais da época passada, Lionel Messi inspirou o Barcelona a garantir sem dificuldades o apuramento no Grupo G.

O FC Barcelona apresentou-se em prova com um novo treinador, depois da saída de Josep Guardiola, e não sentiu grandes dificuldades em garantir antecipadamente o apuramento no Grupo G da UEFA Champions League. A equipa de Tito Vilanova garantiu a passagem aos oitavos-de-final na quinta jornada, deixando o Celtic FC e o SL Benfica a lutarem pelo segundo lugar de um grupo em que também esteve o FC Spartak Moskva.

A história até ao momento
Após conquistar dois títulos europeus sob o comando de Guardiola, o Barça ficou ferido pela eliminação em casa nas meias-finais da época passada, mas o triunfo do Chelsea FC na prova também serviu de catalisador para a decisão do treinador abandonar o clube. Apesar de uma série de lesões na defesa, uma série negra que começou quando Gerard Piqué saiu a coxear do embate com o Spartak na primeira jornada, a determinação de afastar as más recordações da época passada tem sido bem evidente.

As duas excelentes exibições do Celtic frente à equipa de Tito Vilanova merecem ainda maior relevo, com destaque para o sensacional triunfo por 2-1 em casa. Os outros dois jogos realizados pelos catalães fora de Camp Nou - uma vitória por 3-0 em Moscovo e um triunfo por 2-0 sobre o Benfica – são um bom sinal das dificuldades que o adversário dos oitavos-de-final irá encontrar.

Momento mais importante
O clube espanhol estava a perder por 2-1 na recepção ao Spartak na primeira jornada quando Christian Tello fez o passe que permitiu a Lionel Messi empatar o encontro aos 72 minutos. Foi então que surgiu o momento decisivo. David Villa e Pedro Rodríguez mudaram a bola de flanco, com Alexis Sánchez a cruzar para Messi que, embora não seja famoso pelas capacidades no jogo aéreo, bateu Andriy Dykan com um cabeceamento. Estava garantido um importante triunfo por 3-2.

Jogador-chave
É impossível não escolher Messi. O argentino marcou cinco golos, fez a assistência para outros três e mostrou capacidade para elevar uma equipa que já é excelente a níveis excepcionais. O atacante já confessou a frustração que sentiu na meia-final da época passada e que está determinado em fazer esquecer esse desaire, algo que tem sido visível em campo.

Estrela em ascensão
Tello. O seu talento promissor foi materializado no golo e na assistência que fez para Messi no encontro com o Spartak. O jovem de 21 anos também está mais confiante, completo e maduro do que na época passada. Extremamente rápido, começa também a exibir qualidades de goleador.

Estatística
Desde 2005/06, os "blaugrana" saíram por três vezes vitoriosos das meias-finais e nas outras três ocasiões foram eliminados pela equipa que veio a conquistar o troféu. A única excepção aconteceu em 2006/07, quando foram afastados nos oitavos-de-final pelo Liverpool FC, que foi finalista vencido.

Frase
"As equipas adversárias só jogam desta forma connosco."
Tito Vilanova, na estreia como treinador na UEFA Champions League, a comentar as defesas cerradas dos rivais.

Última actualização: 19-12-12 9.54CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1907911.html#historia+momento+fc+barcelona

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.