O "site" oficial do futebol europeu

História até ao momento: Celtic

Publicado: Domingo, 16 de Dezembro de 2012, 13.01CET
O Celtic venceu o Barcelona em casa e encara com optimismo o sorteio dos oitavos-de-final, depois de uma fase de grupos que o treinador Neil Lennon qualificou como "um milagre".
por Alex O'Henley
de Glasgow
História até ao momento: Celtic
Giorgos Samaras comemora o golo marcado em Camp Nou na terceira jornada ©Getty Images
 
 
 
Publicado: Domingo, 16 de Dezembro de 2012, 13.01CET

História até ao momento: Celtic

O Celtic venceu o Barcelona em casa e encara com optimismo o sorteio dos oitavos-de-final, depois de uma fase de grupos que o treinador Neil Lennon qualificou como "um milagre".

O capitão Scott Brown classificou a qualificação do Celtic FC para os oitavos-de-final da UEFA Champions League como uma "conquista incrível", enquanto o treinador Neil Lennon descreveu o apuramento como um "milagre". O há muito aguardado triunfo fora de casa e uma vitória inesquecível na recepção ao FC Barcelona foram alguns dos pontos altos da campanha da fase de grupos, que culminou com Kris Commons a confirmar a passagem do clube escocês à fase a eliminar na conversão de uma grande penalidade. Apoiado pelos seus adeptos incansáveis, os "bhoys" provaram que são um adversário temível para qualquer equipa em Celtic Park.

História até ao momento
O objectivo do Celtic esta época era alcançar a fase de grupos, mas depois de deixar pelo caminho HJK Helsinki e Helsingborgs IF nas pré-eliminatórias, o clube de Glasgow superou todas as expectativas e atingiu os oitavos-de-final. Os escoceses tiveram de medir forças no Grupo G com Barcelona, SL Benfica e FC Spartak Moskva, pelo que muitos consideravam que já seria positivo ficar no terceiro lugar, uma posição que ficou reforçada depois do nulo na primeira jornada frente ao Benfica.

No entanto, a campanha do Celtic ganhou um novo impulso na segunda jornada, com a vitória por 3-2 sobre o Spartak em Moscovo, o primeiro triunfo fora de casa em 21 jogos na principal competição europeia de clubes. A equipa esteve a 30 segundos de somar um ponto surpreendente frente ao Barcelona em Camp Nou, antes de conquistar um dos resultados mais notáveis do seu historial ao bater a equipa de Tito Vilanova por 2-1.

A derrota em Lisboa obrigava a equipa de Neil Lennon a fazer um resultado melhor do que o Benfica em Barcelona na sexta jornada. A grande penalidade convertida por Commons a oito minutos do final do encontro com o Spartak garantiu a primeira presença do Celtic nos oitavos-de-final em cinco anos.

Momento mais importante
Sem qualquer dúvida, o ponto alto da fase de grupos foi a vitória por 2-1 frente ao Barcelona numa noite memorável em Celtic Park. Tal como tinha acontecido no encontro na Catalunha, o Celtic ganhou vantagem no primeiro tempo, desta vez através de Victor Wanyama, mas foi remetido à defesa durante longos períodos, até que o jovem avançado Tony Watt saiu do banco para marcar o golo decisivo a sete minutos do final. Lionel Messi ainda reduziu em tempo de compensação, mas sem conseguir ofuscar um dos maiores triunfos da história do clube, um resultado que levou Rod Stewart às lágrimas.

Jogador-chave
O heroísmo de Fraser Forster na baliza nos dois jogos com o Barcelona levou a imprensa espanhola a apelida-lo de "la gran muralla" ("a grande muralha") e motivou que o guarda-redes de 24 anos fosse convocado para representar pela primeira vez a selecção de Inglaterra nos jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014 frente a San Marino e Polónia.

Estrela em ascensão
Wanyama escolheu o número 67 na camisola em homenagem à famosa equipa do Celtic, os "Lisbon lions", e a força, dinamismo e postura do internacional queniano levam a que seja uma das principais figuras de uma equipa que já foi apelidada de "Lenny’s lions". O médio foi comprado por apenas 1,1 milhões de euros aos belgas do K. Beerschot AC e tem sido uma grande revelação, mas as exibições na fase de grupos chamaram a atenção dos maiores clubes da Europa e Lennon sabe que vai ter dificuldades para segurar o jovem de 21 anos.

Principal dado estatístico
Os dez pontos somados pelo Celtic são o melhor registo de sempre de um clube escocês na fase de grupos da UEFA Champions League.

Frase
"Estou muito orgulhoso dos jogadores, conseguiram um milagre. Ninguém apostava em nós neste grupo, mas conseguidos uma qualificação merecida. Estes são tempos muito animadores para todos no clube e temos uma missão muito importante no próximo ano." Lennon ansioso pelos oitavos-de-final marcados para a Primavera.

Última actualização: 19-12-12 9.54CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis dos treinadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1905665.html#historia+momento+celtic

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.