O "site" oficial do futebol europeu

Números da fase de grupos da Champions League

Publicado: Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2012, 12.16CET
O UEFA.com recorda os números da fase de grupos da UEFA Champions League, com destaque para a eliminação precoce do Chelsea e os novos marcos atingidos por Real Madrid e Barcelona.
Números da fase de grupos da Champions League
A bola e o troféu da UEFA Champions League ©Sportsfile
 
 
 
Publicado: Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2012, 12.16CET

Números da fase de grupos da Champions League

O UEFA.com recorda os números da fase de grupos da UEFA Champions League, com destaque para a eliminação precoce do Chelsea e os novos marcos atingidos por Real Madrid e Barcelona.

No final da fase de grupos da UEFA Champions League, o UEFA.com recorda as principais estatísticas dos últimos 96 jogos, incluindo uma eliminação inédita dos detentores do troféu, o calvário do Manchester City FC e alguns marcos históricos para José Mourinho, Arsène Wenger e Iker Casillas, para além dos golos de Burak Yilmaz e Lionel Messi.

1
O Chelsea FC tornou-se no primeiro campeão europeu a terminar a defesa do título na fase de grupos da época seguinte. O clube de Londres tinha conseguido ultrapassar a fase da UEFA Champions League nas dez participações anteriores e foi a equipa mais concretizadora da prova com 16 golos.

10
Chelsea e CFR 1907 Cluj terminaram com dez pontos, juntando-se a um pequeno lote de clubes que falharam o apuramento na fase de grupos com este total. Desde que os triunfos passaram a valer três pontos, só FC Dynamo Kyiv (na segunda fase de grupos de 1999/2000 e em 2004/05), Borussia Dortmund (segunda fase de grupos de 2002/03), PSV Eindhoven (2003/04), Olympiacos FC (2004/05), SV Werder Bremen (2006/07) e Manchester City (2011/12) ficaram pelo caminho apesar de terem somado dez pontos.

1
O Manchester City foi o primeiro clube inglês a não conseguir ganhar qualquer jogo na fase de grupos e terminou no último lugar do Grupo D, a terceira vez que tal aconteceu a uma equipa da Premier League depois de Blackburn Rovers FC (1995/96) e do vizinhos Manchester United FC em 2005/06.

100 e 150
Na quinta jornada, José Mourinho tornou-se no quarto treinador a orientar 100 jogos na UEFA Champions League. Duas semanas depois, Arsène Wenger, um dos outros três que atingiu esta marca, dirigiu o 150º na prova quando o Arsenal FC perdeu em casa do Olympiacos FC. Alex Ferguson (188) e Carlo Ancelotti (113) também já ultrapassaram a centena de jogos.

6
Burak Yilmaz marcou seis golos pelo Galatasaray AŞ na fase de grupos e já conseguiu mais golos numa única época na UEFA Champions League do que qualquer outro jogador turco. Antes desta série impressionante, em que fez os primeiros seis golos da campanha do Galatasaray, tinha ficado em branco nos 16 jogos que disputou na prova, incluindo as pré-eliminatórias. O sétimo golo do clube de Istambul, marcado no reduto do SC Braga na sexta jornada, foi apontado por Aydin Yilmaz e revelou-se ainda mais importante, pois permitiu aos campeões turcos atingirem os oitavos-de-final pela primeira vez desde 2001/02.

17
O Real Madrid CF ficou no segundo lugar no Grupo D e atingiu pela 17ª vez, a 16ª consecutiva, a fase a eliminar da UEFA Champions League. A última ocasião em que o clube espanhol esteve ausente dos oitavos-de-final foi em 1996/97, quando não participou na prova.

14
O FC Barcelona venceu pela 14ª vez o seu grupo, mais um triunfo que o Manchester United, conseguindo o primeiro posto pela sexta época consecutiva.

9
Ao empatar os seus três primeiros jogos no Grupo E, a Juventus estabeleceu um recorde de nove igualdades consecutivas nas competições europeias, uma vez que já tinha sido travada nos seis jogos que disputou na fase de grupos da UEFA Europa League 2010/11. Os italianos terminaram com essa série com uma goleada por 4-0 ante o FC Nordsjælland na quarta jornada, antes de baterem em casa o Chelsea e fora o FC Shakhtar Donetsk – sendo que este último triunfo acabou com cinco empates consecutivos fora e garantiu o primeiro lugar do grupo.

567
Tendo perdido os seis jogos da fase de grupos em 2011/12, o GNK Dinamo Zagreb deu seguimento a essa série negra no Grupo A, averbando cinco desaires e não marcando qualquer golo. De facto, os croatas pareciam destinados a igualar o recorde da prova do RSC Anderlecht, cifrado em 12 derrotas consecutivas, quando Andriy Yarmolenko deu vantagem ao FC Dynamo Kyiv em Zagreb, na última jornada. No entanto, face à perspectiva de se juntarem a RC Deportivo La Coruña (2004/05) e Maccabi Haifa FC (2009/10) como as únicas equipas a não terem marcado qualquer golo na fase de grupos, Ivan Krstanović ganhou um penalty nos descontos. O suplente utilizado converteu ele mesmo o castigo máximo, naquele que foi o primeiro golo do Dínamo na fase de grupos em 567 minutos, descontos incluídos.

560
O Málaga CF pode ter concedido cinco golos – mais do que FC Porto, Paris Saint-Germain FC e Juventus – , mas o vencedor do Grupo C não sofreu qualquer tento nos seus três primeiros jogos, com o triunfo por 1-0 sobre o AC Milan na terceira jornada a aumentar a sua série de jogos nas competições europeias sem sofrer golos para cinco partidas e 487 minutos, série essa que foi prolongada para 560 minutos antes de finalmente verem a sua baliza violada no segundo jogo ante os italianos. O Málaga tinha registado oito jogos sem sofrer golos nos seus nove embates europeus anteriores a esse empate 1-1 em San Siro e, apesar de ter encaixado quatro tentos nas duas últimas jornadas, permitiu apenas 12 golos nos 24 encontros das competições da UEFA em que participou.

7
O Grupo H apresentou sete vitórias fora em 12 encontros, em comparação com apenas quatro triunfos caseiros.

126
Iker Casillas disputou na quarta jornada o 126º encontro na fase de grupos da UEFA Champions League, entre a fase de grupos e a final, tornando-se no terceiro jogador com mais jogos na prova. O guarda-redes do Real Madrid, que totaliza 127 jogos, só é superado por Raúl González (142 jogos) e por Ryan Giggs (132).

56
Lionel Messi tem 56 golos na UEFA Champions League, o mesmo número que Ruud van Nistelrooy e sendo apenas superado por Raúl (71). Messi ainda tem de marcar alguns golos para igualar os golos marcados pelo espanhol nas competições europeias mas, com o bis conseguido frente ao FC Spartak Moskva na quinta jornada, já chegou aos 57 golos, ficando a 20 do antigo avançado de Real Madrid e FC Schalke 04.

4
Zlatan Ibrahimović fez as assistências para os quatro golos do PSG frente ao Dínamo, na quarta jornada – a primeira vez que um jogador esteve na origem de quatro golos num único jogo desde Carlos Martins pelo SL Benfica num triunfo por 4-3 no terreno do Olympique Lyonnais, em 2010/11. Ibrahimović tem cinco assistências até à data, mais do que qualquer outro jogador.

6
O golo de Ibrahimović na primeira jornada, contra o Dínamo Kiev, tornou-o no único jogador a marcar por seis clubes diferentes na UEFA Champions League: AFC Ajax, Juventus, FC Internazionale Milano, FC Barcelona, AC Milan e PSG.

Última actualização: 07-12-12 18.35CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1904373.html#numeros+fase+grupos+champions+league

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.