O "site" oficial do futebol europeu

História até ao momento: FC Schalke 04

Publicado: Terça-feira, 11 de Dezembro de 2012, 11.41CET
O Schalke, uma das quatro equipas a terminar invicta a fase de grupos, aposta agora em tentar, pelo menos, repetir a presença nas meias-finais alcançada em 2010/11.
por Ian Holyman
de Gelsenkirchen
História até ao momento: FC Schalke 04
Klaas-Jan Huntelaar continua a ser o grande goleador do Schalke ©AFP/Getty Images
 
 
 
Publicado: Terça-feira, 11 de Dezembro de 2012, 11.41CET

História até ao momento: FC Schalke 04

O Schalke, uma das quatro equipas a terminar invicta a fase de grupos, aposta agora em tentar, pelo menos, repetir a presença nas meias-finais alcançada em 2010/11.

O FC Schalke 04 garantiu a passagem aos oitavos-de-final da UEFA Champions League pela terceira vez em seis temporadas, ao terminar no primeiro posto do Grupo B, à frente do Arsenal FC. Efectivamente, a formação alemã tem dado tão boa conta de si nesta edição da prova que pode mesmo fazer igual ou melhor do que aquilo que conseguiu há duas temporadas, quando atingiu as meias-finais.

A história até ao momento
O FC Schalke 04 iniciou a sua caminhada rumo ao apuramento para os oitavos-de-final com uma impressionante vitória por 2-1 no terreno do Olympiacos FC. Um empate na recepção ao Montpellier Hérault SC, na segunda jornada, poderia ter quebrado o ímpeto da turma de Gelsenkirchen, mas esta reagiu da melhor forma e foi ao terreno do Arsenal FC vencer por 2-0 na terceira jornada. Depois, parecia que ia deixar escapar o bom trabalho realizado até então ao ver-se a perder por dois golos na recepção à formação londrina, na quarta jornada, mas os pupilos de Huub Stevens mostraram enorme carácter e conseguiram ainda chegar ao empate. Uma vitória caseira, por 1-0, frente ao Olympiacos, na quinta jornada, selou o apuramento, e o primeiro lugar do grupo foi confirmado na última jornada, com um empate a um golo no terreno do Montpellier.

Momento-chave
Se a vitória na Grécia, na jornada inaugural, deu o mote, o triunfo por 2-0 em casa do Arsenal, na terceira jornada, graças a golos dos holandeses Klaas-Jan Huntelaar e Ibrahim Afellay, foi o momento em que o Schalke tomou em definitivo a iniciativa no grupo, impondo ao Arsenal a sua primeira derrota caseira nas provas europeias desde 2003. A partir daí, o Schalke percebeu que não era, em nada, inferior à formação orientada por Arsène Wenger.

Jogador mais importante
Embora a criatividade de Lewis Holtby tenha dado que falar e Julian Draxler tenha mostrado a todos o seu enorme talento, é difícil negar que o contributo de Huntelaar foi decisivo para o Schalke. O ponta-de-lança holandês apontou quatro golos em seis jogos, assinando o tento da vitória na Grécia, sobre o Olympiacos e também o golo que deu início à recuperação na recepção ao Arsenal, na quarta jornada.

Estrela em ascensão
Em Holtby e Draxler o Schalke tem dois jovens jogadores extremamente talentosos e capazes de levar a equipa para a frente, mas quem mais impressionou foi mesmo o jovem defesa-central grego Kyriakos Papadopoulos que, aos 20 anos, demonstra uma determinação e uma capacidade de lidar com a pressão impressionantes.

Principal dado estatístico
Apenas o Málaga CF, Borussia Dortmund e Juventus conseguiram, tal como o Schalke, terminar invictos esta fase de grupos.

Frase
"Por que não jogar no Santiago Bernabéu? Seria um sonho"
Holtby mostra o optimismo que se vive no Schalke, perspectivando sem receio um possível embate com o Real Madrid CF nos oitavos-de-final.

Última actualização: 19-12-12 9.53CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1904054.html#historia+momento+fc+schalke

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.