O "site" oficial do futebol europeu

História até ao momento: Galatasaray AŞ

Publicado: Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012, 12.24CET
O Galatasaray somou apenas um ponto nos três primeiros jogos, mas três vitórias seguidas colocaram-no na fase seguinte e deixaram os adeptos turcos a sonhar.
por Dirk Vermeiren
de Istambul
História até ao momento: Galatasaray AŞ
Burak Yılmaz comemora um golo ao Cluj ©AFP/Getty Images
 
 
 
Publicado: Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012, 12.24CET

História até ao momento: Galatasaray AŞ

O Galatasaray somou apenas um ponto nos três primeiros jogos, mas três vitórias seguidas colocaram-no na fase seguinte e deixaram os adeptos turcos a sonhar.

O Galatasaray AŞ recuperou das duas derrotas sofridas nos dois primeiros jogos da fase de grupos e acabou por garantir um lugar nos oitavos-de-final da UEFA Champions League pela primeira vez desde 2001/02, ao somar três vitórias nos derradeiros três encontros, que valeram o segundo lugar no Grupo H. Para os sempre apaixonados adeptos do clube, as recentes exibições do Gala têm despertado memórias dos dias de glória vividos em meados da década de 1990 e início da década de 2000, período dourado que culminou com a conquista da Taça UEFA e da SuperTaça Europeia, em 2000. A julgar pelas tarjas exibidas no Estádio Ali Sami Yen, o Galatasaray está apostado em voltar a conquistar a Europa.

A história até ao momento
Ao fim das três primeiras jornadas, a formação orientada por Fatih Terim encontrava-se à beira do desastre. Uma exibição corajosa na derrota por 1-0 em casa do Manchester United FC, na primeira jornada, parecia dar boas indicações, mas quando o Galatasaray, tradicionalmente forte a jogar em Istambul, somou apenas um ponto nas recepções que se seguiram, a SC Braga e CFR 1907 Cluj, Terim sabia que a única hipótese para a sua equipa passava por vencer os três jogos ainda por disputar. E, de forma fenomenal, foi precisamente isso que o Galatasaray fez, com o ponta-de-lança Burak Yılmaz a assinar um "hat-trick" na Roménia, no triunfo sobre o Cluj, na quarta jornada, e a marcar depois, de cabeça, o único golo da partida na vitória pela margem mínima na recepção ao United, antes de uma suada vitória por 2-1 em Braga selar o segundo posto no grupo, graças à vantagem no confronto directo com o Cluj.

Momento-chave
De acordo com Burak, o ponto de viragem teve lugar na conferência de imprensa após o empate 1-1 com o Cluj, no Estádio Ali Sami Yen, na terceira jornada. "Foi aí que disse que não íamos perder mais pontos nos jogos que faltava disputar", explicou. "E foi exactamente isso que aconteceu."

Jogador-chave
Burak foi, a par de Cristiano Ronaldo, do Real Madrid CF, o melhor marcador da fase de grupos, com seis golos marcados, algo que deixa o atacante de 27 anos cheio de orgulho e que é ainda mais significativo se pensarmos que Burak não conseguiu destacar-se na temporada passada, quando se estreou em fases de grupo da prova, então ao serviço do Trabzonspor AŞ. O guarda-redes Fernando Muslera pode não ter dado tanto nas vistas, mas sossegou muitos corações dos adeptos do Galatasaray com uma série de exibições consistentes. Talvez agora, na fase a eliminar, o internacional uruguaio se tenha de afirmar mesmo como a grande figura da equipa.

Estrela em ascensão
Sem a mentalidade ofensiva de Nordin Amrabat, incansável tanto a defender como a atacar, o Galatasaray não teria conseguido chegar aos oitavos-de-final. Foi a sua acção que possibilitou que Selçuk İnan e Burak brilhassem, algo que ficou bem patente quando o internacional marroquino de 25 anos efectuou na perfeição o cruzamento que permitiu a Burak restabelecer a igualdade em Braga, na sexta jornada.

Principal dado estatístico
Os seis golos de Burak foram os seis primeiros marcados pelo Galatasaray na fase de grupos até perto do final do último jogo, em Braga, quando Aydin Yılmaz assinou o golo da vitória no Minho, que carimbou o passaporte da formação turca para os oitavos-de-final.

Frase
"Estou muito feliz por termos conseguido cumprir o nosso objectivo por mérito próprio e não graças a ajudas vindas dos resultados de outros jogos. Há algum tempo afirmei: 'Ainda não dissemos a nossa última palavras, temos mais para dar.' E o Galatasaray ainda tem muito para dar na Europa, esta época. Há jogos que transformam as equipas em grandes conjuntos. Há jogos que unem toda uma comunidade e mesmo todo um país."
Fatih Terim, em êxtase depois do triunfo em Braga e da consequente passagem à fase seguinte da UEFA Champions League.

Última actualização: 19-12-12 10.08CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1904040.html#historia+momento+galatasaray+as

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.