O "site" oficial do futebol europeu

Celtic bem servido pela academia

Publicado: Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012, 11.30CET
Jogadores como Aiden McGeady estão ganhar espaço no Celtic, à medida que o investimento na academia começa a render frutos e são cada vez mais os jovens de qualidade ao dispor.
Celtic bem servido pela academia
A estátua do antigo treinador Jock Stein figura no exterior de Celtic Park ©Getty Images
 
 
 
Publicado: Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012, 11.30CET

Celtic bem servido pela academia

Jogadores como Aiden McGeady estão ganhar espaço no Celtic, à medida que o investimento na academia começa a render frutos e são cada vez mais os jovens de qualidade ao dispor.

Jock Stein afirmou um dia que a camisola do Celtic FC não encolhe para servir a jogadores inferiores. "Mesmo nos escalões jovens esta camisola pode ter um peso enorme", explicou Chris McCart, que em 2008 substituiu o falecido Tommy Burns como responsável pelo departamento de formação do clube.

"O principal objectivo da nossa academia é formar jogadores com nível da UEFA Champions League para a equipa principal", explicou o antigo defesa do Motherwell FC. "Asseguramos que estes jovens têm o acesso ao melhor treino, à melhor ciência desportiva, à melhor educação e aos melhores cuidados médicos, de modo a terem todas as condições para evoluir."

Na década de 1960, este departamento constituiu uma linha de produção de talentos: todos os campeões europeus de Jock Stein em 1967 nasceram a menos de 50 quilómetros de Celtic Park. McCart reconhece que isto será algo difícil de repetir, mas o passado do clube tem enorme influência nos planos da academia. "O Celtic tem uma história rica de praticar futebol atractivo e agradar aos adeptos, e vamos sempre basear a nossa filosofia nisso", explicou. "Queremos jogar de determinada forma e vencer dessa mesma forma, mas não queremos ganhar a qualquer custo."

McCart considera que o momento de maior orgulho da academia nos anos mais recentes ocorreu na primeira jornada da fase de grupos desta época, quando James Forrest, natural de Prestwick e que foi apanha-bolas em Celtic Park, estreou-se na UEFA Champions League. "O James é um exemplo para a academia. Os outros jogadores viram um jovem a afirmar-se e a jogar na UEFA Champions League, por isso percebem que surgirão oportunidades. Quem tem talento terá a sua oportunidade."

Esta é uma versão resumida do artigo publicado na mais recente edição da Champions Matchday, disponível em toda a Europa nas bancas e também em versões digitais na Loja Apple ou no Zinio. Pode segui-la via Twitter em @ChampionsMag.

Subscreva aqui

Última actualização: 03-12-12 10.23CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1899798.html#celtic+servido+pela+academia

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.