O "site" oficial do futebol europeu

Vidal orgulhoso da Juventus

Publicado: Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012, 8.30CET
"Fizemos um jogo incrível", explicou Arturo Vidal ao UEFA.com após marcar um golo no triunfo da Juventus por 3-0 sobre o Chelsea, ao passo que para Petr Čech foi "um rude golpe".
por Paolo Menicucci
de Juventus Stadium
Vidal orgulhoso da Juventus
Arturo Vidal fala ao UEFA.com ©UEFA.com
 
 
 
Publicado: Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012, 8.30CET

Vidal orgulhoso da Juventus

"Fizemos um jogo incrível", explicou Arturo Vidal ao UEFA.com após marcar um golo no triunfo da Juventus por 3-0 sobre o Chelsea, ao passo que para Petr Čech foi "um rude golpe".

Arturo Vidal, um dos autores dos golos da Juventus, explicou ao UEFA.com que o apoio dos adeptos de Turim foi fundamental para o triunfo por 3-0 sobre o Chelsea FC que deixou os italianos a precisarem de somar apenas um ponto no terreno do FC Shakhtar Donetsk, na sexta jornada, para passarem aos oitavos-de-final. O guarda-redes do Chelsea, Petr Čech, afirmou que esta derrota foi um "rude golpe" para os actuais campeões europeus, que caíram para o terceiro lugar do Grupo E, acrescentando: "Espero que o destino nos seja favorável".

Arturo Vidal, médio da Juventus
Foi uma noite perfeita, fizemos um jogo incrível frente a uma grande equipa como o Chelsea e estamos muito felizes. Só temos de continuar assim até o final. Quando os adeptos nos apoiam desta forma, o nosso coração fica maior dentro de campo. É muito importante contar com este tipo de apoio dos adeptos no estádio.

Estávamos ansiosos por ganhar este jogo. Era muito importante para que podermos continuar a crescer como equipa. Também marquei ao Chelsea em Londres, mas o mais importante é que desta vez ganhámos e fizemos uma grande exibição frente a uma equipa muito forte como o Chelsea. Nada está decidido, falta mais um jogo mas, se jogarmos tão bem como hoje, o encontro com o Shakthar promete ser muito interessante.

Petr Čech, guarda-redes do Chelsea
Espero que o destino nos seja favorável em relação ao resultado em Donetsk, mas este foi um rude golpe, porque dependíamos apenas de nós e perdemos essa vantagem. Numa competição deste nível, quando permitimos que o adversário faça 15 remates à baliza, é impossível não sofrer golos. Temos de controlar melhor a fase defensiva do jogo, porque estamos a consentir demasiado espaço aos adversários sempre que perdemos a bola.

Última actualização: 21-11-12 12.07CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas
Jogo relacionado

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1895667.html#vidal+orgulhoso+juventus

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.