O "site" oficial do futebol europeu

Tudo ou nada na quarta jornada

Publicado: Sexta-feira, 2 de Novembro de 2012, 10.41CET
A quarta jornada vai ser decisiva para muitas equipas, com quatro a tentarem dar seguimento a um bom início e garantir a presença nos oitavos-de-final, enquanto outras procuram reavivar esperanças.
Tudo ou nada na quarta jornada
Jackson Martínez espera repetir o feito da terceira jornada, à medida que o Porto procura o apuramento para os oitavos-de-final ©AFP/Getty Images
 
 
 
Publicado: Sexta-feira, 2 de Novembro de 2012, 10.41CET

Tudo ou nada na quarta jornada

A quarta jornada vai ser decisiva para muitas equipas, com quatro a tentarem dar seguimento a um bom início e garantir a presença nos oitavos-de-final, enquanto outras procuram reavivar esperanças.

A quarta jornada da UEFA Champions League vai ser decisiva, com muitos clubes a precisarem de vencer para manter as esperanças vivas e outros a tentarem confirmar a presença na fase a eliminar, a duas jornadas do fim.

FC Porto, Málaga CF, FC Barcelona e Manchester United FC possuem registos 100 por cento vitoriosos nos respectivos grupos e garantem o apuramento para a fase a eliminar se somarem a quarta vitória consecutiva. No entanto, GNK Dinamo Zagreb e LOSC Lille, ainda sem pontos, bem como várias equipas que têm apenas um, sabem que estão em risco de ser eliminados se não começarem a segunda volta com um resultado positivo.

Jogos de terça-feira
Grupo A (FC Dynamo Kyiv - FC Porto; Paris Saint-Germain FC - GNK Dinamo Zagreb)

• O "bis" de Jackson Martinez frente ao Dínamo Kiev de Miguel Veloso, incluindo o golo decisivo, aos 78 minutos, abriu caminho para um triunfo por 3-2 em Portugal, que preservou o registo 100 por cento vitorioso do Porto no grupo, após vitórias sobre Dínamo de Zagreb (2-0), fora, e PSG (1-0), em casa.

• O Dínamo somou apenas uma vitória em sete deslocações a França, perdendo três dos restantes seis encontros. O sucesso solitário aconteceu na primeira mão da ronda preliminar da edição 1989/90 da Taça UEFA, quando ganhou por 1-0 frente ao AJ Auxerre, graças a um golo tardio de Davor Šuker, apesar de ter perdido a segunda mão, em casa, por 3-1. Também foi derrotado nas últimas duas visitas a França, incluindo um desaire por 2-0 frente ao Olympique Lyonnais, na fase de grupos da UEFA Champions League da época passada.

Grupo B (FC Schalke 04 - Arsenal FC; Olympiacos FC - Montpellier Hérault SC)

• O Schalke perdeu os últimos dois jogos caseiros frente a equipas inglesas e não marca há três. Perdeu por 2-0 frente a Manchester United, na primeira mão das meias-finais da edição 2010/11, e Manchester City FC, na fase de grupos da edição 2008/09 da Taça UEFA. O seu registo caseiro frente a equipas inglesas é de três vitórias, um empate e duas derrotas.

• O Olympiacos, de Leonardo Jardim e Paulo Machado, participa pela 14ª vez na UEFA Champions League e espera, pelo menos, igualar os feitos de 2009/10 e 2007/08, quando alcançou os oitavos-de-final.

Grupo C (RSC Anderlecht - FC Zenit St Petersburg; AC Milan - Málaga CF)

• Derrotado em casa pelo Málaga, por 3-0, na segunda jornada, o Anderlecht, de John van den Brom, procura a primeira vitória na UEFA Champions League, no Estádio Constant Vanden Stock, nos últimos nove anos. Perdeu oito e empatou dois dos últimos dez jogos na fase de grupos desta competição, desde uma vitória por 1-0 sobre o Olympique Lyonnais, em Novembro de 2003.

• O Málaga, de Duda e Eliseu, ainda não sofreu golos em cinco jogos na UEFA Champions League, depois de ter eliminado o Panathinaikos FC no "play-off", com um resultado total de 2-0. Na sua breve história europeia, o Málaga também já compilou um bom registo fora de portas, ganhando seis e perdendo apenas um de dez jogos.

Grupo D (Manchester City FC - AFC Ajax; Real Madrid CF - Borussia Dortmund)

• O Manchester City ganhou 14 e empatou quatro jogos em casa nas competições da UEFA desde Setembro de 2008, apesar de o Ajax poder moralizar-se com o triunfo por 3-1 na terceira jornada, frente ao City, há duas semanas, e por ter ganho no terreno do Manchester United há oito meses.

• Incluindo a vitória por 3-2 sobre o City, na jornada inaugural, o Real, de José Mourinho, Pepe, Ricardo Carvalho, Fábio Coentrão e Cristiano Ronaldo, ganhou sete jogos consecutivos em casa na UEFA Champions League, apontando 27 golos. Entretanto, o Dortmund perdeu os três embates fora na edição da época passada, e não ganha como forasteiro na UEFA Champions League desde 2003, frente ao AC Milan.

Jogos de quarta-feira
Grupo E (Juventus FC - FC Nordsjælland; Chelsea FC - FC Shakhtar Donetsk)

• A Juventus empatou os últimos nove jogos nas competições da UEFA, depois de ter registado seis empates na fase de grupos da edição 2010/11 da UEFA Europa League. Esteve a perder por dois golos em casa do Chelsea, na primeira jornada, antes de empatar 2-2, e recuperou de desvantagem para empatar 1-1 na recepção ao Shakhtar, antes de alcançar resultado idêntico frente ao Nordsjælland, na Dinamarca.

• O Shakhtar perdeu em três das quatro deslocações a Inglaterra. O melhor que conseguiu foi um empate a um golo frente ao Tottenham Hotspur FC, nos 16 avos-de-final da edição 2008/09 da Taça UEFA, depois de ter ganho a primeira mão, em casa, por 2-0; viria a conquistar o troféu.

Grupo F (Valencia CF - FC BATE Borisov; FC Bayern München - LOSC Lille)

• O BATE perdeu os sete jogos frente a equipas espanholas e não conseguiu marcar nos últimos seis, sofrendo 17 golos. Fora de casa sofreu dez golos e marcou apenas um – o tento de honra no seu primeiro jogo, fora, frente ao Villarreal CF, na primeira eliminatória da edição 2007/08 da Taça UEFA, numa altura em que o resultado já era 4-0.

• O Bayern prevaleceu nos dois últimos jogos caseiros frente a oposição francesa e ganhou sete dos primeiros oito frente a equipas da Ligue 1, tendo perdido apenas um; no entanto, pelo meio, não conseguiu ganhar em quatro partidas (dois empates e duas derrotas). O Bayern também bateu o Olympique de Marseille por 2-0, em casa e fora, nos quartos-de-final, e eliminou o Olympique Lyonnais, com triunfos por 1-0 (casa) e 3-0 (fora), nas meias-finais da edição 2009/10.

Grupo G (SL Benfica - FC Spartak Moskva; Celtic FC - FC Barcelona)

• Derrotado pelo Barcelona em Lisboa, na segunda jornada, o Benfica de Jorge Jesus perdeu dois jogos consecutivos em casa nas competições da UEFA, depois do desaire por 1-0 com o Chelsea, nos quartos-de-final da época passada. Nunca sofreu três derrotas seguidas em casa na Europa, por isso vai tentar evitar uma estreia indesejada, frente aos visitantes de Unai Emery.

• Com esse triunfo por 2-0 no recinto do Benfica, o Barcelona ganhou 12 e perdeu apenas três dos últimos 25 jogos fora na UEFA Champions League.

Grupo H (CFR Cluj 1907 - Galatasaray AŞ; SC Braga - Manchester United FC)

• O Galatasaray não conquista os três pontos fora nesta competição desde Setembro de 2002, altura em que bateu o PFC Lokomotiv Moskva por 2-0. Incluindo a derrota pela margem mínima (1-0) frente ao United, em Setembro, perdeu oito e empatou um dos últimos nove jogos fora realizados desde então.

• A equipa de José Peseiro deixou escapar uma vantagem madrugadora de dois golos e perdeu por 3-2 em Old Trafford na jornada anterior, ainda assim ganhou os últimos quatro jogos em casa frente a equipas inglesas. No entanto, o seu desempenho anterior no Estádio Municipal de Braga esta época resultou numa derrota frente ao CFR Cluj, por 2-0, em Setembro.

Última actualização: 03-11-12 16.33CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1885806.html#tudo+nada+quarta+jornada

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.