O "site" oficial do futebol europeu

Costinha regressa ao passado

Publicado: Quarta-feira, 26 de Maio de 2004, 14.08CET
O antigo jogador do Mónaco apenas pensa na vitória do FC Porto na final da Liga dos Campeões.

Especiais UEFA.com

Os jogadores mais velhos da UEFA Champions League
  • Os jogadores mais velhos da UEFA Champions League
  • Meia-final entre Bayern e Real Madrid de 2012
  • Clássicos das meias-finais da UEFA Champions League
  • Estrelas em confronto: Miranda e Sánchez
  • Reviravoltas notáveis na UEFA Champions League
  • Ronaldo iguala recorde de golos na UEFA Champions League
  • Real e Dortmund preparam reencontro
  • Embates espanhóis entre Barcelona e Atlético
  • Oitavos-de-final: factos e estatísticas da segunda mão
  • Drogba espera regresso emotivo ao Chelsea
1 de 10
 
 
Publicado: Quarta-feira, 26 de Maio de 2004, 14.08CET

Costinha regressa ao passado

O antigo jogador do Mónaco apenas pensa na vitória do FC Porto na final da Liga dos Campeões.

Por Fergus O'Shea

Costinha era um jogador de segunda divisão em Portugal até que, numa fase já tardia da sua carreira, foi contratado pelo AS Monaco FC, precisamente o clube que vai defrontar na final da UEFA Champions League.

Sucesso no Mónaco
Embora tenha brilhado no Stade Louis II sob as ordens do treinador Claude Puel, onde conquistou o título francês na época de 1999/00, o médio defensivo do FC Porto não tem sentimentos contraditórios em relação ao jogo desta quarta-feira, pois está apenas concentrado em erguer o troféu.

Concentrado no Porto
"Estou contente pelo facto de o Mónaco ter chegado à final e nunca esquecerei os quatro anos que lá passei, mas só penso em ganhar a Liga dos Campeões", afirmou Costinha ao uefa.com. "Já não acompanho os jogos da equipa, pois a maioria dos meus amigos deixou o clube, mas penso que agora actuam mais como equipa do que quando eu jogava lá".

Trabalho de equipa
O excelente jogo colectivo tem sido uma característica da carreira dos dois finalistas da edição deste ano da Liga dos Campeões. Costinha vê pontos em comum entre os estilos do FC Porto e do Mónaco. "Eles não se consideram estrelas", afirmou o jogador de 29 anos de idade. "Empenham-se no jogo e respeitam os adversários".

Esforço máximo
Costinha caracteriza-se por ser um eficaz recuperador de bolas no meio-campo, personificando o empenho e a capacidade de trabalho da equipa de José Mourinho. O internacional português esteve soberbo nas meias-finais, onde o FC Porto neutralizou a capacidade ofensiva do RC Deportivo La Coruña, retirando espaço a Juan Carlos Valerón, anulando a capacidade criativa do organizador de jogo dos espanhóis.

Motivação secreta
Costinha foi muito elogiado por esse desempenho, mas a verdade é que o médio tinha fortes razões para querer levar a sua equipa à final de Gelsenkirchen. Em 2002/03, conquistou a SuperLiga ao serviço do FC Porto, mas, por causa de uma lesão, jogou apenas nove minutos na final da Taça UEFA, onde a equipa portista derrotou o Celtic FC.

Motivos para sorrir
"Queria muito ter jogado aquele encontro e quando mais tarde disse à minha esposa que voltaria a jogar outra final, ela começou a rir-se", afirmou. "A verdade é que estou aqui na final com o FC Porto. Não me estou a rir, mas quero que isso aconteça após o jogo".

Mau sinal
Na época passada, a vitória do FC Porto numa final europeia foi precedida pela vitória na Taça de Portugal, mas a derrota na semana passada na final do Jamor, frente ao Benfica, foi considerada por alguns como um mau sinal para a equipa de José Mourinho. Costinha não concorda.

Já esquecido
"Já esquecemos o jogo com o Benfica", afirmou. "Não gostamos de perder, mas o futebol é assim. O mais importante é vencer o próximo jogo. Temos de nos preparar muito bem para este encontro".

Próximo desafio
Nesta altura, a final concentra todas as atenções de Costinha, mas o jogador já planeia o futuro. A poucos meses de completar 30 anos, o médio "azul e branco" espera ainda concretizar o sonho de alinhar na Serie A italiana.

O sonho italiano
"Ainda tenho dois anos de contrato com o FC Porto", afirmou. "Gostaria de experimentar jogar em Itália, porque gosto desse estilo do futebol, mas isso não depende apenas de mim. O clube tem uma palavra importante nesta questão. Veremos o que acontece no final da época".

Desejo realizado
Se jogar tão bem na quarta-feira como o fez frente ao Deportivo, os maiores clubes da Serie A poderão vir bater à porta de Costinha já este Verão.

Última actualização: 26-05-04 14.01CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=182154.html#costinha+regressa+passado

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.