O "site" oficial do futebol europeu

Boateng: "Não acredito; um sonho desfeito em segundos"

Publicado: Domingo, 20 de Maio de 2012, 0.53CET
Ivica Olić e Jérôme Boateng reconheceram que o Bayern pagou caro o facto de não ter aproveitado ocasiões de golo flagrantes, deixando assim fugir a conquista da Champions League.
por Philip Röber
de Fußball Arena München
Boateng: "Não acredito; um sonho desfeito em segundos"
Ivica Olić entre os derrotados jogadores do Bayern ©AFP/Getty Images
 
 
Publicado: Domingo, 20 de Maio de 2012, 0.53CET

Boateng: "Não acredito; um sonho desfeito em segundos"

Ivica Olić e Jérôme Boateng reconheceram que o Bayern pagou caro o facto de não ter aproveitado ocasiões de golo flagrantes, deixando assim fugir a conquista da Champions League.

Ivica Olić e Jérôme Boateng concordam que a UEFA Champions League escapou por entre as mãos do FC Bayern München, com a formação alemã a sucumbir a uma derrota no desempate por penalties frente ao Chelsea FC.

Esta noite tivemos muitas mais oportunidades, controlámos mais o jogo e estávamos a jogar em casa. Isso dói mais do que há dois anos
Ivica Olić
Não consigo acreditar. Um sonho desfeito no espaço de segundos. Estivemos sempre por cima
Jérôme Boateng

O clube de Munique parecia bem encaminhado para a conquista do seu quinto título europeu quando Thomas Müller finalmente quebrou a resistência do clube inglês a sete minutos do fim, mas o empate, da autoria de Didier Drogba, obrigou a prolongamento. O Bayern rapidamente teve a oportunidade de recuperar a liderança, quando Franck Ribéry sofreu falta para penalty, mas Arjen Robben permitiu a defesa a Petr Čech e a final seguiu para o desempate por penalties. E, mesmo aí, o Bayern ganhou ascendente, quando Manuel Neuer defendeu a primeira tentativa do Chelsea, cobrada por Juan Mata, mas Čech deteve os remates de Olić e de Bastian Schweinsteiger, cabendo a Drogba selar o seu destino.

"É óbvio que se trata de um sentimento terrível, mas no global controlámos o jogo", disse Olić, depois do seu último jogo pelo clube, antes de rumar ao VfL Wolfsburg. "Tivemos oportunidades e devíamos ter ganho o jogo antes dos penalties, mas o futebol é assim. Um desempate tem sempre a ver com sorte. Esta noite não estivemos concentrados ao máximo e o Chelsea acabou por levar a melhor. Não interessa se mereceu ou não. Ganhou e felicito-o por isso".

O Bayern não é estranho a desilusões em finais, depois de ter perdido ante o FC Internazionale Milano na edição de 2010, em Madrid, apesar de esta ser mais difícil de suportar. "Dessa vez perdemos, mas não fomos a melhor equipa em campo", acrescentou Olić. "Esta noite tivemos muitas mais oportunidades, controlámos mais o jogo e estávamos a jogar em casa. Isso dói mais do que há dois anos".

Muito deve-se ao espírito de equipa do Chelsea, que recuperou da desvantagem nos minutos finais, e Olić reconhece o desejo notável dos novos campeões. "Lutaram muito, a perder por 1-0 deram tudo no ataque e conseguiram um golo na marcação de um canto – foi uma pena", explicou. "Só nos restavam dois minutos e o Chelsea não tinha tido oportunidades de golo até então – depois surgiu o canto e sofremos o golo. Hoje fomos muito infelizes, mas há que dar os parabéns ao Chelsea".

O Bayern esteve a momentos de se tornar na primeira equipa a erguer a UEFA Champions League no seu próprio estádio, e Boateng admite que ver isso escapar é algo difícil de aceitar. "Estamos todos muito desiludidos, de rastos mesmo. O que posso dizer? Perdemos, fomos claramente a melhor equipa. Não consigo acreditar. Um sonho desfeito no espaço de segundos. Estivemos sempre por cima, a ganhar por 1-0, com um penalty a favor e à frente no desempate. Mas é essa a imprevisibilidade do futebol".

Última actualização: 20-05-12 6.10CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1799811.html#boateng+nao+acredito+sonho+desfeito+segundos