O "site" oficial do futebol europeu

Xabi Alonso admite ineficácia do Real Madrid

Publicado: Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012, 0.49CET
Xabi Alonso lamentou que a incapacidade do Real Madrid em marcar após o tento de Cristiano Ronaldo tenha permitido ao CSKA Moscovo empatar ao cair do pano.
por Richard van Poortvliet
de Stadion Luzhniki
Xabi Alonso admite ineficácia do Real Madrid
Xabi Alonso por terra com o empate do CSKA ©Getty Images
 
 
 
Publicado: Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012, 0.49CET

Xabi Alonso admite ineficácia do Real Madrid

Xabi Alonso lamentou que a incapacidade do Real Madrid em marcar após o tento de Cristiano Ronaldo tenha permitido ao CSKA Moscovo empatar ao cair do pano.

Xabi Alonso lamentou a incapacidade do Real Madrid CF em marcar o segundo golo, após a equipa espanhola ter deixado escapar a vitória no terreno do PFC CSKA Moskva nos derradeiros segundos.

É frustrante porque estávamos a controlar o encontro e, provavelmente, merecíamos um resultado melhor, mas há que também dar-lhes crédito. Continuaram a lutar até ao último minuto
Xabi Alonso

Os visitantes pareciam estar prestes a prolongar a sua série 100 por cento vitoriosa na presente edição da UEFA Champions League para sete triunfos, tendo resistido à pressão inicial do CSKA antes de assumir o comando do encontro ainda na primeira parte, por intermédio de uma finalização de Cristiano Ronaldo. Contudo, os "merengues" desperdiçaram várias ocasiões para dilatar a sua vantagem, com Cristiano Ronaldo, por duas vezes, José María Callejón e Sergio Ramos a desperdiçarem oportunidades claras. O Real Madrid pagaria no final pela sua falta de eficácia ao permitir o golo do estreante Pontus Wernbloom na derradeira jogada do encontro.

"Foi uma pena não termos conseguido marcar o segundo golo decisivo, que nos proporcionaria um melhor resultado. Depois, sofremos no final, o que mudou a compleição da eliminatória", disse Xabi Alonso ao UEFA.com. "Não termos marcado o segundo golo permitiu que eles continuassem na discussão do jogo e, quando sofremos aquele golo, já não havia tempo para mais nada".

Contudo, apesar do revés no último minuto, Xabi Alonso e os companheiros de equipa deixaram a Rússia confiantes quanto ao apuramento para os quartos-de-final, quando receberem o CSKA no Santiago Bernabéu, a 14 de Março. "Não se trata de um mau resultado. Estamos suficientemente confiantes de que iremos ganhar e apurar-nos para a próxima eliminatória", explicou. "Há ainda mais 90 minutos e esperamos conseguir um bom resultado. É frustrante porque estávamos a controlar o encontro e, provavelmente, merecíamos um resultado melhor, mas há que também dar-lhes crédito. Continuaram a lutar até ao último minuto".

O defesa do Real Madrid, Sergio Ramos, também reconheceu a qualidade da equipa do CSKA no seu primeiro jogo oficial desde o início de Dezembro, com o estreante Ahmed Musa a ser um constante quebra-cabeças à medida que os moscovitas iam delineando várias combinações de grande recorte apesar dos dois meses sem competir. "Eles têm jogadores no ataque que são muito rápidos e que trazem bastante qualidade e dinamismo ao seu futebol", disse. [O seu futebol] é um pouco mais directo do que o nosso, pelo que temos que estar concentrados durante todo o encontro. Estes são jogadores que criarão muitos problemas se lhes concedermos espaço. Têm uma grande equipa e espero que possamos controlá-los na segunda mão".

Última actualização: 23-02-12 13.01CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1757060.html#xabi+alonso+admite+ineficacia+real+madrid

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • As palavras CHAMPIONS LEAGUE e UEFA CHAMPIONS LEAGUE, o logótipo e o troféu da UEFA Champions League e o logótipo da Final da UEFA Champions League estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.