UEFA Champions League em directo

Saiba as últimas das 32 equipas em prova antes da terceira jornada

Encerrado
13-10-2015
Filtros
Clubes
Jogos
  • Todos os clubes,
  • Todos os jogos
Reiniciar X

Já começou a contagem decrescente para a terceira jornada. Esteja por aqui para saber as últimas das equipas em compita.

©AFP/Getty Images

Os problemas com lesionados no Borussia Mönchengladbach aumentaram com a notícia que o defesa Nico Schulz se lesionou com gravidade nos ligamentos do joelho, à semelhança de Patrick Herrmann. Schulz, de 22 anos, antigo internacional Sub-21 pela Alemanha, que foi contratado esta época ao Hertha Berlin, lesionou-se na sexta-feira, num particular frente ao Duisburgo. "Nico vai ser operado nos próximos dias e enfrenta uma paragem de seis meses", disse o médico da equipa, Stefan Hertl.

©Getty Images

O defesa do Galatasaray, Hakan Balta, prolongou o seu contrato com o próximo adversário do Benfica no Grupo C da UEFA Champions League em mais duas temporadas. O defesa, de 32 anos, vai na nona temporada na formação de Istambul, para onde foi oriundo do Manisaspor, em 2007. Hakan tem sido presença regular na equipa, actuando no centro ou na esquerda da defesa. Internacional 42 vezes pela Turquia, fez parte da selecção que atingiu as meias-finais do UEFA EURO 2008. 

©Getty Images

Lyon anunciou hoje que o avançado Aldo Kalulu vai ficar de fora "os próximos dois meses". O jogador de 19 anos, que se estreou na UEFA Champions League na primeira jornada e marcou o primeiro golo na Ligue 1 em Setembro, lesionou-se no tornozelo no treino de hoje.

Benfica anunciou que o lateral-direito, Nélson Semedo, foi operado a uma fractura ao joelho direito contraída ao serviço da selecção, no domingo. O jogador de 21, que se estreava por Portugal, jogou os 90 minutos da vitória por 2-1 na derradeira partida de qualificação para o UEFA EURO 2016, na Sérvia. O clube não anunciou o tempo de paragem, mas o lateral-direito só deve regressar em Janeiro, pelo que falhará o resto da fase de grupos dos campeões portugueses,

©AFP/Getty Images

O Real Madrid confirmou que Luka Modrić sofreu "uma lesão no músculo adutor da coxa direita” ao serviço da selecção da Croácia. O clube ainda não apontou um prazo para o regresso do médio aos relvados, mas parece estar em dúvida para a deslocação, na quarta-feira, ao reduto do Paris Saint-Germain.

©AFP/Getty Images

Zlatan Ibrahimović, o melhor marcador de sempre do Paris Saint-Germain, acredita que ainda tem muito para dar, apesar dos 34 anos. "Considero que ainda posso melhorar, mesmo estando mais velho", afirmou ao “site” do clube francês. "Continuo aqui, faço o que tenho de fazer e até o faço cada vez melhor”.

"Sou como um bom vinho, melhor com a idade. Não me sinto a decair, pelo contrário, considero que agora estou mentalmente mais forte. Ainda tenho muita fome de títulos e é isso que me vai ajudar a alcançar os meus objectivos".

©Getty Images

A equipa feminina do Atlético imitou as de Barcelona, Chelsea, Lyon, Paris e Wolfsburg na passagem aos oitavos-de-final da UEFA Women's Champions League, algo que o Bayern não conseguiu, e manteve as esperanças de fazer a dobradinha...

David Luiz (joelho), Marco Verratti (gémeos), Kevin Trapp (coxa) e Presnel Kimpembé (tornozelo) são os quatro jogadores do Paris que estão lesionados e não vão poder participar na deslocação dos líderes da Ligue 1 ao reduto do Bastia no sábado, o último jogo antes da recepção ao Real Madrid marcada para quarta-feira.

©AFP/Getty Images

Martín Cáceres lesionou-se nos dois tornozelos ao serviço da selecção do Uruguai e não vai poder alinhar pela Juventus frente ao Mönchengladbach, na quarta-feira, na UEFA Champions League. Os exames realizados mostraram que o defesa fez um entorse no tornozelo esquerdo e tem um hematoma no direito. "Deve voltar a jogar aproximadamente dentro de dez a 15 dias” explicou o clube de Turim em comunicado. Curiosamente Cáceres lesionou-se num choque com extremo colombiano Juan Cuadrado, que é seu colega de equipa na Juve.

©AFP/Getty Images

O capitão do Dynamo Kyiv, Andriy Yarmolenko, prolongou a sua ligação junto da equipa de Antunes e Miguel Veloso até Outubro de 2020. "Estou aqui desde a formação e venci todos os troféus internos com este clube", disse o avançado, que venceu dois títulos campeonatos e duas Taças da Ucrânia. "O Dynamo é a minha familia e estou feliz em estar aqui".


Yarmolenko foi cobiçado por um clube inglês no defeso e, aos 25 anos, espera um dia jogar no estrangeiro. "Ainda quero ver como me darei num dos principais campeonatos", afirmou o duas vezes jogador ucraniano do ano. "Vamos encontrar uma solução se surgir uma boa proposta. mas quero que o Dynamo recaba uma boa compensaçãp se tiver de sair".

©AFP/Getty Images

Os quatro anos de Hamit Altıntop ao serviço do Galatasaray têm sido marcados por lesões e esta época não tem sido excepção, com o médio internacional a ser operado ao joelho em Agosto, devido a um problema no menisco. Depois de ter demorado mais que as iniciais quatro semanas para recuperar, o jogador de 32 anos regressou, por fim, aos treinos, apesar de limitado

Não há ainda prazo definido para o antigo jogador do Bayern e Real Madrid estar de volta à competição, apesar de haver indicações que tal poderá decorrer em três semanas. A última vez que Altıntop vestiu a camisola do Galatasaray foi a 28 de Julho, num particular frente ao Nice.

©AFP/Getty Images

BATE Borisov somou o décimo título seguido na Bielorrússia a três jornadas do final depois de derrotar um dos últimos, o Vitebsk,por 2-0. Aleksei Rios (25) e Dmitri Mozolevski (31) possibilitaram que os campeões mantivessem a invencibilidade na condição de visitantes, bem como o início dos festejos.

©AFP/Getty Images

Dinamo Zagreb tem agora quatro pontos de avanço no topo da liga croata depois de receber e vencer o NK Zagreb por 4-1. Um tento de Gabrijel Boban logo no primeiro minuto surpreeendeu o líder, mas Junior Fernandes bisou antes do intervalo, com Armin Hodžić e Ángelo Henríquez a resolverem a contenda na etapa complementar.

©Getty Images

Shakhtar Donetsk averbou uma impressionante vitória esta sexta-feira ao derrotar fora o Dynamo Kyiv por 3-0 - resultado que termina a série de 38 jogos sem perder do Dynamo na Premier League ucraniana. A formação da casa vencera todos os quatro jogos em casa sem sofrer qualquer golo antes da partida de hoje, mas a formação de Mircea Lucescu também terminou com esses dois bons registos.


Marlos (40) mostrou o caminho, com Alex Teixeira a bisar na segunda-parte - golos 15 e 16 no campeonato - confirmando este rotundo triunfo que colocou o Shakhtar na frente, com os mesmos pontos do Dynamo.

©AFP/Getty Images

Gent esteve a perder mas deu a volta para vencer fora pela segunda vez no reduto do Mouscron-Péruwelz, continuando assim sem perder no campeonato. Noë Dussenne marcou cedo para os da casa, mas Laurent Depoitre (69) e um penalty de Sven Kums, no minuto 78, consumaram a reviravolta no marcador.

©AFP/Getty Images

Lyon não foi além do empate 1-1 no Mónaco, tendo chegado ao empate no minuto 84, por Rafael. Mario Pašalić (39) colocou a equipa de Leonardo Jardim na frente, mas o Lyon dominou depois e jogou os últimos 24 minutos contra dez jogadores, depois da expulsão de Wallace. Apesar de ter somado 15 remates no alvo, foi Rafael o único a chegar ao golo.

©AFP

Um golo de cabeça do defesa-central Jardel no minuto 90, deu a vitória ao Benfica por 2-1 sobre o Vianense, na noite de sexta-feira. em partida da terceira eliminatória da Taça de Portugal, troféu que já venceu por 25 ocasiões. Mohamed Coulibaly empatou com um tento fantástico, no minuto 79, depois de Medhi Carcela-González ter colocado os campeões portugueses, na primeira parte. O outro representante luso na UEFA Champions League, o Porto, desloca-se ao reduto do Varzim, este sábado.

CSKA Moskva derrotou o Ural Sverdlovsk Oblast por 3-2, num encontro em que o seu técnico Leonid Slutski, poupou o médio Alan Dzagoev e deu uma rara titularidade a Kirill Panchenko, que rapidamente agracedeu a escolha, ao marcar logo no segundo minuto. Os visitantes empataram por Gerson Acevedo, mas os líderes garantiram os três pontos graças aos golos de Seydou Doumbia e Pontus Wernbloom. O tento de Doumbia foi o nono nos seus derradeiros nove em todas as competições pelo CSKA.

©AFP/Getty Images

Astana levou a melhor sobre o Ordabasy por 2-1 e reduziu a desvantagem para o líder Kairat Almaty, que perdeu pontos ante o Atyrau. O campeão cazaque venceu graças a um auto-golo de Serhiy Malyi e a um tento na segunda parte de Roger Cañas, pelo que o Astana reduziu para cinco a distância da liderança.

Zenit está a dez pontos do líder CSKA Moskva depois de empatar 2-2 na visita ao Kuban Krasnodar. Os campeões russos sofreram um primeiro revés, quando Xandão inaugurou o marcador, logo no segundo minuto.


Artem Dzyuba empatou antes do intervalo com Oleg Shatov a fazer o 2-1 para a equipa de André Vilas Boas, mas os da casa fariam o empate com um tento de Lorenzo Melgarejo. O Zenit é agora terceiro e poderá cair para quarto caso o Spartak Moskva vença no domingo.

Thomas Müller marcou o golo da vitória do Bayern que mantém a liderança folgada na Bundesliga. Este triunfo por 1-0 na visita ao Werder Bremen significa que os bávaros continuam perfeitos depois de nove vitórias e que ganharam todos os jogos em todas as provas que disputaram até agora.

Max Kruse marcou um hat-trick, que constituíram os primeiros golos da temporada, para ajudar o Wolfsburg a terminar uma série de três jogos sem ganhar na Bundesliga com uma vitória por 4-2 sobre o Hoffenheim. O jogo estava 2-2 até o atacante fazer o seu segundo no minuto 62, completando a tripla a sete minutos do final.

Manchester City aumentou para 11 os golos no campeonato nos últimos dois jogos, num encontro em que Raheem Sterling fez o primeiro hat-trick da sua carreira, que ajudou no triunfo por 5-1 frente ao Bournemouth. Wilfried Bony marcou o segundo e o quinto para os líderes que, depois do 6-1 com o Newcastle, somou outro rotundo triunfo. 

Manchester United fez a melhor exibição da época ao vencer por 3-0 na difícil deslocação ao reduto do Everton. Morgan Schneiderlin, Ander Herrera e Wayne Rooney marcaram para os Red Devils que mostraram assim estarem recuperados pela derrota pelo mesmo resultado na casa do Arsenal.

Chelsea venceu o seu terceiro jogo da Premier League depois de um tento de Diego Costa e um auto-golo de Alan Hutton a garantirem uma vitória por 2-0 frente ao Aston Villa, em Stamford Bridge. 

Cristiano Ronaldo marcou o golo 324 ao serviço do Real Madrid e tornou-se o melhor marcador de sempre do clube, no triunfo por 3-0 sobre o Levante, que valeu o regresso aos triunfos no campeonato depois de dois empates.

A caminhada impressionante do Paris continua com Zlatan Ibrahimović a somar o sexto golo nas últimas quatro partidas da Ligue 1, com o seu bis desta noite a dar a vitória por 2-0 na visita ao Bastia. Ainda sem perder, os campeões adiantaram-se no marcador no minuto 72, com o sueco a fechar a contagem a sete minutos do final.


O resultado foi uma "preparação satisfatória" para o jogo a meio da semana contra o Real Madrid, disse o treinador, Laurent Blanc. "A equipa manteve-se organizada, não tivemos mais lesões e vencemos depois de uma boa segunda parte".

©AFP/Getty Images

Daniele De Rossi marcou o seu jogo 500 pela Roma com um golo na vitória por 3-1 frente ao Empoli, resultado que deixa os Giallorossi no segundo posto. É o terceiro triunfo seguido na Serie A para a equipa de Rudi Garcia, com o tento de De Rossi a ser o segundo da noite, depois do tento inaugural de Miralem Pjanić, cabendo a Mohamed Salah fazer o terceiro.

Arsenal está a dois pontos da liderança da Premier League depois da terceira vitória consecutiva, alcançada graças aos golos na segunda parte de Alexis Sánchez, Olivier Giroud a Aaron Ramsey, que derrotaram o Watford em Vicarage Road. 

©Getty Images

O renascer do Mönchengladbach sob o comando de André Schubert continua, com a quarta vitória seguida na Bundesliga alcançada depois da sua chegada ao cargo, surgida após derrotas nas cinco primeiras jornadas da competição. Raffael e André Hahn bisaram na vitória por 5-1 sobre o Eintracht Frankfurt por 5-1, com Mahmoud Dahoud a fazer o outro tento.

Galatasaray está agora na liderança da Super League turca depois da vitória por 4-1 sobre o Gençlerbirliği. O próximo adversário do Benfica venceu cinco dos últimos seis jogos do campeonato, depois de Bilal Kisa, Aurélien Chedjou, Yasin Öztekin e Burak Yılmaz marcarem. 

Dia inesquecível para Ronaldo, tal como para o Bayern, que fizeram história: saiba o que fizeram este fim-de-semana 30 das 32 equipas da fase de grupos.

©Getty Images

O médio Bilal Kısa estreou-se na marcar pelo Galatasaray no sábado, no triunfo por 4-1 sobre o Gençlerbirliği, fazendo o empate depois da equipa de Istambul ter chegado ao intervalo em desvantagem. "Foi um jogo difícil. Iniciámos a nossa recuperação antes da pausa para os compromissos da selecções e queremos continuar. Alguns dos nossos jogadores regressaram cansados dos desafios internacionais”, afirmou Bilal.

©AFP/Getty Images

Antoine Griezmann marcou ao seu antigo clube e o Atlético regressou aos triunfos na Liga espanhola frente à Real Sociedad, que terminou encontro reduzida a nove jogadores. A equipa da casa entrou em campo sem vencer há três jogos e ficou em desvantagem aos nove minutos, depois de Griezmann bater Gerónimo Rulli. O suplente Yannick Ferreira-Carrasco confirmou o triunfo dos visitantes em período de compensação e deixou os “colchoneros” a dois pontos da liderança.

O “derby d'Italia” terminou com o marcador em branco e a Juventus continua longe dos bons resultados. Sami Khedira foi o jogador que esteve mais perto do golo, quando rematou ao poste no segundo tempo, mas o empate com o Inter deixou a Juve no 14º lugar com apenas duas vitórias noss primeiros oito jogos.

UEFA.com newsdesk

Aidyn Kozhakhmetov

evgeni.polyakov

José Nuno Pimentel, Lisbon

Paolo Menicucci a caminho de Turim

Redacção alemã do UEFA.com

Redacção francesa do UEFA.comRedacção francesa do UEFA.com

Redacção russa do UEFA.com

Türker Tozar, Istambul

UEFA.com newsdesk

UEFA.com Portuguese newsdesk, Lisbon

UEFA.com Spanish newsdesk