O "site" oficial do futebol europeu

2009: Castilla vence na Croácia

Disputada sob um sol brilhante e com a calorosa hospitalidade croata, a mais importante competição europeia para amadores produziu excelente futebol e teve no Castilla y León um justo vencedor.
2009: Castilla vence na Croácia
O Castilla comemora o título conquistado em 2009 ©Sportsfile

2009: Castilla vence na Croácia

Disputada sob um sol brilhante e com a calorosa hospitalidade croata, a mais importante competição europeia para amadores produziu excelente futebol e teve no Castilla y León um justo vencedor.

Disputada sob um sol brilhante e com a calorosa hospitalidade croata, a mais importante competição europeia para amadores produziu excelente futebol e teve no Castilla y León um justo vencedor.

O Center Zagreb foi o anfitrião da prova e teve de medir forças no Grupo A com os romenos do Oltenia, os eslovacos do Bratislava e ainda o Privolzhie, a primeira equipa russa a disputar uma fase final. O Grupo B estava sediado a apenas 20 minutos de distância e contava com os espanhóis do Castilla, o Savez Gradiška - que fez uma curta viagem desde a Bósnia e Herzegovina - os belgas do Kempen e o Region I em representação da República da Irlanda.

As oito equipas tinham disputado a competitiva fase de qualificação, mas a competição seria ainda mais dura nos pitorescos arredores de Zagreb, já que só os vencedores dos grupos passavam a fase seguinte.

O Castilla chegou à fase final só com vitórias e prolongou a serie vitoriosa nos três jogos da fase de grupos. Um disparo de longa distância de David Durantez e um golo de Antonio Ramírez permitiram o triunfo por 2-0 sobre o Região I. Na goleada de 4-1 ao Kempen, os espanhóis fizeram um exibição soberba, mas não evitaram sofrer o primeiro golo da campanha de 2008/09.

Como o Region I bateu o Savez Gradiška - que também já tinha perdido com o Kempen na primeira jornada - o Castilla garantiu o primeiro lugar do Grupo B após dois jogos. O Grupo A estava a ser bem mais equilibrado.

O Centre Zagreb precisou de duas grandes penalidades nos últimos minutos para levar a melhor sobre o Bratislava no jogo de estreia, mas depois os anfitriões não evitaram uma derrota por 2-0 frente ao Privolzhie. O Oltenia chegou à última jornada como grande favorito ao apuramento e o empate a um golo com o Centre Zagreb, de Sreten Ćuk, bastou para marcar encontro na final com o Castilla.

Jogado no recinto do NK Inter Zaprešic, da primeira Liga croata, a final foi completamente diferente de todos os jogos da fase de grupos devido a dois aspectos: foi jogada sob chuva, depois de uma série de dias marcados pelo sol, e com iluminação artificial, devido à hora do jogo.

O início de jogo equilibrado não indiciava a emoção que se instalou depois de Antonio Ramírez dar vantagem ao Castilla, aos 20 minutos. O excelente registo defensivo da equipa de Javier Yepes deixava antever que seria capaz de segurar a vantagem, mas o Oltenia empatou na sequência de um livre bem trabalhado e convertido por Mirel Adrian Sirbu.

O Castilla regressou forte dos balneários e garantiu uma merecida vitória graças a um cabeceamento certeiro de José Luis Robles a nove minutos do final, tornando-se na segunda equipa espanhola a conquistar o troféu depois do triunfo do País Basco em 2005.

https://pt.uefa.com/regionscup/history/season=2009/index.html#2009+castilla+vence+croacia