O "site" oficial do futebol europeu

2007: Dolnoslaski orgulha Polónia

Depois de sete dias de intensa competição na Bulgária, a formação amadora polaca de Dolnoslaski acabou por erguer a Taça das Regiões de 2006/07.
2007: Dolnoslaski orgulha Polónia
O Dolnoslaski, da Polónia, festeja a conquista da Taça das Regiões em 2007 ©Sportsfile

2007: Dolnoslaski orgulha Polónia

Depois de sete dias de intensa competição na Bulgária, a formação amadora polaca de Dolnoslaski acabou por erguer a Taça das Regiões de 2006/07.

Depois de sete dias de intensa competição na Bulgária, a formação amadora polaca de Dolnoslaski acabou por erguer a Taça das Regiões de 2006/07.

Campeões afastados
A turma amadora do País Basco, detentora do troféu, voltou a ser a representante de Espanha, mas viu-se afastada na fase de qualificação pelos franceses da Baixa-Normandia, que garantiram o acesso à fase final, ao lado das equipas oriundas de Portugal, Ucrânia, Irlanda do Norte, Suíça e Bósnia-Herzegovina, para além dos anfitriões, a Região Sudoeste da Bulgária, e da já referida formação polaca de Dolnoslaski, que acabaria por se sagrar campeã.

Equipa da casa em frente
A sede da fase final foi Sliven, cidade que tem como presidente da câmara Yordan Letchkov, autor do inesquecível golo de cabeça com que a selecção da Bulgária bateu a Alemanha nos quartos-de-final do Campeonato do Mundo de 1994. A disputar todos os seus encontros em Sliven, a equipa da Região Sudoeste da Bulgária conseguiu, perto do fim, garantir um empate (1-1) diante dos bósnios do Cantão de Tuzla, antes de bater, também com um golo perto do final, a formação da Baixa-Normandia e de empatar a zero com os amadores da Região Oeste da Irlanda do Norte, que acabariam por levar o Prémio Fair Play. Tuzla encontrava-se na frente à entrada para a terceira jornada, mas falhou o acesso à final ao perder por 2-0 em Radnevo, diante dos homens da Baixa-Normandia, que tinham sofrido derrotas ao cair do pano nos dois primeiros jogos.

Aveiro pelo caminho
Dolnoslaski iniciou o Grupo B com uma vitória por 2-1 sobre os ucranianos de Ivan Odessa, enquanto a turma suíça de Ticino bateu os portugueses de Aveiro por 2-0. As duas formações vitoriosas na primeira ronda encontraram-se na jornada seguinte, na qual a formação de Dolnoslaski deu a volta ao marcador e venceu por 2-1. Aveiro alcançou uma vitória por 2-0 sobre Ivan Odessa, resultado que lhe permitiu continuar a sonhar com o apuramento, mas um empate 1-1 diante do Dolnoslaski, em Stara Zagora, deitou por terra as aspirações da equipa lusa. Aveiro acabaria, ainda assim, por ficar no segundo lugar do grupo, fruto da derrota dos homens de Ticino frente à equipa de Ivan Odessa, conquistando desta forma a medalha de bronze, a par de Tulza, segunda classificada do outro grupo.

Polacos fazem a festa
A final contou com uma assistência recorde a nível da Taça das Regiões. Cerca de 3500 espectadores encheram o Estádio Hadzhi Dimitar, em Sliven, e foram os adeptos da casa os primeiros a festejar quando, aos 66 minutos, Plamen Stoyanov colocou na frente os anfitriões, que procuravam não imitar os compatriotas de Sófia, derrotados na final em 2005. Mas a formação de Dolnoslaski, totalmente dominada até esse momento, encontrou novas forças e chegou ao empate por Michał Sudoł, na transformação de um livre directo, antes de o suplente apontar, de cabeça, já no prolongamento, o golo do triunfo polaco. "A Bulgária é um grande país, muito agradável e fiquei positivamente surpreendido, pois não esperava que tudo fosse tão bom aqui", refeiu Jaskulowski, estudante de 22 anos, antes de receber o troféu das mãos de Jim Boyce, vice-presidente do Comité do Futebol Jovem e Amador da UEFA, que acrescentou: "Trata-se de um feito enorme para estes jogadores. Tiveram oportunidade de jogar nos melhores relvados, foram tratados como verdadeiras estrelas, e certamente adoraram. Esta edição foi a melhor da história desta competição."

https://pt.uefa.com/regionscup/history/season=2006/index.html#2007+dolnoslaski+orgulha+polonia