O "site" oficial do futebol europeu

2003: Borgna dá vitória a Piemonte

Forçado a falhar grande parte do torneio devido a razões laborais, Paolo Borgna marcou dois golos em cinco minutos da primeira parte da final.
2003: Borgna dá vitória a Piemonte
Celebration (Piemonte Valle d'Aosta AMA) ©Getty Images

2003: Borgna dá vitória a Piemonte

Forçado a falhar grande parte do torneio devido a razões laborais, Paolo Borgna marcou dois golos em cinco minutos da primeira parte da final.

Comprovando a crescente popularidade deste torneio amador, 40 equipas entraram em cena na fase de qualificação da edição de 2003 da Taça das Regiões, com Piemonte Valle d'Aosta, de Itália, e a formação espanhola das Astúrias a vencerem o "play-off" intermédio e a juntarem-se aos seis vencedores dos mini-torneios de apuramento na fase final da prova, disputada na Alemanha.

A semana de futebol ficou marcada pelo muito calor na região alemã de Württemberg, cuja equipa anfitriã teve a companhia dos suíços de Ticino e das duas equipas provenientes do "play-off" no Grupo A. No Grupo B encontraram-se a equipa amadora francesa de Ligue du Maine, o Geyazan, do Azerbaijão, o District Noord, da Holanda, e Szabolcs Gabona Csoport, equipa amadora representante da Hungria.

Os sinais iniciais da prova revelaram-se positivos para a equipa da casa, vencedora ante a turma de Ticino por 3-0 no jogo inaugural, enquanto no outro encontro da ronda inicial do Grupo A verificou-se uma igualdade a um golo. Piemonte bateu depois Ticino por 3-0, no mesmo dia em que Astúrias e os representantes alemães, a jogarem em casa, empataram 1-1, deixando todas as decisões para a derradeira jornada. Com muito público presente no Estádio Carl-Zeiss, em Oberkochen, Württemberg acabou por ver o seu sonho cair por terra, a ficar em desvantagem aos 53 minutos, antes de Paolo Capra elevar para 2-0, aos 83. Houve ainda mais um tento para cada lado, mas foram mesmo os italianos a seguir para a final.

No Grupo B as decisões foram mais fáceis e René Logie deu cartas na clara vitória do Ligue du Maine por 8-3 sobre o Szabolcs, debaixo de muito calor, em Wangen, antes de a formação gaulesa levar também de vencida a turma de Geyazan, por 4-2. Na derradeira jornada, a equipa da Ligue du Maine encontrava-se a perder por 1-0 frente aos holandeses de District Noord quando uma enorme tempestade se abateu sobre o local do encontro, Friedrichshafen, o que levou à sua suspensão. O resultado que se verificava no momento foi então considerado o oficial, o que não impediu os franceses de seguirem para a final.

Cerca de mil espectadores estiveram presentes no Albstadion, em Heidenheim, para a final, a 28 de Junho, onde a turma da Ligue du Maine, que possuía excelentes jogadores, como o médio criativo Anthony Guyard e o ponta-de-lança Jonas Missaye, era apontada como favorita para levar a melhor sobre os representantes de Itália, que tinham como jogador de maior destaque Michele Del Vecchio. Mas o favoritismo acabou por ser contrariado, num encontro em que Paolo Borgna, que tinha falhado grande parte do torneio devido a compromissos profissionais em Turim e voado para a Alemanha apenas na véspera da final, marcou por duas vezes no espaço de cinco minutos, ainda na primeira parte.

Piemonte manteve a formação francesa sob controlo durante grande parte do encontro, mas Missaye desperdiçou uma excelente oportunidade para reduzir a desvantagem da sua equipa e recolocá-la na discussão do resultado, antes de o suplente Farid Kharraz marcar mesmo aos 83 minutos o tento que reavivou a esperança gaulesa em chegar ao título. No entanto, desfecho não sofreu mais alterações e, pela segunda vez na história da Taça das Regiões, o título rumou a Itália. E, em jeito de aviso para a formação amadora de Malopolska, anfitriã em 1995, esta foi a primeira ocasião em que a equipa da casa não conseguiu erguer o troféu.

https://pt.uefa.com/regionscup/history/season=2003/index.html#2003+borgna+vitoria+piemonte