O "site" oficial do futebol europeu

2001: Macala, o herói do Morávia

O guarda-redes de Moravia, Petr Macala, defendeu dois penalties e avançou ele mesmo para marcar outro no desempate.

2001: Macala, o herói do Morávia

O guarda-redes de Moravia, Petr Macala, defendeu dois penalties e avançou ele mesmo para marcar outro no desempate.

Os amadores italianos do Veneto aproveitaram o factor casa para conquistarem a primeira Taça das Regiões, sucesso que levou 35 federações nacionais a inscreverem equipas para a edição de 2001 da competição, na qual os oito finalistas saíram de nove mini-torneios e de um de um “play-off” entre os holandeses do District Midden e os jugoslavos do Vojvodina.

O Vojvodina impôs-se no “play-off” e passou à fase final, onde fez companhia no Grupo A aos croatas do Dalmatia, aos portugueses de Braga e aos espanhóis de Madrid, finalistas em 1999. O Central Morávia, que acolheu a prova, ficou no Grupo B na companhia das equipas da Bósnia-Herzegovina, da República da Irlanda e dos búlgaros do Plovdiv. O Central Morávia qualificou-se para a final e tirou o primeiro lugar do Grupo B ao Plovdiv, que triunfara nos dois primeiros jogos. Os checos bateram os búlgaros por 2-0 na última jornada, a 22 de Junho de 2001, tendo Gabriel David assinado os dois golos do encontro disputado em Kyjov.

O conjunto oriundo de Braga conseguiu vencer o equilibrado Grupo A, apesar de ter sido batido pelo Vojvodina por 3-0 na primeira jornada. A equipa treinada por António Oliveira iniciou a recuperação com um triunfo por 1-0 no duelo ibérico com Madrid, conseguindo na última ronda derrotar o Dalmatia por 3-0. A emotiva final realizou-se no Estádio Letná, em Zlin, a 24 de Junho de 2001 e a presença da equipa da casa levou três mil espectadores às bancadas.

David colocou o Central Morávia em vantagem aos 12 minutos, mas Vitor Teixeira Ferreira respondeu com o golo do empate aos 54 minutos. Maurício Faris De Freitas consumou a reviravolta da equipa portuguesa, aos 83 minutos, golo que parecia condenar a equipa da casa à derrota. Contudo, Michal Svach manteve a calma e converteu uma grande penalidade para os checos no quarto minuto do período de compensação, levando o jogo para prolongamento, onde nenhuma das equipas conseguiu marcar. O guarda-redes do Central Morávia, Petr Macala, foi o grande herói do desempate ao defender duas tentativas e converter um pontapé, revelando-se decisivo para o triunfo da equipa treinada por Lubomír Blaha. Kamil Matula marcou o derradeiro penalty e os checos conquistaram o título ao se imporem por 4-2.

http://pt.uefa.com/regionscup/history/season=2001/index.html#2001+macala+heroi+moravia