O "site" oficial do futebol europeu

Guus Hiddink

Publicado: Domingo, 1 de Novembro de 2009, 16.57CET
Chelsea FC
Guus Hiddink
Guus Hiddink já conta com duas passagens pelo Chelsea ©Getty Images
Publicado: Domingo, 1 de Novembro de 2009, 16.57CET

Guus Hiddink

Chelsea FC

Data de nascimento: 8 de Novembro de 1946
Nacionalidade: Holandesa
Carreira como jogador: SC Varsseveld, De Graafschap (três vezes), PSV Eindhoven, Washington Diplomats, San Jose Earthquakes, NEC Nijmegen
Carreira como treinador: De Graafschap, PSV Eindhoven (adjunto), PSV Eindhoven (duas vezes), Fenerbahçe SK, Valencia CF, Holanda (duas vezes), Real Madrid CF, Real Betis Balompié, Coreia do Sul, Austrália, Rússia, Chelsea FC (duas vezes), Turquia, FC Anji Makhachkala

• Hiddink terminou a sua carreira de jogador e iniciou o percurso de técnico no De Grafschaap, em 1982, mas só se notabilizou como treinador em 1987/88, quando, na sua primeira época completa, levou o PSV Eindhoven à conquista da Eredivisie, Taça da Holanda e Taça dos Clubes Campeões Europeus.

• Continuou por mais dois anos antes de emigrar para o dirigir, primeiro, o Fenerbahçe e, depois, o Valência, onde esteve até se tornar, em 1995, seleccionador da Holanda. Manteve-se no cargo mesmo após uma decepcionante campanha no EURO ‘96 e conduziu os "oranje" às meias-finais do Mundial 1998.

• Ingressou no então campeão europeu Real Madrid após o Mundial, mas não esteve muito tempo na capital espanhola. Ressurgiu, um ano depois, no Bétis de Sevilha. No entanto, foi no seu posto seguinte, como seleccionador da Coreia do Sul, que relançou a sua carreira, ao surpreendentemente levar os coreanos até as meias-finais do Mundial 2002, que organizavam.

• Regressou à Holanda para uma segunda passagem pelo PSV, onde conquistaria mais três títulos da Eredivisie nos quatro anos que se seguiram, elevando o seu registo total para seis campeonatos em duas passagens pelo clube, assim como obrigou o AC Milan a uma meia-final emocionante na UEFA Champions League de 2004/05.

• Voltou às fases finais dos Mundiais em 2006, levando a Austrália aos oitavos-de-final e, de seguida, tornou-se no primeiro seleccionador estrangeiro da Rússia, que conduziu em grande estilo até às meias-finais do UEFA EURO 2008™, proeza que já não conseguirá no Mundial 2010, após uma surpreendente derrota no "play-off" contra a Eslovénia. A partir da Primavera de 2009, foi treinador interino do Chelsea até final daquela temporada, pelo qual conquistou a Taça de Inglaterra, e assumiu a selecção da Turquia em Fevereiro de 2010.

• Perdeu frente à Croácia no "play-off" do UEFA EURO 2012, antes de passar 18 meses como treinador do Anzhi Makhachkala FC, o qual conduziu aos oitavos-de-final da UEFA Europa League 2012/13. Em Março de 2014, foi confirmado que sucederia a Louis van Gaal como seleccionador da Holanda após o Campeonato do Mundo de 2014. Deixou o comando da selecção após uma fase de qualificação para o EURO 2016 desapontante, regressando ao Chelsea para substituir José Mourinho, em Dezembro de 2015, num contrato válido por seis meses. 

Última actualização: 05-01-16 11.09CET

Informação relacionada

Perfis dos treinadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/news/newsid=946771.html#guus+hiddink

Especiais UEFA.com

Treinadores com melhor percentagem de vitórias na Champions League
  • Treinadores com melhor percentagem de vitórias na Champions League
  • Mundo do futsal rendido a Ricardinho
  • Futsal EURO até agora: técnica, emoção e paixão
  • Veja mais um golo incrível de Ricardinho
  • Veja os melhores golos da fase de grupos do Futsal EURO
  • Fase de grupos da UEFA Futsal EURO em fotos
  • Veja o golo de calcanhar de Patias pela Itália
  • Veja o fantástico golo de Ricardinho no Futsal EURO
  • Futsal EURO: O melhor até agora
  • Como será o Shakhtar sem Alex Teixeira?
1 de 10