O "site" oficial do futebol europeu

Feitos, pontapés acrobáticos e pechinchas

Publicado: Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2013, 9.00CET
O habitual de Cristiano Ronaldo, um golo bizarro de Ricardo Fernandes, feitos para David Moyes e Olivier Deschacht e a maldição dos penalties do Anderlecht estão na revista da semana do UEFA.com.
Feitos, pontapés acrobáticos e pechinchas
Guillaume Gillet num jogo do Anderlecht na UEFA Champions League ©Getty Images

Especiais UEFA.com

Goleadores mais jovens da Europa
  • Goleadores mais jovens da Europa
  • Guingamp mostra atrevimento no Grupo K
  • Treinadores famosos na UEFA Youth League
  • Jogadores que brilharam no Inter e no Milan
  • Masterclass: Guia de Petr Čech para guarda-redes
  • Equipas sem derrotas: clubes da Europa invictos nas ligas
  • Dez coisas que não sabia sobre o Dínamo Moscovo
  • Alemanha - Espanha: Confrontos no EURO
  • Escolhas da Semana do Futebol
  • Melhores marcadores no EURO
1 de 10
Publicado: Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2013, 9.00CET

Feitos, pontapés acrobáticos e pechinchas

O habitual de Cristiano Ronaldo, um golo bizarro de Ricardo Fernandes, feitos para David Moyes e Olivier Deschacht e a maldição dos penalties do Anderlecht estão na revista da semana do UEFA.com.

Equipa: Árbitros da UEFA
Os cursos de Inverno de árbitros da UEFA realizaram-se em Roma esta semana e incluíram uma estreia histórica. Os melhores árbitros e árbitras reuniram-se pela primeira vez num evento da UEFA, com os primeiros a prepararem o retomar da acção na UEFA Champions League e UEFA Europa League. Entretanto, as homólogas femininas preparam a participação na UEFA Women's Champions League e, para algumas, o UEFA Women's EURO 2013.

Este novo passo dado pelo órgão europeu foi acolhido com vários elogios. "A presença das árbitras é um feito para a UEFA", afirmou o responsável pela arbitragem da UEFA, Pierluigi Collina. "Estou particularmente convicto de que se trata de uma boa iniciativa, já que o futebol feminino, e por consequência a arbitragem feminina, estão a tornar-se cada vez mais importantes."

Jogador: Cristiano Ronaldo (Real Madrid CF)
Autor de 46 golos na Liga espanhola na época passada, a sua melhor marca pessoal, o avançado português lançou um sério aviso às defesas espanholas, após facturar um "hat-trick" no espaço de dez minutos, na goleada de 4-0 imposta pelo Real ao Getafe CF, no domingo.

"Quero bater os meus próprios recordes da época passada e ser melhor jogador do que era na altura", disse o português dos "merengues". O primeiro golo de Ronaldo no derby madrileno foi o seu 300º a nível de clubes, com o "hat-trick" a permitir-lhe atingir os 100 golos no Santiago Bernabéu, em apenas 87 jogos.

Golo: Ricardo Fernandes (Doxa Katokopia FC)
O antigo médio de FC Porto, Sporting Clube de Portugal e FC Metalurh Donetsk fez uma inesperada candidatura a golo do ano com uma extraordinária improvisação no empate 2-2 com o Alki Larnaca FC, na segunda-feira, na Primeira Divisão de Chipre (ao 1,12 minutos deste vídeo oficial da Federação Cipriota de Futebol (KOP/CFA)). Jorge Troiteiro cruzou da esquerda e Ricardo Fernandes, de 34 anos, efectuou um bizarro pontapé de escorpião, fazendo a bola passar por cima do guarda-redes Antonis Giorgallides. "Foi verdadeiramente um golo sensacional", disse o autor e capitão de equipa no Doxa. "Nunca me canso de ver as repetições. É preciso um pouco de sorte para marcar um golo como este."

Número: 500
David Moyes dirigiu o seu 500º jogo como treinador do Everton FC no fim-de-semana passado, frente ao Bolton Wanderers FC, na quarta eliminatória da Taça de Inglaterra. Um golo tardio do defesa John Heitinga, o seu primeiro desde a última jornada da época passada, garantiu um feito comemorado com sucesso para o homem que guiou o clube de Merseyside ao sétimo lugar, ou superior, em sete das oito épocas completas no clube.

"Antes do jogo, li no programa que nos últimos 11 anos só por duas vezes terminámos na segunda metade da Premier League, por isso melhorámos enquanto clube e crescemos", disse o técnico natural de Glasgow.

Citação
"Estou muito orgulhoso pelo meu 300º jogo no campeonato. Neste tempo de dinheiro e transferências, é raro um jogador disputar 300 jogos pelo mesmo clube. Mas sou uma pessoa fiel. A minha mulher também adorará ouvir isso."
O defesa do RSC Anderlecht, Olivier Deschacht, de 31 anos, revela a sua fidelidade no casamento, após cumprir o 300º jogo de campeonato pelo clube de Bruxelas.

Maldição: RSC Anderlecht
Na quarta-feira, o Anderlecht venceu o KRC Genk por 1-0, na primeira mão das meias-finais da Taça da Bélgica, em casa, com um golo de Milan Jovanović. No entanto, grande parte da conversa que se seguiu após o apito final centrou-se em Guillaume Gillet, cujo penalty foi defendido por László Köteles, do Genk, em tempo de compensação da primeira parte. Foi o terceiro penalty falhado pelo médio esta época, na qual o líder da Primeira Liga belga converteu apenas seis de 15 castigos máximos.

"Nunca tinha visto nada assim em toda a minha carreira e espero nunca mais viver algo assim", disse o treinador do Anderlecht, John van den Brom. "Sempre que temos um penalty, toda a gente presente no estádio pensa: 'Oh não'. E eu penso o mesmo."

Maravilha invernal: Arik Benado (Maccabi Haifa FC)
Nomeado em Novembro para substituir Reuven Atar, com o clube no 13º lugar do campeonato israelita (a 14 equipas), o treinador Benado operou uma incrível reviravolta no Maccabi Haifa. Nove vitórias e dois empates nos 11 jogos do técnico de 39 anos ajudaram os "verdes" a disparar rumo ao segundo lugar, apenas cinco pontos atrás do líder Maccabi Tel-Aviv FC.

"O meu primeiro objectivo era estabilizar o sistema", disse Benado, antigo defesa-central que detém o recorde de participações de um jogador israelita na primeira divisão do país (568) e de jogos pela selecção (94). "Tive que me certificar que os jogadores percebiam que o lugar do Maccabi Haifa é no topo. Talvez não esperasse que a mudança fosse tão drástica, mas tinha esperança."

O defesa Dekel Keinan, de regresso ao clube após dois anos na Grã-Bretanha, acrescentou: "Se queremos ser campeões precisamos de jogar mais e falar menos sobre isso. Não temos medo da palavra 'campeonato', mas não nos tornamos mais candidatos só pelo facto de a pronunciarmos."

Transferência a custo zero: Antonis Petropoulos (AEK Athens FC)
Após o frenesim típico do último dia do mercado de Inverno, convém recordar – talvez – que as melhores coisas da vida são de graça. Incapaz de ganhar a titularidade em cinco anos passados no Panathinaikos FC, o avançado Petropoulos foi dispensado e imediatamente assinou pelo AEK, um gigante ferido que ocupa o último lugar da Superliga grega, com apenas três vitórias nos 15 primeiros jogos. No entanto, desde que se estreou, na derrota por 3-1 com o Asteras Tripolis FC, no início de Janeiro, marcou nos três jogos seguintes do AEK, ajudando a somar sete pontos que permitiram ao clube – que nunca desceu de divisão – subir ao 12º posto, num campeonato a 16 equipas.

"Nem quero ouvir falar na palavra 'descida' – trata-se do AEK, nem consigo imaginar o campeonato sem o AEK", disse Petropoulos, que festejou o seu 27º aniversário na segunda-feira. "Agora sinto-me melhor de cada vez que entro em campo, porque represento um clube que acredita em mim. Não tenho nada a provar. Sei quem sou e dou sempre o máximo."

Última actualização: 01-02-13 13.07CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=1915486.html#feitos+pontapes+acrobaticos+pechinchas

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA, o logótipo da UEFA e todas as marcas relativas às competições da UEFA estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.