O "site" oficial do futebol europeu

Deslocações difíceis para trio de ilustres

Publicado: Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2013, 10.00CET
Manchester United, PSG e Real Madrid têm deslocações complicadas, num fim-de-semana marcado por jogo grande na Holanda, enquanto o Porto defronta a equipa-sensação em Portugal.
Deslocações difíceis para trio de ilustres
Jermain Defoe e Michael Carrick na vitória dos "spurs" em casa do United, em 2012 ©Getty Images

Especiais UEFA.com

Melhores golos de Messi na UEFA Champions League
  • Melhores golos de Messi na UEFA Champions League
  • Melhores golos de Ronaldo na UEFA Champions League
  • Buffon cumpre 500 jogos pela Juve
  • Melhores marcadores da UEFA Youth League
  • Real Madrid mais forte que o Barcelona
  • Factos e números da UEFA Europa League
  • Onde classifica o golo de Lamela na Europa League?
  • Chuva de golos: O melhor da terceira jornada
  • Penalties: Como marcá-los e onde colocar a bola
  • Roma em ascensão impressiona Alonso
1 de 10
Publicado: Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2013, 10.00CET

Deslocações difíceis para trio de ilustres

Manchester United, PSG e Real Madrid têm deslocações complicadas, num fim-de-semana marcado por jogo grande na Holanda, enquanto o Porto defronta a equipa-sensação em Portugal.

Alemanha: Bayer 04 Leverkusen-Eintracht Frankfurt (sábado, 14h30)
Quando o Leverkusen, segundo classificado, receber o Eintracht, quarto da tabela classificativa da Bundesliga, frente-a-frente estarão duas equipas que estão a exceder as próprias expectativas para a presente época. O Eintracht começou mesmo a dar sinais de que esta poderia ser uma temporada prometedora com um triunfo por 2-1 sobre o seu adversário deste sábado, logo na primeira jornada da prova.

"A segunda metade da época vai ser mais complicada para nós", alertou o treinador dos visitantes, Armin Veh, que viu os seus pupilos somarem os mesmos pontos (30) que os conseguidos pelo campeão em título, o Borussia Dortmund, nos 17 jogos já disputados. "A nossa equipa mantém a mesma perspectiva. O primeiro objectivo continua a ser evitar a descida de escalão e, para já, é para isso que jogamos. Vamos abordar todos os jogos de forma a atingirmos os 40 pontos o mais depressa possível. Quando alcançarmos a meta, poderemos começar a falar sobre o futuro."

Portugal: FC Porto-FC Paços de Ferreira (sábado, 20h15)
Depois do empate 2-2 no terreno do líder SL Benfica, no fim-de-semana passado, o Porto, a três pontos do rival e com menos um jogo, tem novo teste difícil no Estádio do Dragão frente à equipa-sensação da Liga portuguesa. Quarto classificado e somente com uma derrota em 14 jornadas, em casa frente ao Benfica (2-1), a 28 de Setembro, o Paços de Paulo Fonseca apresenta duas derrotas nos 23 jogos oficiais disputados na presente época em todas as provas: além do referido desaire ante os "encarnados", saiu derrotado da visita ao reduto do Sporting Clube de Portugal (1-0) na Taça da Liga, na semana transacta.

"É uma equipa com qualidade, está a fazer uma grande época, é bem orientada e tem bons jogadores", afirmou Vítor Pereira, treinador do Porto, único representante de Portugal nos oitavos-de-final da UEFA Champions League. "Estamos conscientes do valor do adversário. O campeonato está competitivo e não se pode facilitar minimamente." Para o encontro de sábado, Pereira tem quatro jogadores indisponíveis: James Rodríguez e Kléber debelam lesões numa coxa, enquanto Christian Atsu está ao serviço da selecção do Gana na Taça das Nações Africanas e Juan Iturbe na de Sub-10 da Argentina.

Itália: ACF Fiorentina-SSC Napoli (domingo, 11h30)
Após ter terminado o ano de 2012 com três vitórias consecutivas, a ACF Fiorentina iniciou 2013 com outras tantas derrotas. Batido na Serie A pelo Pescara Calcio e pela Udinese Calcio, a formação "viola" viu-se eliminada da Taça de Itália pela AS Roma, a meio da semana. A busca pela redenção começa, agora, frente a um Nápoles que se encontra duas posições acima na tabela classificativa, no terceiro posto, com mais cinco pontos. "Está a faltar-nos um pouco de sorte", salientou o médio Alberto Aquilani, da Fiorentina. "Continuamos a praticar um bom futebol, mas algo parece correr mal sobre o relvado. Temos de conseguir reagir rapidamente e o jogo com o Nápoles constitui uma ocasião perfeita para mostrarmos a nossa qualidade."

Holanda: AFC Ajax-Feyenoord (domingo, 13h30)
A Liga holandesa regressa depois da paragem de Inverno e logo com o De Klassieker (o clássico), que colocará frente-a-frente o terceiro e o quarto da classificação, ambos com 37 pontos somados até ao momento, menos três que os actuais líderes, PSV Eindhoven e FC Twente. A jovem formação do Feyenoord, treinada por Ronald Koeman, está a provar que o segundo lugar obtido na última época não foi fruto do acaso, à partida para dois encontros onde poderá mostrar se tem, de facto, credenciais para lutar pelo título. Depois da visita a Amesterdão, seguir-se-á, no próximo fim-de-semana, a recepção ao Twente.

"Só estamos a três pontos da liderança, apesar dos milhões gastos pelo PSV e Twente", destacou o médio Jordy Clasie, da formação de Roterdão. "Estamos a mostrar até onde se pode chegar com jogadores vindos da academia de formação quando estes têm tempo para se desenvolver. O PSV e o Twente podem ter os melhores jogadores, mas nós temos a melhor equipa."

Inglaterra: Tottenham Hotspur FC-Manchester United FC (domingo, 16h00)
Gareth Bale citou o surpreendente triunfo do Tottenham em Old Trafford, por 3-2, em Setembro, como a rampa de lançamento do clube londrino rumo a um lugar de acesso à UEFA Champions League. Bale, autor de um fantástico golo após jogada individual nesse encontro, afirmou: "Essa vitória colocou-nos no bom caminho. Deu-nos confiança para fazermos o que temos vindo a fazer até ao momento nesta temporada."

Nova vitória, agora em White Hart Lane, poderá revelar-se muito importante para a formação orientada por André Villas-Boas na perseguição ao Chelsea FC, actual terceiro classificado, com mais dois pontos do que o Tottenham. Por seu lado, o United, que venceu nove dos dez últimos jogos que disputou na Liga inglesa, não perde os dois embates da temporada frente ao "spurs" desde 1989/90.

Espanha: Valencia CF-Real Madrid CF (domingo, 20h00)
Se recordarmos como estava a tabela classificativa por esta altura da época na temporada passada, percebemos que tanto o Valência como o Real, que acabaria por se sagrar campeão, estavam bem melhor do que estão actualmente. Então líderes, à frente de FC Barcelona e do seu adversário desde domingo, os "merengues" encontram-se, esta época, no terceiro posto, a 18 pontos do topo da classificação, à partida para a visita ao terreno daquele que esta temporada é, apenas, o actual sétimo classificado.

"Com as exibições que temos vindo a realizar na Liga espanhola esta época, percebemos por que razão as pessoas nos têm tecido tantas críticas", reconheceu o capitão do Real, Iker Casillas. "Vencer o campeonato é, obviamente, pedir muito nesta altura, mas, por nós, pelos nossos adeptos e pelo emblema que ostentamos ao peito, cabe-nos lutar até ao fim."

França: FC Girondins de Bordeaux-Paris Saint-Germain FC (domingo, 20h00)
Depois de não ter ido além de um nulo na recepção ao AC Ajaccio, no passado fim-de-semana, o Paris Saint-Germain FC vai procurar agora redimir-se diante do quarto classificado, o Bordéus, que não perde há oito jogos. A turma parisiense, segunda da tabela classificativa, não vai poder contar com a ajuda do castigado Thiago Motta na tentativa de somar a sua primeira vitória no Stade Chaban-Delmas desde 2005 e, assim, manter-se firme na perseguição ao Olympique Lyonnais, que lidera a classificação com dois pontos de avanço.

Alex, elemento fulcral da defesa do PSG, que não sofreu qualquer golo nos últimos cinco jogos disputados na Liga francesa, afirmou: "Sabemos que os jogos contra o Bordéus nunca são fáceis. Trata-se de uma equipa que defende muito bem e que é extremamente perigosa no contra-ataque."

Última actualização: 19-01-13 19.25CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=1912369.html#deslocacoes+dificeis+para+trio+ilustres

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA, o logótipo da UEFA e todas as marcas relativas às competições da UEFA estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.