O "site" oficial do futebol europeu

Chelsea na final do Mundial de Clubes

Publicado: Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012, 13.24CET
O Chelsea vai defrontar o Corinthians na final do Mundial de Clubes, no domingo, depois de ter vencido os mexicanos do Monterrey nas meias-finais, por 3-1, esta quinta-feira.
Chelsea na final do Mundial de Clubes
Juan Mata faz a festa depois de inaugurar o marcador ©AFP

Especiais UEFA.com

Alcácer aponta à glória do Valência
  • Alcácer aponta à glória do Valência
  • Marchisio motivado para meia-final com o Benfica
  • Lozano: Barcelona pronto para ser campeão de novo
  • Sergeev procura desforrar-se do Kairat
  • Vénia a Bale e a El Haddadi
  • Final da Taça UEFA Futsal 2002: Onde tudo começou
  • Caminhada para as meias-finais
  • Meia-final entre Bayern e Real Madrid de 2012
  • Kellermann explica ascensão do Wolfsburgo
  • Real e Barça divididos pela história na Taça de Espanha
1 de 10
Publicado: Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012, 13.24CET

Chelsea na final do Mundial de Clubes

O Chelsea vai defrontar o Corinthians na final do Mundial de Clubes, no domingo, depois de ter vencido os mexicanos do Monterrey nas meias-finais, por 3-1, esta quinta-feira.

O Chelsea FC vai disputar domingo, com o SC Corinthians Paulista, a final do Campeonato do Mundo de Clubes, depois de esta sexta-feira ter batido por 3-1, nas meias-finais, em Yokohama, os mexicanos do CF Monterrey

Primeira formação londrina a disputar o título mundial de clubes, depois de ter conquistado a UEFA Champions League na última temporada, o Chelsea ganhou vantagem no encontro ainda na primeira parte, por intermédio de Juan Mata. Depois, nos primeiros três minutos do segundo tempo, um remate de Fernando Torres, desviado por um adversário, e um golo de Dárvin Chávez na própria baliza garantiram a passagem dos "blues" à final.

O Monterrey, que na última época conquistou pela segunda vez consecutiva a Champions League da CONCACAF, havia chegado às meias-finais após bater por 3-1 o representante da Ásia, o Ulsan FC, da Coreia do Sul, mas viu-se remetido à sua defesa desde o apito inicial frente a uma equipa do Chelsea que actuou com David Luiz no meio-campo. Mata, que também havia marcado nos seus primeiros jogos pelo Chelsea na Premier League, na Taça de Inglaterra e na UEFA Champions League, inaugurou o marcador à passagem do minuto 17, após boa jogada de entendimento entre Óscar e Ashley Cole.

O intervalo chegou com o resultado em 1-0, mas os campeões europeus depressa dilataram a sua vantagem no início da segunda parte. Tinham passado menos de 20 segundos após o reatamento quando Eden Hazard, com um passe atrasado, serviu Torres, com o espanhol a ver o seu remate sofrer ainda um desvio antes de entrar. Dois minutos mais tarde, Torres desmarcou Mata na direita e este cruzou para um desvio infeliz de Chávez, para dentro da própria baliza. Aldo de Nigris, já no período de compensação, apontou o golo de consolação da turma mexicana.

Mata afirmou: "Estou muito feliz com vitória e com a forma como a alcançámos, neste que é um torneio muito importante para nós. Queremos erguer o troféu e ser campeões do Mundo, no domingo."

O treinador do Chelsea, Rafael Benítez, vai assim lutar pela conquista da prova pela segunda vez em três anos, depois de ter guiado o FC Internazionale Milano à vitória em 2010, cinco anos depois de ter perdido frente ao São Paulo FC, então ao leme do Liverpool FC. O adversário, desta feita, será o Corinthians, actual detentor da Taça dos Libertadores, que na quarta-feira deixou pelo caminho o al-Ahly SC, campeão de África, com uma vitória por 1-0, graças a um golo solitário de José Paolo Guerrero, antigo avançado do FC Bayern München e do Hamburger SV.

Última actualização: 13-12-12 19.30CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=1906872.html#chelsea+final+mundial+clubes

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA, o logótipo da UEFA e todas as marcas relativas às competições da UEFA estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.