O "site" oficial do futebol europeu

Épinal nas nuvens após surpreender Lyon

Publicado: Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2013, 10.21CET
"Ainda não sei se é sonho, se realidade," afirmou o presidente do Épinal, Yves Bailly, após ver a equipa do terceiro escalão eliminar o Lyon nos 32 avos-de-final da Taça de França.
por Christian Châtelet
de Paris
Épinal nas nuvens após surpreender Lyon
Os jogadores do Épinal fazem a festa no balneário ©AFP
Publicado: Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2013, 10.21CET

Épinal nas nuvens após surpreender Lyon

"Ainda não sei se é sonho, se realidade," afirmou o presidente do Épinal, Yves Bailly, após ver a equipa do terceiro escalão eliminar o Lyon nos 32 avos-de-final da Taça de França.

O SAS Épinal venceu apenas dois jogos esta temporada no terceiro escalão do futebol francês, mas graças a um triunfo emocionante conseguiu, este fim-de-semana, terminar com as aspirações do Olympique Lyonnais em defender com êxito o troféu da Taça de França, que havia conquistado na última época.

Diante dos sete mil espectadores que esgotaram por completo o Stade de la Colombière, o Lyon disputava o seu primeiro jogo na Taça desde a vitória sobre o US Quevilly, no Stade de France, em Abril último. Como o ponta-de-lança Bafétimbi Gomis acabou por admitir, o Lyon "pagou caro o mau arranque de encontro", apesar de ainda ter conseguido dar a volta a uma desvantagem de dois golos, e acabou eliminado nos penalties, após um empate 3-3.

Tristan Boubaya deu, de cabeça, aos 11 e aos 14 minutos, o melhor seguimento a dois pontapés de canto cobrados por Romain Chouleur, oferecendo assim uma vantagem de dois golos a um Épinal que nunca foi além do segundo escalão do futebol gaulês. No espaço de sete minutos, porém, Gomis e Gueïda Fofana restabeleceram a igualdade, antes de um penalty de Lisandro colocar o Lyon na frente. Mas Chouleur assistiu, depois, Valentin Focki para o 3-3 e a decisão do encontro seguiu mesmo para o prolongamento. O Lyon acertou por duas vezes nos postes nos 30 minutos extra, mas foi necessário recorrer ao desempate por pontapés da marca de grande penalidade para encontrar o vencedor. Bakary Koné e Fofana falharam e Famara Diedhiou converteu com êxito o penlaty que selou o apuramento do Épinal.

"Ainda não sei se é um sonho realidade", afirmou o presidente do Épinal, Yves Bailly, enquanto o treinador da equipa, Fabien Tissot, descreveu o feito como "gigantesco e merecido". E acrescentou: "Achámos que não valia a pena subir ao relvado apenas para defender." Do lado do Lyon, Michel Bastos elogiou: "É uma equipa que nos conseguiu surpreender. Há que lhes dar todo o mérito."

Com um sexto lugar no segundo escalão, em 1977/78, como a sua melhor classificação de sempre e tendo agora igualado a sua melhor campanha na Taça de França, ao atingir os 16 avos-de-final, o Épinal poderá continuar a fazer história quando, dentro de duas semanas, medir forças com outro anterior vencedor da prova, o FC Nantes.

Última actualização: 07-01-13 16.22CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/memberassociations/association=fra/news/newsid=1910419.html#epinal+nuvens+apos+surpreender+lyon

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA, o logótipo da UEFA e todas as marcas relativas às competições da UEFA estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.