O "site" oficial do futebol europeu

Bradford "sem palavras" após qualificação para a final

Publicado: Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013, 10.27CET
Phil Parkinson descreveu a caminhada do Bradford City, do quarto escalão, até à final da Taça da Liga inglesa como algo "impossível de explicar por palavras", com o clube a realizar um sonho.
Bradford "sem palavras" após qualificação para a final
Os jogadores do Bradford comemoram a eliminação do Aston Villa no final do encontro ©Getty Images
Publicado: Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013, 10.27CET

Bradford "sem palavras" após qualificação para a final

Phil Parkinson descreveu a caminhada do Bradford City, do quarto escalão, até à final da Taça da Liga inglesa como algo "impossível de explicar por palavras", com o clube a realizar um sonho.

Os responsáveis do Bradford City AFC ficaram sem palavras depois de afastarem o Aston Villa FC, com um total de 4-3, e garantirem a presença na final da Taça da Liga inglesa.

O Bradford, que tinha vencido por 3-1 em casa na primeira mão, esteve a perder na terça-feira com o Villa, que disputa a Premier League, mas resistiu à pressão e tornou-se na primeira equipa do quarto escalão a atingir a final da Taça da Liga inglesa em 51 anos. Há pouco mais de uma década o Bradford militava na Premier League, mas conseguiu contrariar as expectativas e deixou pelo caminho três clubes da Premiership - Wigan Athletic FC, Arsenal FC e Villa – rumo à final em Wembley.

"É uma noite muito especial para este clube", destacou Phil Parkinson, treinador do Bradford. "Afirmámos antes do jogo que estávamos prestes a fazer história e foi isso que aconteceu. É uma noite especial para todos aqueles que estão ligados ao clube -adeptos, jogadores e as famílias que assistiram ao jogo nas bancadas - são momentos que nunca mais vamos esquecer. Disseram-se que nas últimas semanas fomos notícia na China, Brasil, Rússia e Austrália. É fantástico que todos falem no Bradford City."

Embora Christian Benteke tenha colocado o Villa em vantagem nas West Midlands, James Hanson tranquilizou os visitantes com o golo do empate aos dez minutos do segundo tempo. "Não consigo acreditar", confessou o jogador de 25 anos, que não pôde treinar nos dez dias anteriores a este encontro devido a uma fractura num dedo do pé. "Sentimos algumas dificuldades na primeira parte e parecia que seria ser muito complicado, mas estivemos tranquilos no segundo tempo."

Conteúdos relacionados
Disseram-se que nas últimas semanas fomos notícia na China, Brasil, Rússia e Austrália. É fantástico que todos falem no Bradford City
Phil Parkinson
Sentimos algumas dificuldades na primeira parte e parecia que seria ser muito complicado, mas estivemos tranquilos no segundo tempo
James Hanson
Última actualização: 23-01-13 12.57CET

Informação relacionada

Federações membro
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/memberassociations/association=eng/news/newsid=1913428.html#bradford+sem+palavras+apos+qualificacao+para+final

  • © 1998-2014 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA, o logótipo da UEFA e todas as marcas relativas às competições da UEFA estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.