O "site" oficial do futebol europeu

História e procedimento

O Prémio Melhor Jogadora da UEFA foi entregue pela primeira vez em 2013.
História e procedimento
Célia Šašić com o prémio relativo à época 2014/15 ©Getty Images for UEFA
Publicado: Sábado, 1 de Agosto de 2015, 17.23CET

O Prémio Melhor Jogador da UEFA foi criado em parceria com a European Sports Media, tendo a versão feminina surgido em 2013. Reconhece a melhor jogadora, independentemente da sua nacionalidade, a representar clubes filiados em federações nacionais filiadas na UEFA durante a época passada.

As jogadoras são avaliadas consoante as respectivas prestações durante a época de 2014/15 – em todas as competições, e a nível de clubes, assim como de selecções nacionais – por um júri composto por 18 jornalistas, cada um deles especializado na cobertura do futebol feminino, e seleccionado pelo grupo European Sports Media (ESM).

Primeira ronda de votações
Os treinadores das equipas quarto-finalistas da UEFA Women's Champions League e os seleccionadores das selecções femininas dos países filiados na UEFA que disputam o apuramento para o respectivo Mundial elaboram uma lista com as suas cinco jogadoras eleitas, atribuindo votos de um cinco, com a melhor jogadora a recolher cinco pontos, a segunda melhor a somar quatro e assim sucessivamente. As dez jogadoras mais votadas foram, depois, seleccionadas para uma segunda ronda de votações (ou mais, no caso de um empate pelo décimo lugar).

Segunda ronda de votações
As três mais votadas pelo júri de 18 jornalistas foram seleccionadas para uma ronda final.

Ronda final de votações
A derradeira votação teve lugar a 27 de Agosto, no Mónaco, durante a cerimónia da fase de grupos da UEFA Champions League, quando o mesmo painel de jornalistas votará ao vivo, através de um sistema electrónico, assim decidindo a vencedora.

História
O Prémio Melhor Jogador da UEFA substituiu o Prémio Futebolista de Clube do Ano, que teve Diego Milito, então no FC Internazionale Milano, como derradeiro vencedor, em 2010. Esse prémio fazia parte dos UEFA Football Club Awards – que também incluíam distinções para os melhores guarda-redes, defesa, médio, avançado e treinador – e que era entregue no Mónaco, a cada Agosto desde 1998. O prémio feminino foi introduzido em 2013, com a alemã Nadine Angerer como primeira vencedora.

Última actualização: 26-06-17 12.05CET