Futebol europeu apoia diversidade, inclusão e acessibilidade

Os clubes europeus e os seus jogadores uniram forças à UEFA e à rede Fare na promoção da diversidade, inclusão e acessibilidade no futebol, conferindo o seu apoio à campanha pela erradicação da discriminação na modalidade.

©UEFA

O futebol europeu de clubes ao mais alto nível uniu-se numa impressionante demonstração de apoio à inclusão, diversidade e acessibilidade neste desporto.

As estrelas do Real Madrid perfiladas junto às crianças com camisolas alusivas à campanha
As estrelas do Real Madrid perfiladas junto às crianças com camisolas alusivas à campanha©UEFA

Nos jogos da UEFA Champions League, UEFA Europa League e UEFA Women’s Champions League, os clubes e as suas estrelas sublinharam o apoio à extensa campanha para livrar o futebol da discriminação e da exclusão. 

As actividades levadas a cabo nesta plataforma de enorme visibilidade que é o futebol europeu fizeram parte das semanas de acção das Pessoas do Futebol da rede Fare, as quais têm decorrido por todo o continente europeu desde o início de Outubro.

Arjen Robben, do Bayern Munich, demonstra o seu apoio à causa
Arjen Robben, do Bayern Munich, demonstra o seu apoio à causa©Getty Images

Os adeptos nos estádios espalhados por toda a Europa tiveram oportunidade de ver vídeos alusivos à campanha nos ecrãs gigantes dos estádios. Foram realizados anúncios nos altifalantes dos recintos e as crianças que acompanharam as equipas na subida aos relvados envergaram camisolas com a mensagem #EqualGame, deixando bem vincado que a discriminação não tem lugar no futebol. 

As equipas perfilaram-se juntamente com os árbitros antes do início dos jogos para fotos de grupo junto de placares com a hashtag #EqualGame. Um editorial de promoção das semanas de acção das Pessoas do Futebol surgiu em todos os programas de jogo.

Os jogadores da Juventus e as crianças com camisolas alusivas à campanha à saída do túnel
Os jogadores da Juventus e as crianças com camisolas alusivas à campanha à saída do túnel©UEFA

Os clubes europeus tiraram ainda partido dos seus próprios canais de comunicação e redes sociais para sublinharem o seu total apoio a estas semanas de acção da rede Fare – descritas pelo presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, como “o maior movimento para a transformação social através do futebol na Europa.” 

O principal objectivo das semanas de acção das Pessoas do Futebol passa por travar a discriminação no futebol, bem como desenvolver novas ideias e práticas no combate à exclusão. Foram muitas as actividades realizadas em mais de 50 países espalhados por todo o mundo.

Wolfsburgo e Club Atlético de Madrid unidos em defesa da causa antes de um jogo da UEFA Women's Champions League
Wolfsburgo e Club Atlético de Madrid unidos em defesa da causa antes de um jogo da UEFA Women's Champions League©Getty Images

A estreita parceria de longa data da UEFA com a Fare teve início em 2001. As semanas de acção das Pessoas do Futebol combinam na perfeição com os objectivos da nova campanha #EqualGame da UEFA, a qual procura promover a inclusão, a diversidade e a acessibilidade de todas as pessoas ao futebol. Várias estrelas de topo das competições europeias de clubes conferiram o seu apoio a esta campanha. 

Jovens raparigas com camisolas #EqualGame
Jovens raparigas com camisolas #EqualGame©UEFA

A #EqualGame nasceu a partir da anterior iniciativa "Não ao Racismo" da campanha RESPEITO da UEFA. A UEFA continua totalmente empenhada na luta contra o racismo e alargou agora as suas actividades de forma a abranger todos os aspectos ligados à inclusão, como a etnia, género, idade, orientação sexual ou crença religiosa.