Mensagem pela diversidade e respeito em Skopje

Numa iniciativa da Fundação da UEFA para as Crianças, jovens com deficiências auditivas vão interpretar uma música dos Coldplay em linguagem gestual em conjunto com um coro infantil antes do jogo da SuperTaça Europeia em Skopje.

Jogadores do Real Madrid com crianças surdas no estádio em Skopje
Jogadores do Real Madrid com crianças surdas no estádio em Skopje ©UEFA

Uma mensagem de tolerância, solidariedade e inclusão social vai ser enviada a crianças vulneráveis antes do jogo da SuperTaça Europeia da UEFA em Skopje, na terça-feira, no âmbito do papel activo da Fundação da UEFA para as Crianças.

Antes do pontapé de saída entre Real Madrid e Manchester United, um grupo de 19 jovens portadores de deficiências auditivas da DUCOR Partenija Zografski, uma escola pública local de educação e reabilitação, vai interpretar a música "A Sky Full of Stars", da banda britânica Coldplay, em Linguagem gestual, em conjunto com o coro infantil Falsetto, de Skopje.

Este espectáculo visa transmitir a mensagem que é importante integrar as crianças portadoras de deficiência na sociedade.

Real Madrid e Manchester United deram o seu apoio a esta iniciativa, ao aceitarem partilhar este palco único e ao ajudarem a promover a diversidade e o respeito. Os jovens tiveram a oportunidade de conhecer os jogadores de ambas as equipas antes da partida, na segunda-feira.

"Participar num evento como a cerimónia de abertura da SuperTaça Europeia seria um sonho tornado realidade para qualquer criança ou adolescente", destacou Viktorija Volak, professora da DUCOR Partenija Zografski. "Mas para estes adolescentes surdos, tem um significado ainda mais especial".

"É uma honra, é muito emocionante", acrescentou, "mas eles também querem mostrar todo o seu talento, agradecer à Fundação da UEFA para as Crianças por lhes ter dado esta oportunidade e transmitir, de forma natural, uma mensagem de igualdade, apesar das diferenças que existem entre todos nós."

"O futebol é uma linguagem universal e uma força inspiradora para a integração e para a positividade", destacou Pascal Torres, secretário-geral da Fundação da UEFA para as Crianças.

"Ao convidar estes jovens com dificuldades auditivas para actuarem perante uma audiência de milhões de pessoas", acrescentou Torres, "estamos a enviar a mensagem de que, quem quer que seja, independentemente da sua origem e de qualquer problema que tenha, todos têm um papel a desempenhar no mundo do futebol."

A cerimónia antes do início do encontro também vai contar com um espectáculo de danças tradicionais macedónias, Maleshevka e Kopachka, composto por 100 dançarinas de grupos folclóricos locais. As bandeiras gigantes com os símbolos de Real Madrid e Manchester United serão exibidas em campo por jovens do FK Vardar e voluntários locais.

Topo