Estilo de vida saudável promovido no Women's EURO 2017

O UEFA Women's EURO 2017 tem vindo a inspirar os adeptos a terem um coração saudável como objectivo através da prática de actividade física e do futebol.

Sarah Puntigam, da Áustria, apoiando a iniciativa "Corações Saudáveis" no EURO Feminino de 2017, na Holanda
Sarah Puntigam, da Áustria, apoiando a iniciativa "Corações Saudáveis" no EURO Feminino de 2017, na Holanda ©UEFA.com

Adeptos e funcionários que se deslocam para os jogos do UEFA Women's EURO de 2017, na Holanda, aumentaram a saúde do seu coração ao caminhar e andar de bicicleta quase 2000 quilómetros até aos estádios. Mais de 1600 pessoas descarregaram a app Active Match Mobile e, colectivamente, queimaram um total de 74.542 calorias, poupando 236,281 gramas em emissões de CO2.

Peter Gilliéron, presidente do Comité de Responsabilidade Social e Fair Play da UEFA, disse: "O futebol é uma excelente forma para nos mantermos activos, e ao mesmo tempo é divertido. Podemos manter o nosso coração saudável fazendo da actividade física parte integrante do nosso estilo de vida, seja praticando futebol ou então caminhando e andando de bicicleta para assistir a um jogo."

A app Active Match Mobile, gratuita, foi desenvolvida pela Rede Europeia de Estádios Saudáveis e pretende aumentar a consciencialização sobre a saúde do coração, encorajando também mulheres e crianças a serem mais activos a nível físico.

Entre as actividades promovidas estão um desafio "fitness online", visitas a escolas e jogos nas "fan zones" antes e durante o EURO Feminino. Vai atingir o seu auge nas meias-finais de quinta-feira, em Breda e Enschede, onde antes do início do jogo, no relvado, estarão tarjas gigantes em forma de coração com a mensagem "Objectivo Coração Saudável", de modo a aumentar a consciencialização sobre a importância de ser activo para ter um coração saudável.

©Healthy Stadia

Na Holanda em particular e na Europa em geral, as doenças cardiovasculares são a principal causa de mortalidade entre as mulheres: uma em cada três morre de doenças relacionadas com o coração. Ser activo e praticar desporto, como o futebol, pode fazer a diferença: bastam 30 minutos de exercício moderado, cinco dias por semana, para aumentar a saúde do coração e ajudar a prevenir doenças do coração e AVC's.

Uma nova pesquisa, comissionada pela Federação Mundial do Coração, junto de 4000 mulheres na Europa mostra informação encorajadora para o futuro: a geração mais nova de mulheres está a aderir ao desporto, com quase uma em cinco (19%) pessoas com idades entre 18 e 24 anos em quatro países a praticarem futebol, comparado com apenas 4 por cento no intervalo dos 45-54 anos. A pesquisa também prevê um aumento do número de jogadoras, com um quarto das mulheres com idade entre os 18 e 34 anos a afirmar que gostaria de praticar a modalidade.

A app faz parte da campanha "Objectivo Coração Saudável", uma iniciativa conjunta de Federação Mundial do Coração, UEFA, Fundação Holandesa do Coração, Federação Holandesa de Futebol (KNVB) e Rede Europeia de Estádios Saudáveis.

Descarregue a #ActiveMatchApp:
Android - Google Play
iOS - App Store

Topo