Guia para estádios sem tabaco

Foram dadas novas instruções para a eficaz implementação das políticas de controlo tabágico de modo a ajudar clubes, organizações desportivas, operadores de estádios e organismos governamentais.

A saúde e segurança nos estádios é algo essencial para a UEFA
A saúde e segurança nos estádios é algo essencial para a UEFA ©Getty Images

Foi publicado novo material para ajudar as organizações desportivas a implementar de forma eficaz nos estádios a política de controlo tabágico. Esta medida será fundamental em países onde a legislação de controlo tabágico não abarca os estádios e as suas imediações.

Um terço das federações membras da UEFA operam já por completo em estádios sem fumo. As orientações para estes países foram compiladas num único documento de forma a ajudar clubes, operadores dos estádios e organismos governamentais de outras nações a implementarem devidamente as políticas anti-tabágicas.

Peter Gilliéron, presidente do Comité de Responsabilidade Social e Fair Play da UEFA, disse sobre o tema: "Como parte do seu empenho em promover um estilo de vida activo e saudável, a UEFA está satisfeita por ver a publicação das novas orientações que ajudarão federações nacionais e clubes a implementarem as políticas de controlo tabágico. Tais políticas protegem a saúde e a segurança de todos os frequentadores dos estádios em jogos de futebol em toda a Europa através da eliminação do fumador passivo."

Principais tópicos que constam dos guias para estádios livres de tabaco:

  • Perigos do uso do tabaco e da existência de fumadores passivos
  • Benefícios na adopção de políticas de controlo tabágico e apoio dos principais agentes
  • Definição de áreas sem fumo e políticas anti-tabágicas
  • Recomendações para os casos em que é necessário ir além da legislação nacional sobre controlo tabágico, incluindo o caso de estudo do FC Barcelona
  • Ferramentas audiovisuais e de comunicação, bem como orientação para a sinalética
  • Reforço da monitorização de políticas de controlo tabágico em jogos e eventos

Desenvolvido pelo parceiro de responsabilidade social da UEFA, a Rede Europeia de Estádios Saudáveis, depois de consultados gestores dos estádios, gestores de segurança e peritos em controlo tabágico da Federação Mundial do Coração, o objectivo do guia é que todos os recintos desportivos e competições disputadas na Europa, adoptem as políticas mínimas de proibição de fumar até 2020.  

Para além disso, as finais de competições de clubes da UEFA e o UEFA EURO 2016 serão competições sem tabaco.

O guia principal está disponível em inglês. O guia mais resumido está disponível em inglês, francês e alemão.

Para mais informação visite: www.healthystadia.eu/tobacco/guidance

Topo