Turquia

TurquiaFederação de Futebol da Turquia

O "site" oficial do futebol europeu

Turquia em busca de novos êxitos

A Turquia sobreviveu a anos turbulentos e o seu futebol emergiu como uma potência a nível mundial.
Turquia em busca de novos êxitos
A selecção turca chegou às meias-finais do UEFA EURO 2008 ©TFF

Turquia em busca de novos êxitos

A Turquia sobreviveu a anos turbulentos e o seu futebol emergiu como uma potência a nível mundial.

Os progressos da Turquia ao longo dos anos têm sido um excelente exemplo para o resto dos países europeus. Recentemente, o futebol turco ganhou estatuto no panorama futebolístico europeu e mundial, como o demonstra o terceiro lugar conseguido pela sua selecção nacional no Campeonato do Mundo de 2002, seguido da presença nos quartos-de-final do UEFA EURO 2008. A prova do trabalho árduo que tem sido feito numa história longa e plena de sucessos.

O primeiro jogo foi disputado em Salónica, entre jogadores ingleses, em 1875, numa altura em que a cidade grega ainda fazia parte do Império Otomano. O futebol ganhou popularidade imediata e, em cidades grandes como Istambul ou Izmir, os turcos começaram a aderir à modalidade. Não era, no entanto, fácil fazer jogos, já que os ingleses e os gregos de Istambul tinham criado o seu campeonato exclusivo. Só na viragem do século foi formada a primeira equipa turca de futebol - os Black Stockings  -, que disputou jogos particulares com adversários estrangeiros, conseguindo uma aceitação gradual na Liga já estabelecida.

O Galatasaray SK, fundado em 1905, tornou-se o primeiro clube turco a integrar a Liga de Futebol de Istambul, seguindo-se o Fenerbahçe SK e o Besiktas JK (fundado em 1903 como um clube de ginástica). Nos anos seguintes, as equipas turcas começaram a dominar o campeonato e, em 1907/08, o Galatasaray transformou-se na primeira equipa turca a conquistar o título. Noventa anos depois, foi também o Gala que garantiu o maior sucesso do futebol turco na história do futebol europeu de clubes, conquistando a Taça UEFA e a SuperTaça Europeia em 2000.

O futebol turco sobreviveu à I Guerra Mundial e à ocupação militar de Istambul, graças aos jogos disputados com equipas das forças ocupantes. As vitórias conseguidas ajudaram a moralizar o país e a manter vivo o orgulho da população. Em 1923, a Turquia passou a ser uma república e nesse mesmo ano foi fundada a Federação Turca de Futebol (TFF), que imediatamente se inscreveu na FIFA. Também nesse ano, a selecção turca disputou o seu primeiro jogo internacional, ante a Roménia, empatando a dois golos em Istambul. No entanto, a TFF só passou a participar nas fases de qualificação para os Campeonatos do Mundo em 1949.

Nos anos seguintes, a TFF viveu altos e baixos, como qualquer outra organização, revestindo-se o ano de 1951 de extrema importância, já que marcou a profissionalização do futebol no país. A Turquia participou na fase final do Campeonato do Mundo de 1954, mas a data mais significativa foi 27 de Maio de 1988, quando a Assembleia Nacional da Turquia deu total autonomia à TFF. Foi então que o futebol começou realmente a evoluir no país, já que os clubes passaram a ter maiores recursos financeiros e, pela primeira vez, puderam investir nas condições dos seus estádios e no fortalecimento das camadas jovens. Os dirigentes procuraram novos talentos para ajudar o país a garantir a qualificação para as grandes provas internacional, e isso acabou por ser a base do sucesso actual.

Em 1992, a Turquia venceu o Campeonato da Europa de Sub-18 e, dois anos depois, conquistou o título na categoria de Sub-16. No ano 2000, participou na fase final do Europeu de Sub-21 e a selecção principal chegou aos quartos-de-final do UEFA EURO 2000. Em 2002, 48 anos depois da sua última presença num Campeonato do Mundo, a Turquia terminou a prova realizada na Coreia e Japão no terceiro lugar, na sequência de uma participação brilhante, feita com base em excelentes jogadores, como o avançado Hakan Sükür ou o médio Hasan Sas, que foram lançados para a ribalta internacional.

Após falhar o apuramento para o UEFA EURO 2004 e para o Campeonato do Mundo de 2006, a Turquia regressou em grande estilo no UEFA EURO 2008, na Áustria e Suíça, onde atingiu as meias-finais e conquistou o coração dos adeptos locais com golos ao cair do pano e vitórias dramáticas. As atenções turcas viram-se, agora, para o UEFA EURO 2012 e para o Campeonato do Mundo de 2014.

A Turquia demonstrou também a sua paixão pelo futebol ao acolher, em Istambul, a final da UEFA Champions League em 2005 e da Taça UEFA em 2009, e anunciou entretanto a candidatura à organização do UEFA EURO 2016.

http://pt.uefa.com/insideuefa/member-associations/association=tur/news/newsid=948450.html#turquia+busca+novos+exitos

Passar ao topo  

Presidente

 

Yıldırım Demirören

Yıldırım Demirören

Nacionalidade: Turca
Data de nascimento: 16 de Outubro de 1964
Presidente da federação desde: 2012

• Nascido em Istambul, Yıldırım Demirören fez carreira no negócio de família, que se especializa no gás natural, na construção e na educação. É casado e pai de três filhos.

• A sua entrada no futebol deu-se através do trabalho desenvolvido no Beşiktaş JK, onde foi membro da Direcção, vice-presidente e director do futebol, antes de servir o clube como presidente entre 2004 e 2012, altura em que foi eleito como o 41º presidente da Federação Turca de Futebol (TFF).

• Tendo igualmente sido presidente da associação turca dos clubes da primeira divisão, Demirören disse sobre a sua nomeação como presidente da TFF: "Vamos trabalhar com o apoio da família do futebol. Vamos consultá-los em quaisquer decisões que tomemos. As dificuldades estão lá para serem ultrapassadas." Foi reeleito para novo mandato de quatro anos em Junho de 2015.

Secretário-Geral

 

Kadir Kardaş

Kadir Kardaş

Nacionalidade: Turca
Data de nascimento: 11 de Novembro de 1971
Secretário-geral da federação desde: 2014

• Kadir Kardaş formou-se na Faculdade TED de Ancara e, depois, na Universidade de Ciências Políticas de Ancara. Trabalhou na área de gestão e finanças do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (UNDP).

• Kardaş foi membro da direcção da principal plataforma de transmissões da Turquia, a DIGITURK, após esta ter sido lançada em 1999. Passou aí 15 anos, os últimos quatro como director-geral e editor executivo.

• Foi oficialmente nomeado secretário-geral da Federação Turca de Futebol (TFF) a 3 de Setembro de 2014. Kardaş é casado e tem uma filha, de nome Melis. É actualmente membro do Comité de Aconselhamento de Marketing da UEFA.

Dados da Federação

  • Fundação: 1923
  • Afiliação à UEFA: 1962
  • Afiliação à FIFA: 1923
  • Morada: Hasan Dogan Milli Takimlar Kamp ve Egitim Tesisleri Riva Beykoz Istanbul
  • Telefone: +90 216 554 51 00
  • Fax: +90 216 319 19 45

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
8BélgicaBélgica2/537.100
9UcrâniaUcrânia3/534.933
10TurquiaTurquia3/530.600
11HolandaHolanda2/528.549
12ÁustriaÁustria2/426.600
Última actualização: 25/08/2017 08:32 CET

Palmarés das Selecções Nacionais