Suíça

SuíçaFederação Suíça de Futebol

O "site" oficial do futebol europeu

Combater pequenez com sucesso

A contribuição da Suíça para a modalidade compensa o pequeno tamanho da nação alpina.
Combater pequenez com sucesso
Josef Hugi marca pela Suíça durante o seu fantástico triunfo por 7-5 sobre a Áustria nos quartos-de-final do Campeonato do Mundo de 1954 ©AFP

Combater pequenez com sucesso

A contribuição da Suíça para a modalidade compensa o pequeno tamanho da nação alpina.

A Suíça é um bom exemplo de um país pequeno que tem aproveitado da melhor forma os seus recursos. O futebol suíço tem emergido com distinção e os resultados positivos alcançados recentemente atestam o trabalho árduo que tem sido levado a cabo em todos os níveis da modalidade.

A Federação Suíça de Futebol (Schweizerischer Fussballverband/Association Suisse de Football ou SFV-ASF) é uma das maiores e mais populares federações desportivas num país onde se falam várias línguas e defende os interesses do futebol suíço a nível nacional e internacional, na área política, económica e social.

A SFV-ASF, um organismo independente financeiramente, que não necessita de investimento público, promove o futebol de formação e o profissional, dando especial importância aos escalões jovens. Pode olhar com orgulho legítimo para os seus mais de cem anos de história, marcados por diversos altos e baixos, mas com mais momentos positivos do que negativos nos relvados, especialmente nos últimos anos. De facto, uma das conquistas mais importantes aconteceu quando a Suíça venceu o Campeonato do Mundo de Sub-17, na Nigéria, em Novembro de 2009.

O apuramento para o Mundial de 1994, depois de 32 anos de ausência, e a primeira participação na fase final de um Campeonato da Europa – em Inglaterra, dois anos depois – atestam os progressos realizados pela selecção principal. Estes feitos tiveram seguimento com a qualificação para o UEFA EURO 2004™, em Portugal, e para o Mundial de 2006, na Alemanha, sob o comando do treinador Jakob Kuhn, e mais tarde para o Mundial de 2010, já com Ottmar Hitzfeld no comando técnico. Pelo meio, a Suíça organizou, em parceria com a Áustria, a fase final do UEFA EURO 2008.

Nos escalões jovens também se registaram enormes evoluções. Depois de ter visto diversas selecções de vários escalões qualificarem-se para as fases finais de torneios, a SFV-ASF finalmente festejou um título em 2002, pois, nesse Verão, a Suíça causou sensação ao sagrar-se campeã europeia de Sub-17, na Dinamarca. Ameaçou repetir a conquista ao chegar até às meias-finais da mesma competição, em Maio de 2009, campanha que valeu o apuramento para o Mundial de Sub-17, no final desse ano. Na prova que decorreu na Nigéria, a Suíça venceu o Brasil no último jogo da fase de grupos e depois eliminou a Alemanha, Itália, Colômbia e Nigéria para se sagrar campeã mundial. Tais resultados positivos, onde também se inclui a presença dos Sub-21 nas meias-finais do Europeu, em solo helvético, representam um enorme empenho para o desenvolvimento do futebol jovem.

Vários clubes suíços já despertaram o interesse nas competições europeias. O BSC Young Boys, de Berna, capital federal da Suíça, foi o primeiro a impressionar ao chegar às meias-finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus, em 1959. Posteriormente, o FC Zürich igualou o seu feito em duas ocasiões. Entretanto, o FC Basel 1893 tem-se revelado como digno representante do futebol do país, tendo alcançado a segunda fase de grupos da UEFA Champions League em 2002/03. O Grasshopper-Club e o Servette FC também são outras duas equipas de renome do país alpino.

O futebol suíço sofreu enorme expansão e actualmente estão em actividade mais de 240 mil jogadores, em 1500 clubes. Sob a égide da SFV-AFS, o futebol é praticado por cerca de 12.800 equipas. Se para a maioria deles se trata de um passatempo, para um reduzido número de jogadores ao mais alto nível o futebol é mais do que uma questão de golos, pontos e manutenção da condição física. Representa uma oportunidade para conquistar vitórias internacionais, fama e dinheiro.

A SFV-AFS tem desempenhado papel importante na história do futebol. UEFA (Nyon) e FIFA (Zurique) têm as suas sedes na Suíça e não só a UEFA foi fundada no país, em 1954, como também Gustav Wiederkehr, na altura presidente da SFV-AFS, teve papel significativo na consolidação e desenvolvimento da recém-criada instituição. Wiederkehr foi igualmente presidente da UEFA entre 1962 e 1972.

http://pt.uefa.com/insideuefa/member-associations/association=sui/news/newsid=947071.html#combater+pequenez+sucesso

Passar ao topo  

Presidente

 

Peter Gilliéron

Peter Gilliéron

Nacionalidade: Suíça
Data de nascimento: 5 de Maio de 1953
Presidente da federação desde: 2009

• Criado em Itália, Peter Gilliéron mudou-se com os pais para a Suíça aos 13 anos, onde jogou futebol na escola e licenciou-se em Direito em 1978. Assumiu o primeiro cargo no futebol na década de 1990, como presidente do Minerva FC, clube de Berna.

• Advogado no Departamento Federal da Segurança Social, liderou mais tarde o departamento jurídico da União do Queijo Suíço, tendo sido eleito secretário-geral da Federação Suíça de Futebol (SFV-ASF) em 1994.

• Foi eleito presidente da ASF-SFV em 2009 e afirmou: "Encaro esta eleição como recompensa por tudo o que fiz como secretário-geral. O meu objectivo é desenvolver o futebol em todo o país, incluindo o Oeste da Suíça e a zona de Ticino. A SFV-ASF tem o dever de promover a integração." Foi reeleito por unanimidade para mais um mandato em Maio de 2017.

Secretário-Geral

 

Alex Miescher

Alex Miescher

Nacionalidade: Suíço
Data de nascimento: 4 de Abril de 1968
Secretário-geral da federação desde: 2009

• Antigo piloto militar e economista, Alex Miescher começou por ganhar reputação no mundo da natação. Entre 2006 e 2009 foi director da Federação Suíça de Natação.

• Enquanto nadador no activo, Miescher sagrou-se campeão suíço por cinco vezes e participou em campeonatos europeus e mundiais.

• Em 2009, sucedeu a Peter Gilléron como secretário-geral da Federação Suíça de Futebol (SFV/ASF) depois de este ter sido eleito presidente do organismo.

Dados da Federação

  • Fundação: 1895
  • Afiliação à UEFA: 1954
  • Afiliação à FIFA: 1904
  • Morada: Worbstrasse 48 Postfach 3000 BERN 15
  • Telefone: +41 31 950 8111
  • Fax: +41 31 950 8181

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
11 HolandaHolanda1/527.649
12 República ChecaRepública Checa1/524.675
13 SuíçaSuíça1/524.500
14 GréciaGrécia1/523.500
15 ÁustriaÁustria3/423.475
Última actualização: 10/07/2017 10:20 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Competições domésticas