Roménia

RoméniaFederação Romena de Futebol

O "site" oficial do futebol europeu

Roménia revela carácter

Numa história de certa forma turbulenta, a Roménia soube sempre reagir à adversidade.
Roménia revela carácter
O seleccionador romeno Anghel Iordănescu é erguido no ar após o seu mais notável sucesso - um triunfo por 3-2 sobre a Argentina no Mundial de 1994 ©Bob Thomas/Getty Images

Roménia revela carácter

Numa história de certa forma turbulenta, a Roménia soube sempre reagir à adversidade.

É difícil avançar com exactidão a data do primeiro jogo de futebol na Roménia. Alguns apontam o ano de 1889,  outros 1893, mas ninguém tem certezas absolutas. Face às constantes alterações políticas e geográficas do país e dos territórios vizinhos no final do século XIX e início do século XX, não espanta que a maioria dos jogadores, nos primórdios do futebol romeno, fossem estrangeiros, principalmente ingleses e germânicos.

O primeiro clube romeno, chamado Olimpia Sport Club, foi fundado em Outubro de 1904 por um alemão, Charles Viereck, e em 1909 as três colectividades existentes formaram a Associação das Sociedades Atléticas da Roménia (ASAR). No ano seguinte, disputou-se pela primeira vez a Taça ASAR, que esteve na génese do actual campeonato romeno.

Após a I Guerra Mundial,  que precedeu a unificação de todas as províncias romenas, o futebol tornou-se uma actividade mais organizada. No entanto, foi necessário esperar até 1932 para se assistir à criação de uma liga organizada, que se estreou na época de 1933/34.

Antes da reorganização interna, a Federação das Associações de Futebol da Roménia (FRFA), criada em Fevereiro de 1930, abriu caminho à participação do seu país na primeira edição do Campeonato do Mundo. No congresso da FIFA, em Budapeste, realizado no ano seguinte (1931), a FRFA foi admitida com membro permanente da organização que tutela o futebol mundial. Com o regime comunista no poder após a II Guerra Mundial, o organismo que liderava o futebol romeno perdeu a autonomia e sucederam-se as mudanças de nomenclatura.

Contudo, a Roménia tornou-se membro fundador da UEFA em 1954, mas em circunstâncias algo bizarras. Os delegados romenos não conseguiram o visto de entrada em território suíço para participarem no primeiro Congresso de Basileia e tiveram de autorizar a Checoslováquia a votar em seu nome. Finalmente, em Julho de 1957, nasceu a Federaţia Română de Fotbal (FRF), sendo que as primeiras eleições independentes para a presidência do organismo ocorreram em Agosto de 1990. Mircea Sandu assumiu a liderança, posição que manteve durante 24 anos, até Março de 2014, quando Răzvan Burleanu foi eleito pela primeira vez.

O primeiro encontro da selecção da Roménia foi disputado em Junho de 1922, na cidade de Belgrado, frente à Jugoslávia, desafio que os romenos venceram por 3-2, erguendo, no final, a Taça Rei Alexander. Gheorghe Hagi continua a ser o melhor marcador de sempre da selecção, com 35 golos. Entre os jogadores actuais, Adrian Mutu terminou 2012 com menos um, 34. O antigo médio Dorinel Munteanu, por seu lado, detém o máximo de internacionalizações, depois de vestir 134 vezes a camisola romena.

O melhor desempenho da Roménia numa grande competição aconteceu na fase final do Campeonato do Mundo de 1994, quando Hagi e seus pares atingiram os quartos-de-final, feito que haveriam de repetir no Campeonato da Europa de 2000. Os romenos venceram, ainda, a extinta Taça dos Balcãs em seis ocasiões. O UEFA EURO 2016 foi a última vez que a Roménia se qualificou para uma fase final europeia, enquanto não marca presença num Campeonato do Mundo desde 1998 (a terceira de três qualificações consecutivas).

Nos últimos dez anos o Futsal registou uma evolução permanente, um crescimento comprovado pelas três participações nos Campeonatos da Europa de Futsal EURO em 2007, 2012 e 2014. O mesmo se pode dizer do futebol feminino, com a participação na fase final do Campeonato da Europa Feminino de Sub-19 da UEFA de 2012 a ser seguida da estreia da selecção senior no “play-off” de qualificação para o Campeonato da Europa Feminino da UEFA de 2016.

A nível de clubes, o FC Steaua Bucuresti é o emblema mais bem sucedido. O seu maior feito foi a conquista da Taça dos Clubes Campeões Europeus, em 1986, e a SuperTaça Europeia, no ano seguinte. O gigante da capital, que perdeu a final da Taça dos Campeões em 1989, tem sido o mais proeminente participante romeno durante a era da UEFA Champions League, embora CFR 1907 Cluj e FC Unirea Urziceni também tenham participações nessa fase da prova. No passado, FC Universidade de Craiova e FC Dínamo de Bucareste conseguiram ambos presenças em meias-finais de competições europeias.

Apesar da tradicional hegemonia de Steaua, Dínamo e FC Rapid Bucureşti, os emblemas da capital enfrentam agora uma maior luta por parte de equipas das várias províncias, com CFR Cluj (três títulos de campeão e três Taças da Roménia), FC Petrolul Ploieşti (uma Taça), Unirea, SC Vaslui e FC Oţelul Galaţi entre os principais concorrentes, enquanto nos últimos anos FC Astra Giurgiu e FC Viitorul também se tornaram candidatos de peso. Mesmo quando o Steaua foi coroado campeão em 2014 e 2015, o FC Astra Giurgiu conquistou a Taça da Roménia e a Supertaça, batendo o campeão nas duas finais em 2014. Enquanto o Dínamo tenta recuperar o brilho e o Rapid milita actualmente na quarta divisão, o Steaua está a tentar readquirir o estatuto de dominador, já que o FC Astra venceu o campeonato e a SuperTaça em 2016.

https://pt.uefa.com/insideuefa/member-associations/association=rou/news/newsid=947327.html#romenia+revela+caracter

Passar ao topo  

Presidente

 

Răzvan Burleanu

Răzvan Burleanu

Nacionalidade: Romena
Data de nascimento:
1 de Julho de 1984
Presidente da federação desde: 2014

• Filho de um antigo futebolista – o pai Gheorghe Burleanu fez mais de 350 jogos no principal escalão –, Răzvan Burleanu jogou nas camadas jovens.

• Decidiu-se pelos estudos académicos aos 19 anos, nomeadamente Ciências Políticas na Escola Nacional de Estudos Políticos e Administrativos em Bucareste, e formou-se na sequência de diversos mestrados e teses de doutoramento.

• Burleanu trabalhou para as autoridades municipais na cidade de Bacau, bem como para o parlamento romeno e para a administração da presidência romena. "Agora, a Federação Romena de Futebol irá começar uma nova era", disse após a sua eleição. "Garanto a todos que iremos obter altos desempenhos do ponto de vista desportivo e de gestão. Queremos apurar-nos para fases finais de forma regular e ter orgulho em sermos romenos."

Secretário-Geral

 

Radu Visan

Radu Visan

Nacionalidade: Romena
Data de nascimento: 14 de Janeiro de 1981
Secretário-geral da federação desde: 2015

• Radu Visan completou dois bacharelatos, em ciências políticas e administração, nas universidades de Bucareste e Ploesti, bem como dois mestrados em gestão e ciência política na Universidade Nacional de Estudos Políticos e Administração Pública e na Universidade de Bucareste. Em 2006, começou como conselheiro na unidade de integração europeia e assuntos estrangeiros da administração local de Ploiești, tendo depois trabalhado como conselheiro da administração pública central.

• Em Março de 2014, ingressou na Federação Romena de Futebol (FRF) como gestor de desenvolvimento institucional e ajudou a traçar a missão, visão e plano estratégico para o desenvolvimento do futebol romeno. Também foi responsável por todos os assuntos (incluindo aspectos financeiros) relacionados com as organizações internacionais (UEFA, FIFA e outras) e a sociedade civil.

• Visan tornou-se secretário-geral da FRF em Julho de 2015. Coordena todas as competições de futebol do país, incluindo jogos de selecções, bem como o plano estratégico para o desenvolvimento do futebol romeno entre 2015 e 2020. Ao mesmo tempo, assegura que a FRF contribui para a implementação de políticas desportivas públicas e legislação desportiva na Roménia.

Dados da Federação

  • Fundação: 1909
  • Afiliação à UEFA: 1954
  • Afiliação à FIFA: 1923
  • Morada: House of Football Str. Serg. Serbanica Vasile 12 22186 BUCURESTI
  • Telefone: +40 21 325 0678
  • Fax: +40 21 325 0679

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
19IsraelIsrael2/421.250
20PolóniaPolónia0/420.125
21RoméniaRoménia1/520.050
22AzerbaijãoAzerbaijão1/419.125
23BulgáriaBulgária1/418.875
Última actualização: 03/11/2017 09:38 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu