ARJM

ARJMFederação de Futebol da Macedónia

O "site" oficial do futebol europeu

Em boa forma para o segundo século

A Federação de Futebol da Antiga República Jugoslava da Macedónia tornou-se membro da UEFA em 1994 e celebrou 100 anos de futebol em Agosto de 2009.
Em boa forma para o segundo século
A ARJ da Macedónia festeja um golo na fase de qualificação para o UEFA EURO 2016 ©AFP/Getty Images

Em boa forma para o segundo século

A Federação de Futebol da Antiga República Jugoslava da Macedónia tornou-se membro da UEFA em 1994 e celebrou 100 anos de futebol em Agosto de 2009.

O futebol na Antiga República Jugoslava da Macedónia começou no início do século 20, sendo que o primeiro jogo se disputou na cidade de Skopje, em Abril de 1909. Uma equipa de Napredak derrotou um conjunto britânico formado no exército e um monumento relacionado com o futebol foi erigido para comemorar o histórico evento.

O território encontrava-se, na altura, sob o domínio turco, apesar de o ano de 1903 ter assistido à criação da primeira república balcânica da região - a República de Krushevo, que durou pouco tempo - no entanto, dez anos depois, o domínio turco chegou ao fim e o país foi dividido em três áreas: Egeean, Pirins e Varders. Entre 1913 e 1943, a ARJ da Macedónia formou uma parte da Jugoslávia, antes de se tornar numa república em 1943 e um país independente em 1991.

O primeiro clube a emergir foi o FK Vardar, de Skopje, em 1912, sendo que dez anos volvidos foram fundados mais dois, o FK Belasica GC e o FK Bregalnica Stip. Durante a II Guerra Mundial, as equipas representativas da ARJ da Macedónia jogaram contra formações do exército da Alemanha e Bulgária, mas não havia nenhuma selecção nacional em termos oficiais antes da independência do país, em 1991.

Ainda assim, o talento local continuava a dar nas vistas e vários jogadores de qualidade experimentaram o futebol de selecções ao serviço da Jugoslávia, entre eles: Kiril Simonovski-Dzina, Blagoje Vidinic, Metodija Spasovski, Andon Doncevski, Darko Pancev e Ilija Najdoski.

Em 1945, o futebol foi pela primeira vez representado na Comunidade de Todos os Desportos, em Skopje, uma relação que durou até à criação da Federação Macedónia de Futebol, em Agosto de 1948. O organismo tornou-se membro da mais alargada Federação Jugoslava de Futebol (FSJ) até 1991, ano em que foi criada a Federação de Futebol da Antiga República Jugoslava da Macedónia (FFM).

O primeiro campeonato da ARJ da Macedónia foi organizado na época de 1992/93, com a participação de 18 clubes. O Vardar conquistou o título e também a Taça da Macedónia. Em 1994, a ARJ da Macedónia foi incorporada na família global do futebol através da sua integração na FIFA e UEFA. Para além disso, o país passou a fazer parte da Federação dos Balcãs de Futebol, podendo assim participar em torneios regionais de Sub-16 e Sub-18. Em 1995, o Vardar e o FK Sileks participaram nas competições europeias, com a segunda equipa a alcançar a segunda eliminatória da já extinta Taça dos Vencedores das Taças, tendo sido eliminada pelo VfL Borussia Mönchengladbach.

A selecção nacional iniciou a sua odisseia em 1994, disputando a fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 1996. A ARJ da Macedónia integrou um grupo do qual também faziam parte a Arménia, Bélgica, Chipre, Espanha e Dinamarca, sendo que esta última selecção era na altura campeã da Europa. A ARJ da Macedónia iniciou a sua participação com um meritório empate caseiro frente aos dinamarqueses, a um golo. Mitko Stojkovski, do FK Crevna zvezda, fez história ao marcar o primeiro golo oficial da selecção.

A equipa empatou também com Bélgica, Arménia e Chipre, antes de derrotar, em casa, os cipriotas, por 3-0. Desde então, o futebol na ARJ da Macedónia continuou a registar progressos positivos, tendo sido alcançados dois resultados relevantes: uma vitória, por 3-2, frente à República Checa, em 1997, e uma histórica goleada, por 11-1, ante o Liechtenstein um ano antes.

Na tentativa de dar seguimento a esse ímpeto positivo, a FSM entregou o leme da selecção nacional a treinadores estrangeiros como o sérvio Slobodan Santrač e o esloveno Srečko Katanec, além de John Toshack, do País de Gales, que deram continuidade às bases de trabalho lançadas por Andon Doncevski, Gjoko Hadzievski, Nikola Ilievski, Dragan Kanatlarovski e Boban Babunski.

No entanto, o técnico local Mirsad Jonuz estreou-se no comando da equipa num encontro amigável com a Espanha, em Agosto de 2009, organizado pela FSM para assinalar os 100 anos de futebol na ARJ da Macedónia, que os campeões da Europa em título venceram com dificuldade, por 3-2.

Darko Pancev, antigo jogador do Vardar, é o Jogador de Ouro da ARJ da Macedónia – uma distinção inspirada pelo Jubileu de Ouro da UEFA de 2004. O avançado foi o primeiro jogador macedónio a ganhar a Bota de Ouro ESM, que premeia o melhor marcador de uma primeira divisão europeia, em 1990/91, temporada na qual também conquistou a Taça dos Clubes Campeões Europeus, ao serviço do Crvena zvezda. Entretanto, em Maio de 2010, Goce Sedloski inscreveu o seu nome nos livros de história, como o primeiro jogador macedónio a somar 100 internacionalizações – marca que continua a ser um recorde – disputando o seu derradeiro jogo internacional num amigável frente ao Azerbaijão.

Onze meses depois, a ARJ da Macedonia inaugurou o seu novo estádio nacional, a Nacionalna Arena Filip II Makedonski, recinto com capacidade para 32.580 espectadores, construído no local onde se situava o antigo estádio Gradski, em Skopje. Com os olhos postos no futuro, a FFM iniciou um programa de renovação de estádios em quatro cidades – Tetovo, Stip, Bitola e Prilep.

Recentemente, a ARJ da Macedónia testemunhou outros desenvolvimentos de relevo relacionados com a sua infra-estrutura futebolística, com a FFM a cooperar com a UEFA em diversos projectos nessa área. A Casa do Futebol da federação e o primeiro centro nacional de treinos foram inaugurados em Março de 2013, com o complexo a ser mais tarde renomeado Petar Milosevski, em honra do antigo guarda-redes da selecção que morreu num acidente de automóvel em Março de 2014.

A selecção Sub-21 tornou-se na primeira selecção macedónia a qualificar-se para uma fase final, no caso o Campeonato da Europa Sub-21 de 2017, na Polónia, após terminar a qualificação no primeiro lugar do grupo. Um novo recorde foi estabelecido no amigável frente à Bielorrússia, em 2017, quando Darko Curlinov se tornou no mais jovem jogador a alinhar pelos seniores, com 16 anos e 17 dias. Num ano memorável, a capital Skopje foi escolhida para receber a SuperTaça Europeia da UEFA, em Agosto de 2017.

http://pt.uefa.com/insideuefa/member-associations/association=mkd/news/newsid=946496.html#em+forma+para+segundo+seculo

Passar ao topo  

Presidente

 

Ilcho Gjorgjioski

Ilcho Gjorgjioski

Nacionalidade: Macedónia
Data de nascimento: 11 de Dezembro de 1971
Presidente da federação desde: 2012

• Ilcho Gjorgjioski deixou o cargo de técnico do FK Vardar depois de ter sido eleito presidente da Federação de Futebol da Antiga República Jugoslava da Macedónia (FFM) em Julho de 2012.

• Gjorgjioski jogou por inúmeros clubes, entre os quais FK Makedonija GP Skopje, Vardar, Malmö FF, PFC Lokomotiv Sofia, Denizlispor e Bnei Sakhnin FC, tendo depois enveredado pela carreira de treinador, inicialmente nas camadas jovens, antes de vencer títulos nacionais pelo Makedonija GP Skopje e pelo Vardar, em 2009 e em 2012, respectivamente.

• Após a eleição, Gjorgjioski afirmou que as principais metas no futuro seriam o desenvolvimento do futebol jovem macedónio, o progresso das selecções e aumentar os padrões dos campeonatos nacionais e dos clubes. Também anunciou investimentos em infra-estruturas e estreia cooperação com a UEFA. Gjorgjioski foi reeleito, em Fevereiro de 2017, para um terceiro mandato de quatro anos.

Secretário-Geral

 

Filip Popovski

Filip Popovski

Nacionalidade: Macedónio
Data de nascimento: 12 de Julho de 1979
Secretário-geral da federação desde: Dezembro de 2015

• Natural de Skopje, Filip Popovski formou-se em Gestão pela Universidade Internacional Eslava, em Sveti Nikole, e começou a trabalhar na Federação de Futebol da Macedónia (FFM), em 2002, com 23 anos.

• Popovski começou como assistente de licenciamento de clubes após o que liderou o mesmo departamento a partir de 2008, sendo também gestor de garantia de qualidade da FFM. Integrante do primeiro lote de licenciados a receber o Certificado em Gestão de Futebol da UEFA (CFM) e o Diploma em Gestão de Futebol da UEFA (DFM), Popovski também foi distinguido com o certificado do Mestrado Executivo em Administração do Desporto Europeu (MESGO).

• Nomeado em Dezembro do último ano Secretário-geral da FFM, Popovski é um apaixonado pelo futebol. É casado e tem um filho.

Dados da Federação

  • Fundação: 1948
  • Afiliação à UEFA: 1994
  • Afiliação à FIFA: 1994
  • Morada: bul. ASNOM bb 1000 SKOPJE
  • Telefone: +389 23 129291
  • Fax: +389 23 165 448

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
35HungriaHungria0/48.125
36AlbâniaAlbânia1/47.500
37ARJ MacedóniaARJ Macedónia1/47.250
38FinlândiaFinlândia0/46.900
39República da IrlandaRepública da Irlanda0/46.700
Última actualização: 25/08/2017 08:32 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu

Competições domésticas

Liga da ARJ da Mac edónia 2017

ClubesJPts
1KF Shkëndija410
2FK Pelister48
3Akademija Pandev47
4FK Vardar36
5FK Sileks46
6FK Shkupi44
7FK Pobeda44
8FK Rabotnicki32
9FK Skopje42
10KF Renova42
Última actualização: 12/09/2017 11:14 CET