ARJM

ARJMFederação de Futebol da Macedónia

O "site" oficial do futebol europeu

Em boa forma para o segundo século

A Federação de Futebol da Antiga República Jugoslava da Macedónia tornou-se membro da UEFA em 1994 e celebrou 100 anos de futebol em Agosto de 2009.
Em boa forma para o segundo século
A ARJ da Macedónia festeja um golo na fase de qualificação para o UEFA EURO 2016 ©AFP/Getty Images

Em boa forma para o segundo século

A Federação de Futebol da Antiga República Jugoslava da Macedónia tornou-se membro da UEFA em 1994 e celebrou 100 anos de futebol em Agosto de 2009.

O futebol na Antiga República Jugoslava da Macedónia começou no início do século 20, sendo que o primeiro jogo se disputou na cidade de Skopje, em Abril de 1909. Uma equipa de Napredak derrotou um conjunto britânico formado no exército e um monumento relacionado com o futebol foi erigido para comemorar o histórico evento.

O território encontrava-se, na altura, sob o domínio turco, apesar de o ano de 1903 ter assistido à criação da primeira república balcânica da região - a República de Krushevo, que durou pouco tempo - no entanto, dez anos depois, o domínio turco chegou ao fim e o país foi dividido em três áreas: Egeean, Pirins e Varders. Entre 1913 e 1943, a ARJ da Macedónia formou uma parte da Jugoslávia, antes de se tornar numa república em 1943 e um país independente em 1991.

O primeiro clube a emergir foi o FK Vardar, de Skopje, em 1912, sendo que dez anos volvidos foram fundados mais dois, o FK Belasica GC e o FK Bregalnica Stip. Durante a II Guerra Mundial, as equipas representativas da ARJ da Macedónia jogaram contra formações do exército da Alemanha e Bulgária, mas não havia nenhuma selecção nacional em termos oficiais antes da independência do país, em 1991.

Ainda assim, o talento local continuava a dar nas vistas e vários jogadores de qualidade experimentaram o futebol de selecções ao serviço da Jugoslávia, entre eles: Kiril Simonovski-Dzina, Blagoje Vidinic, Metodija Spasovski, Andon Doncevski, Darko Pancev e Ilija Najdoski.

Em 1945, o futebol foi pela primeira vez representado na Comunidade de Todos os Desportos, em Skopje, uma relação que durou até à criação da Federação Macedónia de Futebol, em Agosto de 1948. O organismo tornou-se membro da mais alargada Federação Jugoslava de Futebol (FSJ) até 1991, ano em que foi criada a Federação de Futebol da Antiga República Jugoslava da Macedónia (FFM).

O primeiro campeonato da ARJ da Macedónia foi organizado na época de 1992/93, com a participação de 18 clubes. O Vardar conquistou o título e também a Taça da Macedónia. Em 1994, a ARJ da Macedónia foi incorporada na família global do futebol através da sua integração na FIFA e UEFA. Para além disso, o país passou a fazer parte da Federação dos Balcãs de Futebol, podendo assim participar em torneios regionais de Sub-16 e Sub-18. Em 1995, o Vardar e o FK Sileks participaram nas competições europeias, com a segunda equipa a alcançar a segunda eliminatória da já extinta Taça dos Vencedores das Taças, tendo sido eliminada pelo VfL Borussia Mönchengladbach.

A selecção nacional iniciou a sua odisseia em 1994, disputando a fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 1996. A ARJ da Macedónia integrou um grupo do qual também faziam parte a Arménia, Bélgica, Chipre, Espanha e Dinamarca, sendo que esta última selecção era na altura campeã da Europa. A ARJ da Macedónia iniciou a sua participação com um meritório empate caseiro frente aos dinamarqueses, a um golo. Mitko Stojkovski, do FK Crevna zvezda, fez história ao marcar o primeiro golo oficial da selecção.

A equipa empatou também com Bélgica, Arménia e Chipre, antes de derrotar, em casa, os cipriotas, por 3-0. Desde então, o futebol na ARJ da Macedónia continuou a registar progressos positivos, tendo sido alcançados dois resultados relevantes: uma vitória, por 3-2, frente à República Checa, em 1997, e uma histórica goleada, por 11-1, ante o Liechtenstein um ano antes.

Na tentativa de dar seguimento a esse ímpeto positivo, a FSM entregou o leme da selecção nacional a treinadores estrangeiros como o sérvio Slobodan Santrač e o esloveno Srečko Katanec, além de John Toshack, do País de Gales, que deram continuidade às bases de trabalho lançadas por Andon Doncevski, Gjoko Hadzievski, Nikola Ilievski, Dragan Kanatlarovski e Boban Babunski.

No entanto, o técnico local Mirsad Jonuz estreou-se no comando da equipa num encontro amigável com a Espanha, em Agosto de 2009, organizado pela FSM para assinalar os 100 anos de futebol na ARJ da Macedónia, que os campeões da Europa em título venceram com dificuldade, por 3-2.

Darko Pancev, antigo jogador do Vardar, é o Jogador de Ouro da ARJ da Macedónia – uma distinção inspirada pelo Jubileu de Ouro da UEFA de 2004. O avançado foi o primeiro jogador macedónio a ganhar a Bota de Ouro ESM, que premeia o melhor marcador de uma primeira divisão europeia, em 1990/91, temporada na qual também conquistou a Taça dos Clubes Campeões Europeus, ao serviço do Crvena zvezda. Entretanto, em Maio de 2010, Goce Sedloski inscreveu o seu nome nos livros de história, como o primeiro jogador macedónio a somar 100 internacionalizações – marca que continua a ser um recorde – disputando o seu derradeiro jogo internacional num amigável frente ao Azerbaijão.

Onze meses depois, a ARJ da Macedonia inaugurou o seu novo estádio nacional, a Nacionalna Arena Filip II Makedonski, recinto com capacidade para 32.580 espectadores, construído no local onde se situava o antigo estádio Gradski, em Skopje. Com os olhos postos no futuro, a FFM iniciou um programa de renovação de estádios em quatro cidades – Tetovo, Stip, Bitola e Prilep.

Recentemente, a ARJ da Macedónia testemunhou outros desenvolvimentos de relevo relacionados com a sua infra-estrutura futebolística, com a FFM a cooperar com a UEFA em diversos projectos nessa área. A Casa do Futebol da federação e o primeiro centro nacional de treinos foram inaugurados em Março de 2013, com o complexo a ser mais tarde renomeado Petar Milosevski, em honra do antigo guarda-redes da selecção que morreu num acidente de automóvel em Março de 2014.

A selecção Sub-21 tornou-se na primeira selecção macedónia a qualificar-se para uma fase final, no caso o Campeonato da Europa Sub-21 de 2017, na Polónia, após terminar a qualificação no primeiro lugar do grupo. Um novo recorde foi estabelecido no amigável frente à Bielorrússia, em 2017, quando Darko Curlinov se tornou no mais jovem jogador a alinhar pelos seniores, com 16 anos e 17 dias. Num ano memorável, a capital Skopje foi escolhida para receber a SuperTaça Europeia da UEFA, em Agosto de 2017.

http://pt.uefa.com/insideuefa/member-associations/association=mkd/news/newsid=946496.html#em+forma+para+segundo+seculo

Passar ao topo  

Presidente

 

Ilcho Gjorgjioski

Ilcho Gjorgjioski

Nacionalidade: Macedónia
Data de nascimento: 11 de Dezembro de 1971
Presidente da federação desde: 2012

• Ilcho Gjorgjioski deixou o cargo de técnico do FK Vardar depois de ter sido eleito presidente da Federação de Futebol da Antiga República Jugoslava da Macedónia (FFM) em Julho de 2012.

• Gjorgjioski jogou por inúmeros clubes, entre os quais FK Makedonija GP Skopje, Vardar, Malmö FF, PFC Lokomotiv Sofia, Denizlispor e Bnei Sakhnin FC, tendo depois enveredado pela carreira de treinador, inicialmente nas camadas jovens, antes de vencer títulos nacionais pelo Makedonija GP Skopje e pelo Vardar, em 2009 e em 2012, respectivamente.

• Após a eleição, Gjorgjioski afirmou que as principais metas no futuro seriam o desenvolvimento do futebol jovem macedónio, o progresso das selecções e aumentar os padrões dos campeonatos nacionais e dos clubes. Também anunciou investimentos em infra-estruturas e estreia cooperação com a UEFA. Gjorgjioski foi reeleito, em Fevereiro de 2017, para um terceiro mandato de quatro anos.

Secretário-Geral

 

Filip Popovski

Filip Popovski

Nacionalidade: Macedónio
Data de nascimento: 12 de Julho de 1979
Secretário-geral da federação desde: Dezembro de 2015

• Natural de Skopje, Filip Popovski formou-se em Gestão pela Universidade Internacional Eslava, em Sveti Nikole, e começou a trabalhar na Federação de Futebol da Macedónia (FFM), em 2002, com 23 anos.

• Popovski começou como assistente de licenciamento de clubes após o que liderou o mesmo departamento a partir de 2008, sendo também gestor de garantia de qualidade da FFM. Integrante do primeiro lote de licenciados a receber o Certificado em Gestão de Futebol da UEFA (CFM) e o Diploma em Gestão de Futebol da UEFA (DFM), Popovski também foi distinguido com o certificado do Mestrado Executivo em Administração do Desporto Europeu (MESGO).

• Nomeado em Dezembro do último ano Secretário-geral da FFM, Popovski é um apaixonado pelo futebol. É casado e tem um filho.

Dados da Federação

  • Fundação: 1948
  • Afiliação à UEFA: 1994
  • Afiliação à FIFA: 1994
  • Morada: bul. ASNOM bb 1000 SKOPJE
  • Telefone: +389 23 129291
  • Fax: +389 23 165 448

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
38 AlbâniaAlbânia2/46.375
39 Bósnia e HerzegovinaBósnia e Herzegovina3/46.250
40 ARJ MacedóniaARJ Macedónia3/45.375
41 EstóniaEstónia1/45.375
42 LetóniaLetónia2/45.250
Última actualização: 10/07/2017 10:20 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu

Competições domésticas

Liga da ARJ da Mac edónia 2016/17

ClubesJPts
1FK Vardar3683
2KF Shkëndija3670
3FK Rabotnicki3654
4FK Pelister3652
5KF Renova3652
6FK Sileks3647
7FK Pobeda3641
8FK Shkupi3637
9FK Bregalnica Stip3624
10FK Makedonija3623
Última actualização: 03/07/2017 13:05 CET