Cazaquistão

CazaquistãoFederação de Futebol do Cazaquistão

O "site" oficial do futebol europeu

Em constante mudança

O futebol chegou ao Cazaquistão em 1913, numa fase de crescente interesse pela modalidade, especialmente na cidade de Semipalatinsk.
Em constante mudança
A selecção do Cazaquistão em acção durante a fase de qualificação para o UEFA EURO 2016 ©Stanislav Filippov

Em constante mudança

O futebol chegou ao Cazaquistão em 1913, numa fase de crescente interesse pela modalidade, especialmente na cidade de Semipalatinsk.

Historicamente, o desenvolvimento do futebol no Cazaquistão esteve intimamente ligado à URSS, já que o país fez parte da União Soviética de 1922 a 1991. Os clubes participavam no campeonato da URSS, e o FC Kairat Almaty, da antiga capital Almaty, foi quem teve mais sucesso, terminando em sétimo lugar o campeonato da primeira divisão, em 1986. O Kairat também ergueu a Taça da Federação de Futebol da URSS, dois anos depois, vencendo o Neftçi PFK do Azerbaijão na final.

Durante esse período, os mais conhecidos de entre eles foram Seilda Baishakov e Yevgeny Yarovenko, ambos do Kairat. Yarovenko foi campeão olímpico ao serviço da URSS em 1988. Aleksander Khapsalis, do Kairat, e Aleksander Kadeikin, do FC Irtysh Pavlodar, já antes tinham conquistado o Torneio Internacional Jovem, em 1976, depois de vencer a Hungria.

Os primeiros clubes do Cazaquistão foram fundados na época 1913/14, em Semipalatinsk, depois de o futebol aí ter sido introduzido por mercadores locais, que tinham visto o jogo em Inglaterra. As equipas pioneiras – Lastochka, Orlyata, Olimp, SSK e Yarysh – eram todas oriundas de Semipalatinsk. Mukhtar Auezov, o famoso novelista, etnógrafo e poeta cazaque, representou o Yarysh. Mais tarde, Yastreb e Zvezdochka foram criados em Pavlodar.

Em 1928, a primeira competição oficial da República Autónoma Socialista do Cazaquistão (ASSR) realizou-se em Petropavlovsk. Nas décadas seguintes, os futebolistas cazaques participaram nas competições da URSS, com sucessos distintos. O primeiro órgão que supervisionou o desenvolvimento do jogo a nível nacional foi a Federação de Futebol do Kazakh SSR, criada em 1959 e reorganizada em 1989.

Depois da independência do país, em 1992, o Cazaquistão participou na fase de qualificação para os Mundiais de 1998 e 2002, integrado na Confederação Asiática de Futebol (AFC). Apurou-se na primeira fase de qualificação, à frente de Paquistão e Iraque, em 1998, antes de sucumbir perante Japão, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos e Uzbequistão na segunda fase. Também competiu em duas eliminatórias da Taça Asiática, em 1996 e 2000, anos em que a equipa olímpica tentou mas falhou a qualificação para Atlanta e Sydney, respectivamente. De facto, os feitos mais significativos do Cazaquistão independente foram a participação da selecção Sub-20 no Mundial da categoria, na Nigéria, em 1999, e o quarto lugar alcançado pelo Irtysh Pavlodar no Campeonato Asiático de Clubes de 2000/01 (actual Champions League Asiática).

A selecção de futsal também disputou três Campeonatos de Futsal da AFC, classificando-se no terceiro lugar, em 1999, e no segundo, em 2000, seguindo-se o Campeonato do Mundo da modalidade, na Guatemala, no mesmo ano.

Em 1992, a Federação de Futebol da República do Cazaquistão (FARK) foi fundada, depois da dissolução da URSS. Dois anos depois, filiou-se na FIFA e na AFC. No entanto, em 2000, a FARK foi reformulada, adoptando a designação de Federação de Futebol do Cazaquistão (FSK), cujo feito de maior relevo foi a admissão na UEFA. Tendo em atenção que parte do território do Cazaquistão faz parte do continente europeu – o principal argumento para a sua inclusão – a FSK deixou a AFC em 2001 e, um ano depois, foi integrada na UEFA.

Foi no Congresso da UEFA em Estocolmo, em Abril de 2002, que o Cazaquistão ingressou no futebol europeu. Em consequência disso, a sua selecção participou na fase de qualificação para os Mundiais de 2006 e 2010, tal como para o UEFA EURO 2008 e o UEFA EURO 2012. Neste último, o Cazaquistão somou dez pontos, vencendo Sérvia e Arménia e empatando com Bélgica e Azerbaijão.

Mas talvez os progressos mais significativos tenham sido no futsal. O Kairat Almaty, clube mais forte do país, alcançou as meias-finais da Taça UEFA Futsal sete vezes em dez épocas desde 2005/06 - ficando em terceiro lugar na edição 2008/09 e 2010/11, antes de erguer o troféu em 2012/13 e 2014/15. Entretanto, a selecção Sub-21 disputou a edição inaugural do Campeonato da Europa de Futsal, que decorreu em São Petersburgo, na Rússia, em 2008. Em 2013, o Shakhter Karagandy tornou-se no primeiro clube do país a qualificar-se para a fase de grupos da UEFA Europa League, enquanto duas épocas mais tarde o Astana fez ainda melhor ao garantir um lugar na fase de grupos da UEFA Champions. O lugar do Cazaquistão entre a família do futebol europeu foi reforçado com do 38º Congresso Ordinário da UEFA na cidade de Astana, em Março de 2014.

O Astana apurou-se para a fase de grupos da UEFA Europa League 2016/17, tornando-se assim no primeiro clube cazaque a jogar por duas vezes nas competições europeias. Foi também a primeira equipa do seu país a vencer um jogo da fase de grupos, graças a um triunfo por 2-1 sobre o APOEL.

O futsal continua a ter muita qualidade no país, com a selecção nacional a tornar-se em 2016 na primeira estreante no UEFA Futsal EURO a conquistar a medalha de bronze, enquanto o Almaty recebeu um ano mais tarde a fase final da Taça UEFA Futsal.    

https://pt.uefa.com/insideuefa/member-associations/association=kaz/news/newsid=946262.html#em+constante+mudanca

Passar ao topo  

Presidente

 

Adilbek Jaxybekov

Adilbek Jaxybekov

Nacionalidade: Cazaque
Data de nascimento:
26 de Julho de 1954
Presidente da Federação desde: 2018

• Anteriormente, Adilbek Jaxybekov foi presidente da Federação de Futebol do Cazaquistão (KFF) entre 2007 e 2014. Também esteve à frente da Associação de Futebol de Astana.

• Neste momento, Jaxybekov é o rsponsável máximo da Federação de Desporto do Cazaquistão.

• Sobre a sua eleição, em 2018, o novo presidente da KFF sublinhou as alterações positivas no futebol cazaque. "O campeonato é competitivo", disse Jaxybekov, "e as escolas de futebol para crianças estão em funcionamento em todas as regiões do Cazaquistão. Como é óbvio, temos alguns aspectos a melhorar, como desenvolver o campeonato nacional, pois só assim poderemos ter uma selecção mais forte".

Secretário-Geral

 

Este perfil irá ser actualizado brevemente

Este perfil irá ser actualizado brevemente

Nacionalidade: Cazaque
Data de nascimento: 15 de Maio de 1975
Secretário-geral da federação desde: 2018

• Azamat Aitkhozhin assumiu o cargo de secretário-geral da Federação de Futebol do Cazaquistão (KFF) no início de Janeiro de 2018. Já ocupava o posto desde 2015-16.

• Aitkhozhin desempenhou durante vários anos papéis seniores no Zhenis e no Astana, clubes da capital do país.

• Foi também presidente da Liga de Futebol Profissional do Cazaquistão.

Dados da Federação

  • Fundação: 1914
  • Afiliação à UEFA: 2002
  • Afiliação à FIFA: 1994
  • Morada: 8 Saryarka ave., 4th floor, 010000 Astana
  • Telefone: +7 7172 790780
  • Fax: +7 7172 790788

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
25BielorrússiaBielorrússia1/418.375
26EscóciaEscócia1/418.125
27CazaquistãoCazaquistão1/417.375
28NoruegaNoruega1/417.175
29SérviaSérvia2/417.000
Última actualização: 03/11/2017 09:38 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu

Competições domésticas

* O FC Atyrau teve 3 ponto(s) deduzido(s)
* O FC Taraz teve 6 ponto(s) deduzido(s)
Última actualização: 11/12/2017 17:01 CET