Andorra

AndorraFederação de Futebol de Andorra

O "site" oficial do futebol europeu

Futebol avança em Andorra

A Federação Andorrenha de Futebol foi fundada em 1994, na sequência de desenvolvimentos políticos, que resultaram na independência daquela região leste dos Pirenéus.
Futebol avança em Andorra
Andorra festeja um golo de um dos seus jogadores mais famosos, Ildefons Lima, contra a República de Irlanda ©Sportsfile

Futebol avança em Andorra

A Federação Andorrenha de Futebol foi fundada em 1994, na sequência de desenvolvimentos políticos, que resultaram na independência daquela região leste dos Pirenéus.

A Federação Andorrenha de Futebol foi fundada em 1994, na sequência de desenvolvimentos políticos na região, que resultaram na independência daquela região do leste dos Pirinéus. Após sete séculos sob jurisdição conjunta de França e da diocese espanhola de La Seu d'Urgell, Andorra tornou-se membro do Conselho da Europa e das Nações Unidas em 1993.

Até então, o futebol andorrenho era jogado por amadores, representantes de grupos de amigos e dirigidas por comerciantes locais. Um clube, o FC Andorra, tem actuado em divisões inferiores espanholas desde 1998. A independência deu um novo ímpeto ao movimento do futebol andorrenho e a Federação nasceu como entidade a 21 de Abril de1994.

Figura principal da criação desta associação foi o presidente fundador Francesc Vila, que faleceu num acidente de viação no dia 7 de Dezembro de 2000. Foi muito devido ao esforço do desaparecido dirigente em prol do desenvolvimento do futebol andorrenho que o ano de 1996 foi memorável, quando Andorra assumiu o papel de membro de pleno direito da FIFA e da UEFA.

A entrada de Andorra para os órgãos de jurisdição do futebol europeu e mundial permitiu aos futebolistas andorrenhos competirem internacionalmente ao serviço dos seus clubes e do seu país. O CE Principat, na condição de campeão nacional, foi o clube pioneiro, disputando a primeira pré-eliminatória da Taça UEFA  de 1997/98. A selecção principal estreou-se em fases de apuramento europeias na qualificação para o UEFA EURO 2000™, começando com uma derrota por 3-1 na Arménia, a 5 de Setembro de 1998. Jesús Lucendo apontou o golo de Andorra, que se mostrou também em bom plano frente à França, sofrendo apenas três golos nos dois jogos frente à selecção que havia conquistado o Campeonato do Mundo de 1998 e, posteriormente, se viria a sagrar campeã europeia. A preparação para essa campanha de qualificação começou com em Junho de 1998, com uma recepção ao Brasil, num encontro amigável do qual Andorra saiu derrotada por uns honrosos 3-0.

Tal exposição ao mais alto nível ajudou o futebol andorrenho a dar passos importantes num pequeno espaço de tempo. UE Sant Julià, FC Santa Coloma, FC Rànger's, FC Encamp, Constellació Esportiva e Principat, equipas do escalão principal do principado, estiveram já em acção nas provas da UEFA. E nomes como Ildefons Lima, Marc Bernans, Agusti Pol, Marc Pujol ou Antoni Lima são alguns exemplos de jogadores que cedo deixaram Andorra para jogar no estrangeiro. Agora, têm a companhia de Marc Vales (SJK, Finlândia) e Max Llovera (UE Lleida, Espanha).

Novo avanço no desenvolvimento do futebol no território verificou-se com a criação de uma escola nacional de futebol, a ENFAF, em Agosto de 1998. O seu trabalho na preparação da próxima geração de futebolistas de Andorra foi complementado, mais recentemente, pela abertura do Centro Deportivo de Alás, que se focaliza em incutir os valores do desporto. O número de jogadores inscritos na Federação Andorrenha de Futebol encontra-se em níveis encorajadores.

O interesse na modalidade atingiu, certamente, o auge a 13 de Outubro de 2004, data em que a selecção nacional alcançou a sua primeira vitória em jogos oficiais, ao bater a Macedónia por 1-0, num encontro da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo, disputado na capital, Andorra-a-Velha. Marc Bernaus foi o herói que fez história ao apontar o golo do triunfo. A 22 de Fevereiro de 2017, Andorra venceu San Marino por 2-0 em Serravalle, com golos de Ildefons Lima e Cristian Martínez. Outro destaque aconteceu um mês depois, a 25 de Março de 2017, quando Andorra empatou a zero na recepção às Ilhas Faroé.

Òscar Sonejee foi o primeiro jogador andorrenho a somar 100 internacionalizações. Retirou-se em 2016, após cumprir 106 jogos.

A temporada de 2007/08 foi igualmente a primeira em que o campeão de Andorra entrou nas pré-eliminatórias da UEFA Champions League, em vez de seguir para as pré-eliminatórias da Taça UEFA (ou UEFA Europa League); tal novidade abriu espaço nesta segunda competição para o vencedor da Taça de Andorra. E foi na UEFA Champions League que o Sant Julià se tornou na primeira equipa do principado a superar uma eliminatória das provas europeias, ao afastar, no desempate por penalties, o SP Tre Fiori, de San Marino, na primeira pré-eliminatória da edição de 2009/10 da prova.

Não restam dúvidas de que Andorra se pode orgulhar do seu desenvolvimento futebolístico. Como país pequeno, tem objectivos bastante realistas, dentro e fora dos relvados. Uma das metas mais importantes para os anos vindouros é produzir jogadores capazes de actuarem ao mais alto nível competitivo e construir as bases vitais para o bem-estar do futebol. 

http://pt.uefa.com/insideuefa/member-associations/association=and/news/newsid=945044.html#futebol+avanca+andorra

Passar ao topo  

Presidente

 

Victor Santos

Victor Santos

Nacionalidade: Andorrana
Data de nascimento: 7 de Novembro de 1953
Presidente da Federação desde: 2013

 • Victor Santos assumiu o comando da Federação Andorrana de Futebol de Andorra (FAF) após 18 anos em que desempenhou diversas tarefas no organismo.

• Antigo treinador do FC Encamp, Santos estava no comando quando a equipa do escalão principal mediu forças com o FC Zenit nas pré-eliminatórias da Taça UEFA de 2002/03. Mais tarde começou a trabalhar na FAF com as selecções de Andorra de futebol e de futsal, ao mesmo tempo que assumiu o cargo de director-desportivo do Centre Esportiu Pas de la Casa, ou Encamp.

• Santos passou os oito anos como vice-presidente da federação antes de ser eleito para o actual cargo e, após assumir funções, apontou o desenvolvimento do futebol de formação, do futebol feminino e das infra-estruturas do futebol em Andorra como os principais objectivos do seu mandato. "Vamos tentar melhorar, aumentando o número de relvados de treino em todos os clubes deste país", explicou. Santos foi reeleito para um segundo mandato em Julho de 2017.

Secretário-Geral

 

Tomàs Gea

Tomàs Gea

Nacionalidade: Andorrana
Data de nascimento: 7 de Março de 1966
Secretário geral da federação desde: 1996

• Formado em direito e economia, o secretário geral da Federação de Futebol de Andorra (FAF), Tomàs Gea, foi futebolista e treinador amador.

• Fez farte do Comité de Futebol Jovem e Amador da UEFA e foi membro e segundo vice-presidente do Comité de Estádios e Segurança da UEFA.

• É actualmente membro do Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA.

Dados da Federação

  • Fundação: 1994
  • Afiliação à UEFA: 1996
  • Afiliação à FIFA: 1996
  • Morada: c/ Batlle Tomàs 4 Baixos AD-700 Escaldes-Engordany
  • Telefone: +376 805 830
  • Fax: +376 862 006

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
51 Ilhas FaroéIlhas Faroé1/43.625
52 GibraltarGibraltar0/33.000
53 AndorraAndorra0/31.331
54 San MarinoSan Marino0/30.499
55 KosovoKosovo0/20.000
Última actualização: 10/07/2017 10:20 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu

Competições domésticas

SSI Err