Congresso: Recorde de €775,5m para as federações através do HatTrick V

Foram anunciadas verbas recorde de prémios para o UEFA EURO 2020 e para o desenvolvimento do futebol na Europa no 42º Congresso Ordinário da UEFA, em Bratislava, na Eslováquia.

©UEFA

009 - Prémios do UEFA EURO 2020 aumentaram 23% para uma verba recorde de €371m

Verbas recorde de prémios para o UEFA EURO 2020 e para a ajuda ao desenvolvimento do futebol na Europa foram anunciadas hoje no 42º Congresso Ordinário da UEFA, em Bratislava, Eslováquia, depois de informadas as 55 federações-membro da UEFA das decisões tomadas pelo Comité Executivo da UEFA, na véspera do congresso.

O programa de solidariedade e desenvolvimento HatTrick V foi contemplado com €775m para o próximo ciclo de quatro anos, de 2020-24. Isto representa um aumento de perto de 30% dos €600m disponibilizados para o HatTrick IV (2016-20). Cada federação vai assim receber até €14,1m nos próximos quatro anos. O programa tem apoiado as federações da UEFA na implementação de programas de desenvolvimento e educação, bem como o financiamento de infra-estruturas para o futebol - ajuda na construção de campos, estádios, centros de treino e escritórios para as federações. Desde a sua criação, em 2004, o HatTrick investiu 1,8 mil milhões de euros no futebol europeu.

O aumento substancial nas verbas a distribuir pelas equipas que vão disputar a fase final do UEFA EURO 2020 foi também aprovado pelo Comité Executivo da UEFA. As 24 selecções participantes vão partilhar um total de €371m comparados com os €301m distribuídos no UEFA EURO 2016 em França

Eis a distribuição ao detalhe:

• Todas as 24 formações vão receber uma verba pela participação de €9,25m.

• Durante a fase de grupos, vão haver bónus de desempenho de €1,5m por vitória e €750,000 por empate.

• Uma vez entrada na fase a eliminar do UEFA EURO 2020, não haverão bónus de desempenho. Em vez disso, quem chegar aos oitavos-de-final vai receber €2m, os oito quarto-finalistas irão embolsar €3,25m. O prémio financeiro por atingir a meia-final é de €5m.

• Chegados à final de Wembley em Londres, o campeão da Europa em 2020 vai receber €10m, enquanto o derrotado €7m.

• Deste modo, se o campeão tiver também ganho os três jogos da fase de grupos, o total de prémios a receber ascenderá a €34m, comparados com o máximo de €27m em 2016.

Quanto aos demais eventos ocorridos no 42º Congresso Ordinário da UEFA, Juan Luis Larrea Sarobe (Espanha) foi eleito para o Comité Executivo da UEFA por um mandato de um ano, com Sándor Csányi (Hungria) a ser eleito vice-presidente da FIFA por um mandato de um ano, sendo ambos eleitos por aclamação. Depois da eleição de Sándor Csányi, o Comité Executivo da UEFA decidiu indicar Fernando Gomes para o substituir como membro do Conselho da FIFA até ao Congresso da UEFA de 2019.

Lars-Christer Olsson foi ratificado como representante das Ligas Europeias Profissionais de Futebol no Comité Executivo da UEFA até ao Congresso eleitoral da UEFA em 2021.

O pedido de entrada como membro da Federação de Futebol de Jersey foi rejeitado pelo Congresso da UEFA.

Por fim, o Congresso da UEFA aprovou o Relatório de 2016/17 para o Presidente da UEFA e Comité Executivo; o relatório de 2016/17 da Administração da UEFA; o relatório financeiro de 2016/17 e o orçamento para 2018/19; foram também aprovadas várias emendas aos Estatutos da UEFA.

A próxima reunião do Comité Executivo da UEFA irá ter lugar a 24 de Maio de 2018 em Kiev, com o próximo Congresso da UEFA a decorrer em Roma a 7 de Fevereiro de 2019.

Topo