UEFA e Nações Unidas juntam-se por causas humanitárias

A UEFA e o Escritório das Nações Unidas em Genebra estão a unir esforços para organizar um jogo de futebol solidário.

©Getty Images

045 - Jogo de Solidariedade a ser disputado em Genebra, com os fundos reunidos destinados a projectos humanitários e de desenvolvimento

A UEFA e o Escritório das Nações Unidas em Genebra anunciaram hoje que vão juntar esforços para organizar um jogo de futebol solidário, com o apoio da República e do Cantão de Genebra, da Cidade de Genebra e da Fundação do Estádio de Genebra.

Este jogo de futebol solidário, entre duas equipas lideradas por grandes figuras do futebol mundial e formadas por antigas estrelas, realiza-se no sábado, 21 de Abril de 2018, às 15h00 (de Portugal Continental), no Stade de Genève.

Como sinal de solidariedade e reconhecimento da importância do desporto na sociedade, o Jogo de Solidariedade visa promover a paz, os direitos humanos e o bem-estar no mundo, através dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pelas Nações Unidas. A receita do jogo, assim como as verbas geradas pelo jantar solidário e por um leilão digital de artigos de futebol, irão reverter para a Fundação da UEFA para Crianças e serão utilizados para financiar projectos internacionais de ajuda humanitária e de desenvolvimento. Estes projectos serão seleccionados por um comité de representantes da UEFA, do Escritório das Nações Unidas em Genebra e da Fundação do Estádio de Genebra.

As duas equipas serão orientadas por Carlo Ancelotti e Didier Deschamps, e serão capitaneadas, respectivamente, por Luís Figo e Ronaldinho. Os treinadores e capitães formarão as suas equipas nas próximas semanas. A partida será dirigida pelo antigo árbitro internacional italiano Pierluigi Collina.

O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, comentou este projecto e afirmou:

"Estamos muito satisfeitos por unir esforços com as Nações Unidas e as autoridades de Genebra para organizar este Jogo de Solidariedade. A UEFA está fortemente empenhada em ser uma organização de ‘fair play’ social e consideramos que é nosso dever apoiar iniciativas humanitárias através do futebol. Estou certo que através desta cooperação com a ONU e a Fundação da UEFA para as Crianças podemos gerar fundos significativos para apoiar boas causas em todo o mundo."

Michael Møller, diretor-geral do Escritório das Nações Unidas em Genebra, acrescentou:

"Esta colaboração frutuosa entre as Nações Unidas e a UEFA tira excelente partido das sinergias únicas existentes em Genebra. A solidariedade é a chave para criar um mundo mais justo para todos. Todos nós fazemos parte da solução, só precisamos reunir os nossos conhecimentos e trabalhar juntos para alcançar a paz, os direitos humanos e o bem-estar."

O lendário Luís Figo, actualmente conselheiro de futebol da UEFA, afirmou sobre o jogo:

"Tenho a honra de participar neste evento global. O futebol é o desporto mais popular do mundo e por isso está numa posição única para unir as pessoas e ser uma força do bem. O Jogo de Solidariedade é uma excelente oportunidade para aumentar a consciencialização pública e reunir fundos para projectos humanitários e de desenvolvimento. Como jogadores, é óptimo poder devolver algo à sociedade e ajudar a criar um mundo melhor. Esperamos que os adeptos do futebol adiram em grande número e participem neste esforço colectivo para ajudar pessoas menos privilegiadas."

Nas próxima semanas serão divulgadas mais informações sobre a constituição das duas equipas. Os bilhetes para o jogo serão colocados à venda no início de 2018. Registe-se antecipadamente para ter acesso aos ingressos em matchforsolidarity.com.

Topo