Treinador arménio distinguido com prémio da UEFA

Senik Arakelyan ganhou o ouro na categoria Melhor Líder dos Prémios das "Raízes" do Futebol da UEFA de 2017.

Senik Arakelyan fotografado juntamente com alguns dos seus jogadores
Senik Arakelyan fotografado juntamente com alguns dos seus jogadores ©UEFA.com

Senik Arakelyan foi distinguido pelo seu trabalho com crianças na região arménia de Shirak, ganhando o ouro na categoria Melhor Líder dos Prémios das "Raízes" do Futebol da UEFA de 2017.

Arakelyan é técnico no clube "Tribune", dedicado às "raízes" do futebol na cidade de Gyumri, onde quase 1000 crianças, professores e treinadores estão envolvidos em eventos e sessões todos os anos. Existe uma atenção particular em vários escalões do futebol feminino, uma área na qual ajudou a quebrar barreiras.

"Comecei a desenvolver o futebol feminino em 2013", explicou Arakelyan. "Foi difícil formar uma equipa em Gyumri porque os pais não permitiam que as suas filhas se juntasem a clubes de futebol. Esta foi a razão pela qual decidi começar com crianças de orfanatos. Comecei a treinar com dez raparigas num campo de areia. Gradualmente, a quantidade de participantes aumentou e depois fomos bem-sucedidos na época 2015-2016, ganhando os grupos A e B do Campeonato Feminino da Arménian.

"Para aumentar a consciencialização, organizamos actividades em escolas e realizamos torneios para raparigas durante todo o ano. Tornamos a prática do futebol possível para várias centenas de raparigas, e de entre elas escolhemos algumas para formar equipas".

Arakelyan também organiza actividades para crianças com deficiências e, enquanto representante da Federação de Futebol da Arménia (FFA) em Gyumri, visita escolas para rever as suas lições futebolísticas e dar conselhos aos tutores. Ao mesmo tempo, coopera de forma próxima com municípios locais para organizar torneios, eventos de rua e competições escolares.

"Jogar futebol é um prazer", diz. "Cada pessoa, independentemente de idade, género, etnia ou capacidade física tem o direito a ser feliz e desfrutar deste prazer. Na minha opinião, praticar futebol tem a ver com diversão, e as pessoas têm uma sensação de igualdade e respeito quando praticam futebol".

Lala Yeritsyan, especialista em "raízes" do futebol na FFA, disse: "Pessoas como Senik são muito importantes no desenvolvimento do futebol. Pessoas como ele vivem para o futebol, fazem parte do futebol. São capazes de captar a atenção das crianças nas suas províncias, fazendo-as acreditar o quão interessante pode ser a prática do futebol, o quão importante é como forma para se manterem saudáveis.

"Ele também foi capaz de mudar a atitude em relação ao futebol feminino na província, que no nosso país não está muito desenvolvida".