Treinadores dos principais clubes partilham ideias com a UEFA

A UEFA e os treinadores dos principais clubes europeus estiveram reunidos em Nyon para trocarem pontos de vista e ideias, e para conversarem sobre o futuro desenvolvimento do futebol.

A foto de grupo do Fórum de Treinadores de Elite da UEFA 2017
A foto de grupo do Fórum de Treinadores de Elite da UEFA 2017 ©UEFA

O 19º Fórum de Treinadores de Elite da UEFA decorreu na Casa do Futebol Europeu, em Nyon, esta quarta-feira e juntou a UEFA aos melhores treinadores de clubes do continente europeu, numa troca de pontos de vista, ideias e opiniões.

Alex Ferguson, embaixador dos treinadores da UEFA
Alex Ferguson, embaixador dos treinadores da UEFA©UEFA

O encontro foi presidido pelo embaixador dos treinadores da UEFA, Alex Ferguson, antigo treinador do Manchester United. Convidados pela UEFA para o evento foram treinadores com mais de 100 jogos orientados na UEFA Champions League, os treinadores dos clubes presentes nos oitavos-de-final da UEFA Champions League da temporada passada e os treinadores dos clubes das meias-finais da última edição da UEFA Europa League.

As conversas centraram-se nas principais questões actuais relevantes do futebol europeu. Entre os tópicos em agenda estiveram as tendências e os factores-chave das duas maiores provas de clubes da UEFA, a UEFA Champions League e a UEFA Europa League – tendo-se falado em particular do refrescante regresso do futebol de ataque, o qual resultou num total de 380 golos na Champions League na época transacta, registo que constituiu média recorde de 3,04 golos por jogo.

Assuntos relativos à arbitragem e às Leis de Jogo também foram discutidos, entre eles as questões do tempo efectivo de jogo e das experiências que estão a ser levadas a cabo com o vídeo-árbitro. Falou-se ainda de como os comportamentos de treinadores e jogadores podem ser melhorados, da duração da janela de transferências e do papel dos agentes dos jogadores.

O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, esteve junto dos treinadores em Nyon
O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, esteve junto dos treinadores em Nyon©UEFA

Os treinadores aproveitam este fórum para apresentar propostas que possam trazer benefícios ao futebol europeu e a UEFA escuta essas propostas, oferece o seu ponto de vista sobre elas e leva-as para um debate mais aprofundado nos seus diferentes órgãos.

“Penso que não há melhor para compreender os mecanismos do jogo do que estar a vê-lo junto ao relvado, a partir do banco”, frisou Ferguson.

“Com estes encontros procuramos aconselhamento por parte dos treinadores. Procuramos ir buscar ideias à sua experiência, pois são eles que vivem de perto a acção e sabem onde o jogo pode ser melhorado.”

Massimiliano Allegri, treinador da Juventus
Massimiliano Allegri, treinador da Juventus©UEFA

“Os treinadores querem ver melhor futebol”, acrescentou Ferguson. “Querem que o jogo seja jogado como deve ser, são profissionais a sério.”

Entre os treinadores presentes em Nyon estiveram Massimiliano Allegri (Juventus), Rafael Benítez (Newcastle), Eduardo Berizzo (Sevilha), Sérgio Conceição (Porto), Unai Emery (Paris), Leonardo Jardim (Mónaco), José Mourinho (Manchester United), Ernesto Valverde (Barcelona), Rui Vitória (Benfica) Zinédine Zidane (Real Madrid) e o conceituado técnico holandês Louis van Gaal.

Os técnicos também vêem com bons olhos esta oportunidade que lhes é concedida todos os anos pela UEFA de se reunirem e conversarem de forma relaxada, num ambiente informal, longe da pressão do dia-a-dia dos seus trabalhos.

Antigos jogadores estiveram reunidos para um debate numa mesa redonda em Nyon
Antigos jogadores estiveram reunidos para um debate numa mesa redonda em Nyon©UEFA

"Há sempre algo a aprender nestes encontros”, destacou Massimiliano Allegri. “Isto porque presentes estão sempre treinadores que fizeram história nos respectivos clubes e no futebol, conquistando muitos troféus.”

A par do fórum de treinadores, um grupo de experientes e conceituados antigos jogadores esteve também reunido numa mesa redonda em Nyon, nesta quarta-feira, num encontro liderado pelo Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin.

No lote de jogadores presentes estiveram Xabi Alonso, Leonardo, Peter Schmeichel, Clarence Seedorf, Dejan Stanković, David Trezeguet e Javier Zanetti. O debate centrou-se, entre outras coisas, nas regras das competições, nas Leis de Jogo e na promoção do futebol.

“Era muito o conhecimento concentrado naquela sala”, realçou Stanković, antigo capitão da Sérvia, hoje conselheiro da UEFA para o desenvolvimento do futebol. “A UEFA gosta de ouvir o que jogadores como estes têm para dizer. Partilhámos opiniões e a UEFA irá, certamente, tirar proveito de toda essa experiência.”