Os conselhos de Schaaf

O treinador alemão Thomas Schaaf foi o convidado de honra de mais um curso de intercâmbio de formação de treinadores da UEFA e aproveitou para deixar aos presentes alguns conselhos preciosos.

O técnico alemão Thomas Schaaf marcou presença no curso em Nyon
O técnico alemão Thomas Schaaf marcou presença no curso em Nyon ©Getty Images

Thomas Schaaf, conceituado técnico alemão, ofereceu no mais recente curso de formação de treinadores da UEFA, em Nyon, uma série de preciosos conselhos aos técnicos que se estão a preparar para a Licença Pro da UEFA.

Schaaf deu aos presentes uma visão na primeira pessoa da sua carreira e da sua filosofia como treinador, falando da sua vida e do seu trabalho como técnico de um clube de topo, dentro e fora das quatro linhas, primeiro durante uma entrevista levada a cabo por Frank Ludolph, responsável pelos serviços de formação em futebol da UEFA e depois respondendo directamente a questões de treinadores-estudantes da Arménia, Finlândia, Sérvia e Suécia.

Schaaf passou 14 anos ao leme do SV Werder Bremen – clube que representou também durante um largo período como jogador – e guiou o emblema germânico à conquista de uma série de troféus na Alemanha, bem como a presenças regulares nas competições de clubes da UEFA. Passou igualmente pelo comando técnico do Eintracht Frankfurt.

O que um treinador deve ser e o que tem de fazer
"Um treinador precisa de estar bem preparado e de conhecer bem aquilo de que está a falar", salientou Schaaf. "Tem de ser autêntico, de ser ele mesmo, de desenvolver a sua própria filosofia e de ter uma linha de actuação clara. Para além disso, deve ter igualmente uma personalidade forte." Schaaf expressou a opinião de que os treinadores devem evitar estudos a curto-prazo e olhar para uma formação de forma mais profunda, a longo-prazo. "Os treinadores de hoje não se concentram apenas nas suas equipas", reflectiu. "Têm de trabalhar em conjunto com a gestão dos clubes e têm agora, por exemplo, de saber lidar com a comunicação social."

O curso, liderado por instrutores do Painel Jira e por instrutores técnicos da UEFA, ajuda os estudantes, muitos deles antigos futebolistas profissionais, a irem mais além na sua caminhada rumo à carreira de treinadores, oferecendo ao mesmo tempo às federações nacionais a oportunidade de trocarem conhecimentos e informação sobre a formação de treinadores. O objectivo passa por dar aos estudantes da Licença Pro da UEFA a possibilidade de desenvolverem diálogo a nível internacional e, através da UEFA, terem acesso a tutores e materiais educativos.

Mais de 1.600 estudantes da Licença Pro assistiram já a estes cursos específicos da UEFA. As sessões incluem uma análise às características necessárias a um treinador da era moderna nesta tão exigente profissão, às tendências e principais pontos de discussão do futebol actual e à construção de uma equipa de sucesso, bem como a áreas específicas como o treino de guarda-redes e à forma como um treinador deve, no seu dia-a-dia, lidar com os órgãos de comunicação social.

A agenda para esta que foi a 20ª edição do curso desde 2011 contemplou ainda uma análise técnica e táctica dos jogos da terceira jornada da fase de grupos da UEFA Champions League e uma sessão de treino prática.

Topo